terça-feira, 17 de julho de 2007

OS CAMPEÕES, POR SCHLEGELMILCH

Existem algumas dezenas de bons fotógrafos de automobilismo, no Brasil e no Mundo. Clicar veículos em alta velocidade não é nada mole, e o resultado do trabalho deles é de tirar o chapéu. Claro que a plasticidade e a dramaticidade do esporte (em um acidente, uma ultrapassagem, na comemoração de uma vitória) ajuda. Mas é preciso estar sempre a postos para dar o clique no momento e no ângulo certo, afinal a imagem ideal pode durar apenas um segundo, ou menos, até que a dinâmica seqüência aos acontecimentos.

Alguns deles, porém, são dotados de um dom especial: o de captar, com uma freqüência impressionante, imagens de uma excelência plástica incrível. Não é uma questão de equipamento ou técnica, apenas. Mais importante que isto é o senso estético aguçado, como o de um artista que clica como se tivesse um pincel, ou um cinzel na mão. O alemão Rainer W. Schlegelmilch faz parte desta turma. Desde os anos 60 na ativa, ele compilou cinco livros de fotos, com curtas biografias, em edições bilíngües de luxo, batizadas de “The Great Challenge”: a Era Clark, a Era Stewart, a Era Lauda, a Era Senna e a Era Schumacher, este último lançado recentemente.

O preço é salgado e não inclui envio, que, pelo peso do livro, sairá relativamente caro. Mas são edições limitadas e de primeiríssima qualidade. Quem agüentar o tranco financeiro, certamente não irá se arrepender. Fica a dica de onde comprar.

4 comentários:

Speeder_76 disse...

Sempre fiquei espantado pela qualidade das suas fotos. O Schlegelmilch é de facto, um mestre da fotografia em automóveis.

Tenho pena de não ver as fotos dele por exemplo, nos catálogos da Taschen. Acho que, só por si, atrairia muita gente para este belo desporto...

A propósito, estás convidado para visistares o meu blog: www.continental-circus.blogspot.com. Vê lá se encontras algo interessante para comentar...

Joaquim Souza disse...

Ico... Esses dias eu estava folhando o anuário do Reginaldo Leme da temporada de 2001.

As fotos são fantásticas e esse trabalho só pela capa deve ser um primor.

Thiago Arantes disse...

O pacotão com os 5 livros é 500 euros?

Ainda bem que meu dinheiro está num fundo de investimentos, e não posso tirá-lo de lá.

Vou comprar um cofre para colocá-los quando comprar (algo semelhante ao que o Flavio faz com os DKWs). Se a patroa descobrir, é morte certa.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Joaquim, o anuário é meu xodó, o trabalho que mais me dá prazer. Editar o livro nao é mole, mas comandar o grupo é bem divertido. De 2001 para cá, creio que nos superamos em todas as edicoes. Vamos ver se conseguiremos manter esta curva ascendente no próximo.