quinta-feira, 12 de março de 2009

ARTEMOBILISMO – COPPA ACERBO 1937

Queria tanto escrever sobre as mazelas atuais da McLaren-Mercedes, mas a verdade é que estou com o tempo apertado, adiantando material para os próximos dias de jornal, revista e rádio. Para piorar, cortei o dedo legal hoje numa imperícia doméstica e estou “catando milho” no teclado, como se diz no jargão dos digitadores.

Pelo menos, os deixo com uma bela imagem da Mercedes-Benz W125 de Rudolf Caracciola durante a Coppa Acerbo de 1937, rasgando uma esquina de Pescara diante de um admirado público italiano.

Amanhã volto com gás total, prometo!

Um comentário:

Max disse...

Ico,

vc é o "nosso homem" no Circo, então, deixa eu te pedir uma coisa? além de escrever sobre as mazelas da McLaren, dá para tentar descobrir se a BrawnGP é fogo de palha ou se tem sustânça ali?
Agradecido.