domingo, 21 de outubro de 2007

KIMI CAMPEÃO

Ontem à noite, no programa da Rádio GP, disse que eu tinha um sentimento de que alguma coisa aconteceria com Hamilton nesta prova e que Kimi Räikkönen sairia de Interlagos como o campeão da temporada. Me baseei em dois pontos. Um de ordem técnica: a Ferrari deu indícios no sábado de que andaria mais veloz que a McLaren na corrida, ainda mais com temperaturas muito altas. A outra, foi de motivo abstrato: eu nunca havia visto um clima no paddock paulistano tão xoxo como neste ano. Três pilotos disputando o título e o clima nos bastidores completamente morno, desinteressante. Algo me dizia que a corrida ofereceria alguma ação.

No final das contas, a McLaren perdeu um título que não podia perder, motivadas por uma série de erros – o principal deles sendo o não conseguir administrar a rivalidade interna de seus pilotos de uma maneira aceitável.

Assim, o ano 2007 termina com a Ferrari como campeã de Construtores e de Pilotos. Imaginem só a cara de Ron Dennis.

Para mim, o melhor é que acabou, com um campeão cuja única crítica que pode ser feita é a de ter começado mal o ano. No fim, fez-se justiça ao maior vencedor da temporada.

+++

Vou estar a mil nas próximas horas, mas trarei hoje ainda mais notícias legais de Interlagos. Não percam!

14 comentários:

Caíque. disse...

EU AVISEI:
"DEUS ESCREVE CERTO POR LINHAS TORTAS"

A JUSTIÇA DIVINA NÃO FALHA!!!!!!

Fleetmaster disse...

Falei a semana inteira que estava torcendo pelo Kimmi !!!!


Abraços

Anônimo disse...

E com camisa da portuguesa, lembra?

Herik disse...

Não há outra melhor palavra para definir o que aconteceu hoje: JUSTIÇA.
Depois de toda a palhaçada que aconteceu nesta temporada o título ficou com o piloto que mais venceu e que menos erros cometeu durante o ano.
Mas como eu gostaria de ver a cara de Hamilton e Ron Dennis agora...
Viva Ferrari!!!!!

Guilherme disse...

Parabéns ao Kimi!

Lucas Carioli disse...

Divertidíssima corrida, adorei. Com bastante disputas surpresas, variáveis, um milagre para um corrida disputada com piso seco. E quem diria hein? Não é que Raikkonen imita Alain Prost em 1986 entrando no circuito com menos chances e saindo campeão? Apesar de considerá-lo meio enfadonho e monótono tanto na pista quanto fora dela, creio que o título esteja em boas mãos, com quem se recuperou de uma má fase sendo o melhor da segunda metade do campeonato. Exatamente como Prost fizera 21 anos atrás. No mais:

*Não dá para entender realmente o que fez Lewis Hamilton. O carro ter problemas é compreensível. Mas aquela disputa de freada não! Para que foi aquilo? Colocou as duas mãos na taça e perdeu mais por erros seus que do carro e da equipe.

* Aliás, revoltante a atitude do bloco intermediário, todos abrindo para sua passagem. O único que ofereceu certa resistência foi Rubens Barrichello.

* Este que termina o ano zerado em meio a uma nuvem de fumaça. Uma pena.

* Nakajima lembrou o pai por alguns momentos...

* Alonso parecia estar contente no pódio. Melhor Raikkonen que Hamilton e a Mclaren, deve ter pensado. Agora começa a novela de pra onde irá no ano que vem. Com esse resultado, seu passe aumenta de prestígio, afinal fez tudo certo na corrida final.

* Péssima transmissão de imagens da Globo como de costume. Mas imagina se o Galvão vai falar mal...

* Também péssima foi a tranmissão de dados da Siemens, é bom deixar claro.

* Grande corrida da Williams, passando as duas BMW nas últimas voltas. Com a desclassificação da Mclaren, ficaram em 4º no campeonato. Uma equipe independente! Outra campeã esse ano.

prperalta disse...

Ico, simplesmente a ordem foi reestabelecida:
FERRARI campeã!!!!
Paulo

Mauricio Gangi disse...

Ico, agora a camisa da Lusaaa!!!

Herik disse...

Informa Flávio Gomes que Hamilton errou a troca de marchas naquela queda para o fim da fila. Colocou em ponto-morto.
Se foi isso mesmo... pela madrugada! Não me lembro de um piloto de F1 fazer isso nos últimos anos.

adriano disse...

Mereceu raikkonen, resta torcer para o massa ano que vem...bem feito eclestone seu queridinho perdeeeuuuuuuuu... como me diverti hoje...

Anônimo disse...

VIVA FERRARI!!!
VIVA o vinho Calamares!!!

VIVA FERRARI!!!!

Jonny'O

Rodrigo disse...

Depois do que o Ico falou na radio Gp de sabado posso dizer que ele e a nova "MãE DINÁ"!!!!!

Anônimo disse...

Fazia tempo que eu não torcia tanto em uma corrida de F-1. Uns quinze anos, pelo menos. Ah, como foi bom!

CHUPA, RON DENNIS!!!! SE FERROU!!!! hahahahahaahah!!!!

No fim das contas, foi o resultado mais justo para que no ano que vem a F-1 possa, ao menos nas aparências, sair desse mar de lama deste ano. E a temporada promete, com o G4 deste ano, mais Kubica, Vettel, Rosberg e Bourdais, que poderão não brigar pelo título (depende dos carros que tiverem nas mãos), mas com certeza vão fazer barulho.

Abs

Renato Müller, Sâo Paulo/SP

Robson Leandro da Silva disse...

Ico, você foi para coletiva de imprensa com a camisa da Portuguesa que o Flávio Gomes prometeu levar?

:)