quarta-feira, 25 de junho de 2008

A VOLTA DA FÓRMULA 2?

Para quem está olhando de fora, a briga entre Max Mosley e Bernie Ecclestone continua divertidíssima. A intenção da FIA em recriar a Fórmula 2 no ano que vem como uma forma barata de preparar pilotos para a F-1 é um tiro no coração de Ecclestone e seu parceirão Flavio Briatore.

A dupla fatura horrores com a caríssima GP2 e, em nome de maximizar os lucros, chega até a interferir nos pilotos escolhidos por cada equipe – como foi o caso do brasileiro Diego Nunes, que iria fechar com a FMS, mas foi “gentilmente convidado” a abrir mão da vaga para que Briatore encaixasse um piloto seu de última hora.

Uma F-2 custando 200 mil Euros por temporada é realmente uma provocação para o playground financeiro que é a GP2. Mas eu fico em dúvida se haverá tempo hábil de colocar uma categoria deste porte para funcionar até o ano que vem.

E fica também o devaneio do saudosista: uma Fórmula 2 com equipes e pilotos que também disputam a Fórmula 1. Como na foto acima, com Ronnie Peterson a bordo de uma Lotus 74 na corrida de Nivelles, em 1973.

14 comentários:

Speeder_76 disse...

Mais um capítulo da saga... algo me diz que vamos assistir ao regresso da luta FISA-FOCA, de 1980-01, mas com mais força...


Já agora, eis um videozinho saído hoje daquele talento finlandês, o Antti Kahola. O título é sugestivo: "F1 Gladiators"...


http://www.youtube.com/watch?v=fTAM2OK0Sjw

Eduardo Gaensly disse...

Seria legal se tivesse uma interação maior mesmo, entra a F1 e uma categoria de base.
Esses carros de F2 dos anos 60 e 70 são tão legais, já ví vários pra vender pela internet, e não são assim, tão caros.
Podiam fazer um Mod pro GPL de F2, por mais que tenha aqueles basic e advanced trainer, podiam fazer um Mod bem feito

marconi disse...

Seria legal! Mais uma categoria de acesso. Quem tem a ganhar são os jovens pilotos que sonham em chegar a f1. Resta saber se a GP2 continuaria existindo, obviamente teriam que reduzir os custos. Ha! Os brasileiros da f3 sulamericana devem estar babando, porque a f2 terá o mesmo custo.

Valdner disse...

Seria mais legal ainda se fosse uma categoria que podesse comprar chassis antigos das equipes de F1, mais ou menos de 4 anos de diferença, só que com um motor menos potente e mais barato. Assim seria um campeonato interessante de ver com carros já prontos e desenvolvido.

Anônimo disse...

Vamos ver o que acontece.

Já esta mais do que na hora de mudar um pouco as coisas ,se bem que particularmente gostaria mesmo é de uma F2 multimarcas ,coisa improvavel atualmente.

Jonny'O

Bruno disse...

é. a FIA anunciando uma "F2" com esse custo, e não fala nem se os carros terão 4 rodas, é só pra provocar mesmo.

é obvio que não há tempo pra desenvolver direito carros de fórmula em 6 meses, dentro de um regulamento que ainda nem foi criado, ainda mais dentro desse orçamento. to é me divertindo com essa briga dos gentlemans.

Tohmé disse...

Ico, nesse custo não dá pra fazer nem f.renault.

É pura provocação, ou se real, ninguém vai querer andar em coisa simples.

Dr. Risardo F. Caldas disse...

Se essa F2 sair, os carros dela provavelmente vão ser como os da Atlantic, nos EUA, com motores com cerca de 300hp, contra os motores de 600hp da GP2. Fica claro que a GP2 ainda seria uma categoria mais próxima da F1, porém deve-se lembrar que a Atlantic funcionava bem como categoria da Champ Car, cujos carros tinham 750hp de potência no motor, o mesmo que os motores da F1 atual. Ou seja, com um projeto bom de chassis e um motor médio, dá sim pra fazer a F2 com custos baixos.

Anônimo disse...

Vocês acham que o Bernie "Uncle Money" Ecclestone vai deixar essa rolar? E tomar um prejuízo financeiro grande? é mais fácil apostar que o Ipatinga vai ser campeão brasileiro de 2008.
Que seria uma boa, seria. Mas nisso implica até dirigentes e diretores da F1, que também perderiam dinheiro. Por causa disso, tornasse um devaneio
Abraço a todos.
Paulo Santos/RJ

Anônimo disse...

O Ricardo tem razão ,
quantos pilotos vieram diretamente da F3 ,carros com 200cv e se deram bem na F1.

Jonny'O

Raoni Frizzo disse...

Seria legal se esse projeto da F-2 for adiante, pois como você mesmo disse no post, Ico, há muito jogo de interesses na GP2, como por exemplo este caso do Diego Nunes, que perdeu a vaga. Isso não é legal e acaba com a essência da categoria, que é a de revelar jovens valores para a F-1, sem a famosa "panelinha".

Acho que o custo da F-2 vai acabar ficando do que 200 mil euros por temporada. Mas seja como for, vai ser uma excelente alternativa para pilotos sem um grande suporte financeiro, que muitas vezes são talentosos, porém obrigados a largar mão do sonho de chegar na F-1.

elho disse...

já existem MUITAS categorias de monopostos na europa, e o pior é que todas são monomarcas.
gosto de falar sempre que mais do que disputar de pilotos AUTOMOBILISMO É DISPUTA DE CARROS.

a F3 é a unica que se mantem mais ou menos multimarca, mas o dominio da dallara é muito grande. mas foi criado pela excelencia do trabalho da marca italiana, então não dá pra reclamar.

se a F2 voltasse como multimarcas eu apoiaria. mas com essa parada de corte de custos acho que será muito dificil.

eu prefereria muito varios campeonatos de F2: mundial, europeu, asiatico, nacionais, etc com carros de várias marcas do que world series, a1gp, gp2, f3000, formula master, etc etc etc.

Ajzas disse...

Grande Ronnie Peterson e Grande Lotus 74. O Emerson conheceu bem o talento desse Sueco, que foi um dos pilotos mais rápidos da F1. Valeu a foto, é uma lembraça muito legal.

walter disse...

Eu adoro a Fórmula 2 e suas histórias. Corrida de monoposto é legal. Essa Lotus Texaco Star é muito linda.
Mas lembrem: NUNCA um campeão da F1 saiu da categoria de acesso.
Acho graça que os fracassos do Hamilton aconteçam simultaneamente com essa discussão: ele é a prova de que só vence na categoria de acesso quem NUNCA vai ser campeão.