terça-feira, 9 de setembro de 2008

TV BLOGO – HUNGRIA 2006 E ITÁLIA 2007




A McLaren diz agora ter tido o OK da FIA pelo rádio depois da ultrapassagem de Hamilton no domingo. Por outro lado, Trulli, Rosberg e Coulthard viram vantagem na manobra do inglês; Mark Webber, não, achou tudo muito injusto.


Polêmica, como as dos vídeos acima. Lembrando que Schumacher e Hamilton não foram punidos por estas manobras. Vocês acham que deveriam?

17 comentários:

Eduardo Gaensly disse...

Eu puniria o Hamilton, por ele passou o Massa cortando a chicane, e não devolveu a posição.
Já o Schumacher (que nesse dia tava endiabrado) estava na frente, cortou a chicane e diminuiu a velocidade até que o outro carro chegasse onde estava antes, e apartir daí, voltou a competir.
Eu não puniria o alemão.

r/t disse...

Não porque ambos foram "espalhados", já nessa corrida em Spa hamilton deliberadamente gira o volante pra pegar o atalho, coisa de imundo e sujo que ele é

Raul costa disse...

Na primeira foi em monza, aquela largada é sempre muito complicada. REalmente o hamilton teve vantagem passando por ali, mas nao me parece algo intencional...

Na do schumacher acho q deixaram barato pra ele, pq ele esta virtualmente ultrapassado qdo resolveu cortar o caminho. ser "espalhado" é praxe nas ultrapassagens hoje em dia...

Anônimo disse...

Hamilton cortou a chicane em Monza porque foi tocado de leve por Massa na traseira e quase perdeu o controle do carro.

Desde a época do GP todo mundo sabe disso.

anderson.pinna disse...

O que o Schumacher fez foi um crime, e só não foi punido por ser o Schumacher.

Não puniria o Hamilton nesse caso em Monza, mas em Spa 2008, com certeza ele deu uma de joão-sem-braço tentando burlar o regulamento e mereceu a punição.

Arnaldo César disse...

Os dois casos são pertinentes com a polêmica atual:
"Cute the chicane and gained an advantage"

A REGRA É CLARA:
Hamilton e Schumacher deveriam ser punidos.

Anônimo disse...

Hamilton cortou a chicane em Monza porque foi tocado de leve por Massa na traseira e quase perdeu o controle do carro.

Desde a época do GP todo mundo sabe disso.

Sem mais.

Eduardo Cruz disse...

É por migués como esse que o Schumacher ganhou a fama de Dick Vigarista. Na interpretação da lei, como a estão citando agora, cortou a chicane e teve vantagem. Deveria ser punido. O Hamilton, como lembrado pelo vídeo, é reincidente. Ou seja, deve ter feito essa de domingo, pq acreditava que não ia dar em nada, como em outras vezes. Como disse o Massa, ele foi muito "otimista", quando passou, devolveu a posição e já se posicionou pra ultrapassagem novamente.
Engraçado que ando vendo muita gente criticando o Massa, pq foi um "bundão" pilotando, como ele mesmo admitiu. Só que o Prost cansou de fazer coisa semelhante, e sempre foi considerado o cerebral, o Professor, o gênio.
Essa mania de vira-latas de uns brasileiros é pior que a mania de perseguição de uns outros, que veêm tudo e todos contra os brasileiros da F1...

Ajzas disse...

É verdade, Massa evoluiu e anda fazendo o melhor de acordo com as circunstâncias. Ele está agindo como todo campeão faz, assim como Prost, que foi nada menos que Tetra-Campeão. Agora, ele que se cuide, porque depois dessa polêmica toda em cima do Hamilton, a McLaren e Cia. vão ficar de olho esperando que cometa algum erro pára cairem de pau em cima.

Anônimo disse...

penso que todo o problema da discusao lewis-kimi reside num pequeno detalhe:
o fair-play.
o ato de devolver a posiçao eh, antes de mais nada, um ato justo e nobre devendo ser executado com justiça e elegancia.
uns podem achar que lewis foi sacana. outros, sagaz.
mas acho que todos concordam que ele nao foi um fair-player.
lewis nao foi um gentleman.

Leandro LM disse...

Sim deveriam ser punidos. E no caso do Hamilton em Spa, basta ver a câmera on-board do "new-hamilton-vigarista" que dava sim pra ele frear e contornar a curva atrás do Kimi. Se fizesse isso, ele teria passado o finlandês na La Source? Aposto milzão que não!

Anônimo disse...

o shummy ja tava na frente antes de escapar. e depois da curva, michael espera o adversario encostar para recomeçar a disputa no ponto que estava.
ja neste video do lewis, acho que os comissarios comeram barriga.
em suzuka 2005, alonso foi punido por tomar a mesmissima atitude de lewis. mas neste caso, fernando foi condenado a ceder a posiçao de novo e re-re-passar o oponente, cujo nome me escapa.
no dia independencia do brasil, hamilton foi punido corretamente. porem, talvez, a sentença tenha sido errada. afinal, a corrida tinha terminado, os trofeus entregues e os espumantes estourados. uma puniçao de 10 posiçoes no grid de monza geraria menos polemica. e uma corrida incrivel.

Anônimo disse...

Acho que esta corrida do Schumacher não vale ,ele teve problemas e terminou na oitava posição ,neste momento ele estava com pneu inadequado para a pista naquela corrida maluca de 2006,com certeza se tivesse vencido a Mclaren teria reclamado ,e vencido.

Jonny'O

Anônimo disse...

No caso do Hamilton em 2007, ele espalhou mas não devolveu a posição, deveria ser punido. E o Schumi estava com pneus de pista seca e foi jogado para fora da pista pelo de La Rosa. Acho que não merecia punição.
Abraço a todos.
Paulo santos/RJ

Renato Muller disse...

Para ver como a coisa é polêmica... Eu puniria o Schumacher, que passou lotado, mas não o Hamilton, que tinha sido tocado pelo Massa e quase levou o Kimi junto. Mas também dá para argumentar o oposto: Schumacher tirou o pé até o De La Rosa colar de novo, para anular a vantagem; e o Hamilton cortou a chicane para levar vantagem. Fácil, né?

César disse...

Eu creio que não houve punição para o Schumacher, em 2006, por que logo após o incidente ele sofreu com um furo no pneu, e acabou fazendo nova parada nos boxes. E, posso ainda estar enganado, mas ele só chegou na zona de pontos por conta de uma punição que alguém recebeu na frente.

Anônimo disse...

Punição nos dois casos. Ambos se beneficiam da área de "escape", não área de fuga da ultrapassagem. Pra resolver o problema, coloca um muro lá que eu quero ver quem não tiraria o pé. Lembram do Senna e Alesi nos EUA? Pois então.