sexta-feira, 24 de agosto de 2007

VOCÊ SABIA?

Hoje em dia, nos acostumamos a receber a lista da velocidade máxima dos carros de Fórmula 1 em um ponto pré-determinado do circuitonormalmente, perto do final da reta mais longa. O trabalho é feito pela cronometragem oficial da categoria. Mas esta medição surgiu na Fórmula 1 por iniciativa de um homem: Ken Tyrrell. Foi no Grande Prêmio da África do Sul de 1976 que ele plantou uma pistola medidora no final da reta de Kyalami. Esperto, ele se propôs a passar às outras equipes os resultados dos carros delas, mas se lhe pagassem 20 Libras por medição. No meio daquele ano, outras duas equipes também contavam com equipamento próprio: a McLaren, que também vendia os dados obtidos; e a Ferrari, que guardava os resultados para ela.

Um comentário:

Lucas Carioli disse...

Devia ter uma placa na frente do box da Tyrrell assim:

"Medimos sua velocidade máxima. Apenas 20 mangos!"

O Grande Ken devia estar devendo tudo já nesta época, hehe.

Abraços.