quinta-feira, 30 de agosto de 2007

TV BLOGO ESPECIAL – JACKIE STEWART 4



Encerrando a série deste incrível documentário sobre a vida de Jackie Stewart, sua vida pós-Fórmula 1, a aventura da Stewart Grand Prix e a luta do filho Paul contra o câncer. Não perca a chance de ver e de comentar!

Durante o GP da Espanha deste ano, não perdi a chance de tirar uma foto com o ídolo. Não sou chegado a tietagens, mas ele merece toda reverência do mundo.

7 comentários:

TP disse...

Eu queria falar com o Jackie pra pedir como foi a experiencia dele de Beta Tester do GPL......

Fleetmaster disse...

Queria eu ter uma foto com ele também.... DEsta vez a tietagem tá perdoada !

Herik disse...

Olá Ico.
Não sei se há algum problema com o vídeo, mas é fato que está impossível de ver. Ele simplesmente não abre.
Grande abraço.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Oi Herik, de fato, tinha um problema sim. Agora deve estar funcionando direitinho. Valeu pelo toque!
Abs!

Herik disse...

Ico,
Muito obrigado por garimpar e disponibilizar estes quatro maravilhosos vídeos.
Sem dúvida alguma, Stewart foi e continua a ser um vencedor.
Mas o que me veio à mente após ver estes vídeos foi a constatação de quanto o Brasil está atrasado. Nessa terrinha nasceram 3 dos maiores campeões da F1, sem falar no Chico Landi e etc. E mesmo assim não é produzido um filme/documentário com a mesma qualidade de imagens, som e sem os pieguimos sentimentalistas.
Ao contrário, a história do automobilismo brasileiro e de suas personalidades fica abandonada e a espera de alguma tentativa isolada de resgate. Está aí a história dos Copersucar abandonados que não me deixa mentir.
Já imaginou um filme com essa qualidade sobre a história do Emerson ou do Piquet? Dá para imaginar quantas imagens e arquivos estão por aí esquecidos e se perdendo no tempo?
Tomara que a cultura do brasileiro incorpore, logo, o respeito ao passado. Antes que seja tarde demais.
Grande abraço e muito obrigado pelo blog.

Caíque. disse...

Ico,
Meu melhor amigo até o início do ano passado, era o mais alto executivo da Petrobrás na Europa e todos os meses jantava ou almoçava com o Frank Williams e com o P. Head. Em 2005, num jantar com a Equipe que antecedeu ao GP da Inglaterra, o Nelson (meu amigo e compadre) conheceu Sir Jackie e ficou encantado com ele (ele é RP do Banco da Escócia também) e lhe contou sobre o dia em que o obriguei a ir, em 1973, ao GP do Brasil e nós ficamos em frente a a posição do Tyrrel dele no Grid de Largada e falou à ele que se lembrava bem de mim naquela hora porque EU estava em COMA no Hospital do Andaraí. Sir Jackie pediu um Bonè da BMW especialmente feito para o GP Inglês, autografou e escreveu um bilhete em Português num Cartão de Visitas para que eu o recebesse , se saísse do estado em que me encontrava. Tenho o Boné (e o bilhete que diz: Melhoras Caíque, um abraço, Jackie Stewart) sem nunca te-lo usado, apenas aguardando uma miniatura da Tyrrel-003 em escala 1/20 que ficará pronta dentro em breve, para ficarem ambos dentro de uma Base com acrílico em torno.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Herik, você disse uma bela verdade mesmo. Acho que cada um dos brasileiros campeoes de Fórmula 1, merecia um grande e profundo documentário, neste estilo. Pena que esbarrarmos aqui em dois problemas. Em primeiro, a cultura de ufanismo gratuito e exarcebado do nosso povo possivelmente se refletiria no e prejudicaria o documentário. Em segundo, duvido que eles e suas famílias aceitassem qualquer tentativa de pesquisa e entrevistas sob uma série de episódios nebulosos em suas vidas. Mais fácil ficar com aura de herói e faturar com ela.

Caíque, sua história é de arrepiar. Bom saber que você está aqui firme e forte e que belo testemunho da simpatia e grandeza do Jackie!