quarta-feira, 8 de julho de 2009

FOTO DO DIA – GP DA ALEMANHA DE 1935

A vitória de Tazio Nuvolari no circuito de Nürburgring em 1935 é considerada até hoje como um dos maiores triunfos da história. Numa prova que serviria para a coroação da indústria automobilística local – fortemente representada com nove grandes pilotos correndo de Mercedes-Benz e de Auto Union –, o pequeno italiano fez a performance da sua vida: superou não só os adversários, mas também um desastroso pit stop na metade da prova para causar uma surpresa tão grande que pegou os organizadores de calças curtas – havia apenas o hino alemão disponível para tocar para o carro vencedor. O fato da pista acentuar a importância do trabalho de um piloto torna o feito mais compreensível. Enquanto os adversários forçavam demais o ritmo, causando saídas de pista ou problemas com o equipamento, Nuvolari foi perfeito e conseguiu triunfar com a ultrapassada e modesta Alfa Romeo Tipo B – o primeiro classificado depois dele com um carro não alemão foi o décimo colocado, o suíço Hans Ruesch com uma Maserati 8CM, duas voltas atrás. Uma vitória definitiva, para entrar na história. Clique na imagem para ampliar!

11 comentários:

Ron Groo disse...

Por esta e outras que Il comendatore Enzo dizia ue piloto mesmo ele só tinha visto dois: Nuvolari e Villeneuve.

Rodrigo Andreiuk disse...

que história massa!

Anônimo disse...

Ico, sua produção de materias para GP Alemanha esta otima, Um bom fom se semana um abraço.

Fabio disse...

Boa história.

Ico, o Nuvolari chegou a competir com o Fangio em alguma prova?

Pois de F1 o Nuvolari não competiu, não é?

Anselmo Coyote disse...

Nossa..., Ico.
Se eu estivesse lá e o meu favorito não tivesse na frente, eu me posicionaria atrás de um pé de laranja (ou maçã) daqueles e dava uma laranjada/maçãzada da cabeça de quem tivesse na frente.

Fabehr disse...

Essa foi antológica mesmo. Lembrei da minha coleção de revistas "O Carro", coisa da década 80. Num dos exemplares saiu a história completa. Acho q rolou até 1 chuva, to correto?
abç

Grace GM disse...

Cheguei aqui através do twitter.
Amei o post,alias amei seu blog.
Se puder visite o meu blog tbm, http://mggmarinho.blogspot.com
xoxo

Graça

Lucas Carioli disse...

O espírito dele deve ter encarnado em Fangio, na corrida de 1957! =p

JackSpeed disse...

o nuvolari foi um monstro,nessa corrida ele ficou um tempão nos boxes enquanto os mecanicos trocavam os pneus,tem outras historias como uma em que ele sofreu um acidente e pediu para ser enfaixado na posição de pilotagem de sua moto!um competidor nato,lendas ou não nuvolari foi fantastico.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Fabio, o Nuvolari nunca correu uma prova junto do Fangio. No pós-guerra, ainda na década de 40, ele correu só esporadicamente - e o argentino estava fazendo suas primeiras corridas na Europa. Seus caminhos nunca se cruzaram.

nicolas vinicios disse...

Não ele morreu em 1935 correndo, na época a Ferrari comandados por um tal de Enzo, corria com alfa Romeu