terça-feira, 7 de abril de 2009

POSTAIS DE KUALA LUMPUR

O trânsito pode ser confuso e caótico como o paulistano, mas a capital malaia é sempre um destino ansiado em qualquer temporada. Porque tem suas atrações: as torres da Petronas, a antena Kuala Lumpur, o metrô montado em monotrilhos, boas lojas e shoppings para compras. Tudo acompanhado, claro, de um calor sufocante e de tempestades rápidas e intensas. É um cenário de muito charme, que eu gosto mais a cada ano que passa.

Skyline: a antena Kuala Lumpur à esquerda, a torres da Petronas ao centro.

De perto.

À meia-distância.

De longe.

Ônibus escolar, que contrasta com ar de moderna da capital malaia.

Depois da calmaria de Melbourne, um cenário de trânsito mais familiar.

Surpresa: uma floresta tropical no meio da cidade, com direito a uma trilha suspensa.

Uma bela maquete, para umas miniaturas feiosas.



4 comentários:

Ron Groo disse...

Taí um dos grandes motivos de eu gostar tanto deste blog.
Não bastasse informar sobre o esporte predileto ainda trás seção cultura agregada.
Bonito o lugar.
E o ar? É tão sujo como em Pequim ou é muito melhor?

Hugo Becker disse...

Sensacional, Ico. Dá pra dar uma água na boca com relação ao objetivo que tenho de um dia cobrir as corridas in loco e conhecer as mais diversas culturas e cenários ao redor do mundo.

Muito bom, de verdade. Parabéns!


http://brf1.blogspot.com

Hugo Becker disse...

A propósito, a antepenúltima foto parece muito com o final da Av. Consolação, próximo à igreja. Inclusive, até o logotipo das "Páginas Amarelas" da Malásia é o mesmo que foi (ainda é?) utilizado pelas listas telefônicas da OESP aqui em SP. Muito legal!


http://brf1.blogspot.com

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Groo, nunca fui a Pequim, mas dá para comparar ao de Xangai. Ou melhor, nao dá para comparar, porque as chuvas constantes deixam o ar malaio bem mais limpo e respirável. O de Xangai dá até para pegar um canivete, recortar um pedaco do ar, colocar no bolso e levar para casa como recordacao...

Abs!