quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

JOHN SURTEES, 75

Dos campeões mundiais ainda vivos, ele é o segundo mais antigo. Mas não pense que John Surtees vai comemorar seu 75° aniversário curtindo o sossego da aposentadoria ao lado da família. Depois de soprar as velinhas, ele se sentará numa mesa cuidando de um dos três projetos que toca paralelamente: a consultoria para a equipe chinesa Maxtra, que disputa o Mundial de Motociclismo nas 125 cilindradas; a gerência da carreira de seu filho Henry, de 17 anos, que vai disputar o campeonato da Fórmula 2; e o comando de uma empresa que administra propriedades para firmas de médio porte.

Pois o velho John foi assim a sua vida inteira: sempre trabalhando como 110% de sua capacidade. Foi assim que se tornou o único piloto da história a ser campeão mundial em duas e em quatro rodas. Era tido como uma pessoa difícil, meio turrona, e ele mesmo admite que nunca mediu suas palavras na hora de dizer o que pensava. Mas sempre encarou o esporte a motor com a mesma paixão de milhões de fãs no mundo todo. Com tudo o que conquistou, imagine só se este não é um homem realizado?

3 comentários:

Luiz G disse...

O filho dele tem 17 anos?....Quantos filhos será que ele tem?

Speeder_76 disse...

Pelo que ando a ler da biografia dele (ando há três dias à volta dela...)julgo que ele foi pai tardio, mas ainda não cheguei a essa parte.


Enfim, ele teve uma carreira cheia, e continua a preenchê-la, todos os dias!

Daniel Médici disse...

Na Fórmula 1, o Surtees foi líder do campeonato apenas uma vez na vida - ao fim do GP do México de 1964, quando ganhou o campeonato mundial.

Nem por isso Big John é menos merecedor das honras.

Tenho um profesor que chama aposentadoria de "suicídio assistido". Vida longa ao Surtees, portanto!