quarta-feira, 7 de novembro de 2007

MINIATURAS – LOTUS 79

Já que terminamos o dia de ontem falando de Carlos Reutemann, nada melhor do que apresentar hoje a miniatura do carro Lotus que ele utilizou na temporada de 1979 – uma das preferidas da minha coleção (clique para ampliar). É praticamente o mesmo modelo que dominou o ano anterior, mas que perdeu completamente a competitividade em meio ao acelerado desenvolvimento dos carros-asa. O argentino não venceu nenhuma corrida com este carro, mas subiu ao pódio em quatro ocasiões: Argentina, Brasil, Espanha e Mônaco. A miniatura é da RBA Collectibles, na escala 1:43.

2 comentários:

Lucas Carioli disse...

Se o Eagle-Weslake é o seu "escritório" jogando, o meu é esse carro, o Lotus 79 no mod de 1979 do rFactor. Deve ser o meu F1 preferido de todos os tempos. E comigo jogando, ele ainda é bem competitivo, hehe. Domingo, venci uma corrida em Hockenheim de ponta a ponta com ele.

Sobre a pintura. A dessa miniatura faz recria a que foi utilizada na primeira etapa de 1979 na Argentina, com o patrocínio do Banco Nacional daquele país. Em outras pistas, nas laterais o lugar seria preenchido com o da petrolífera Essex e o patrocínio da Martini ganharia mais destaque, parecendo se com a pintura do modelo Lotus 80.

Apesar de não ser tão bela quanto a tradicional pintura JPS, essa versão de 1979 também é bem harmonica. E trouxe de volta o "british racing green" perdido desde 1968.

Abraços!

Smirkoff disse...

O interessante desse Lotus 79 de 1979 é que na hora em que apareceram na pista cópias melhoradas (a Williams FW07, especialmente), o carro revelou toda fragilidade que era mascarada pela performance superior aos concorrentes em 78. Típico das Lotus da era Chapman, o chassi era feito em alumínio mais leve que os outros projetistas tinham coragem de usar. Com as enormes forças adicionadas pelo efeito-solo, a torção do chassi era crítica. E era ainda pior no Lotus 80, o sucessor abortado do 79. O Reutemann e o Andretti pagaram em 79 o preço do pioneirismo de 77-78.