quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O DESAFIO DE JENSON

Até que Jenson Button tem a confiança de quase um quarto de vocês, mas a enquete ao lado mostra que maioria ainda acha que Lewis Hamilton vai superá-lo no duelo interno da McLaren no ano que vem. Eu faço parte dela e estou entre os que não entendem a decisão do piloto inglês. Em que pese o rancor de não receber o valor que merecia por parte da equipe, me parece um suicídio esportivo ir correr na McLaren ao lado de um talento excepcional como Hamilton. Button já se enrolou muito no passado nas suas escolhas. E esta parece ser mais uma errada que fez.

Por
outro lado, é a sua chance de fazer todo mundo rever os conceitos que se tem dele. Se superar Hamilton, ou ainda se apenas colocá-lo em cheque com freqüência, Button vai sublinhar qualidades que poucos enxergam. Se foi para , é porque põe no seu taco. E a autoconfiança faz maravilhas na Fórmula 1. O título deve tê-lo fortalecido, mas precisamos esperar o ano que vem para saber o quanto.

No
ar, uma nova enquete, agora sobre a dupla da Ferrari. Participe!

13 comentários:

Giz disse...

Pra quem literalmente acabou com Fernando Alonso a ponto de fazer o bi campeão do mundo trocar de equipe as pressas, Hamilton não terá dificuldades em jantar Button. Para a Mclaren Button deve levar, além do número 1 para seus carros, a experiência e maturidade que faltam a Lewis Hamilton. Além disso Button somará mais pontos que Kovalento e ajudará de verdade na disputa pelo título de construtores, mas nunca mais será campeão de pilotos, pelo menos não enquanto o garoto prodígio da Mclaren estiver a seu lado. Pra quem tomou tempo de Barrichello, o inglês não pode imaginar que será mais rápido que seu novo colega de equipe com o mesmo equipamento.

A decisão de ir para a Mclaren talvez não seja tão absurda se levarmos em consideração a teoria da conspiração levantada no Blig do Groo(http://blogdogroo.blogspot.com/2009/11/nem-mercedes-liga-paro-o-button.html). É possível que Button estivesse sem opções, a argumentação de Groo faz sentido.

Button será infeliz ao lado de Hamilton, não conseguirá brilhar na Mclaren e deve ter o mesmo fim de Alonso, uma saída antecipada e pela porta dos fundos.

Ainnem Agon disse...

Eu ainda discordo que Button seja "menos piloto" que Hamilton. SUa temporada excepcional pela BAR em 2004 prova isso, quando ele fez corridas fantásticas, chegando até mesmo a andar lado-a-lado por meia volta e ultrapassar Alonso COM UMA MÃO SÓ em Hockenhein, pois com a outra estava segurando sua viseira, que queria escapar (ou ela o foninho do radio). E, ainda, a temporada de 2009 mostrou como ele pode ser implacável com um ótimo carro (primeira metade da temporada) e como ele pode ser calculista mas agressivo quando necessário (segunda metade, coisa que o Hamilton não foi em 2007 e o fez perder aquele título.

Button tem mais experiência e guia o carro com muito mais leveza que Hamilton. Isto será importante pro ano que vem em minha opinião.

Lucas Carioli disse...

Eu acho que foi justamente por esse motivo que Button decidiu ir para a Mclaren: mostrar que é melhor que Hamilton. Vamos ver, tomara que a batalha seja bonita.

Anônimo disse...

Eu não vejo tanta autoconfiança na decisão do Button. Parece que se importou só é com o dinheiro, já que conquistou o mundial.

Fernando Amaral

Marcelo Vanderlinde disse...

O Button não é um piloto excepcional. 2009 foi um ano atípico, que ele soube aproveitar muito bem. Não esperem que ele lute por outros títulos.

Ron Groo disse...

Podem pensar o que quiser, podem achar que minha teoria é maluca ou de conspiração.
Podem até dizer que enlouqueci.
Mas para mim, Button foi sumariamente dispensado pelos alemães da Mercedes.
E este negócio de que foi buscar novos desafios soa tão verdadeira quando a história do político que larga o cargo no meio do mandato – qualquer que seja - para disputar outro e diz que foi por pura vocação cívica e vontade de ajudar o seu país.

Williams Gonçalves de Farias disse...

Concordo com Ron Groo. Acredito que a Mercerdes dispensou o Button. Caso contrário esse inglês é muito doido mesmo! Largar a atual equipe campeã do mundo com a Mercedes entrando por uma equipe que, apesar de ser tradicional, historicamente não dá e nem contrata dois pilotos pra brigar pelo título. O caso Hamilton x Alonso só aconteceu porque ninguem esperava que Hamilton fosse andar mais que Alonso... eles achavam que Alonso seria o professor do ingles, mas não foi isso que aconteceu, e o bi-campeão saiu com o rabo entre as pernas. Por isso não consigo pensar em outra possibilidade de um piloto com o mínimo de consciência em largar a atual campeã Mercedes pra ir pra McLaren.

Juliano Messaggi disse...

Talvez nunca tenhamos certeza mas a teoria conspiratória do Ron Groo faz todo o sentido.
Torço para que a disputa seja acirrada na Mclaren.
Pode até ser que Button tente destabilizar o Hamilton psicologicamente, pois em situações de pressão Hamilton pode cometer erros primários.

Marcos Antônio Filho disse...

é se o Button acha que pode vencer o Hamilton, que arrisque. Eu acho que ninguém vence o Hmailton na McLaren...

ba disse...

Acho que ficou provado nesse final de temporada: o algoz de Button, na verdade, chama-se Kobayashi. Kamui Kobayashi.

Jean disse...

O que aconteceu na Brawn, vai alem do Button. Barrichello vazou na primeira hora, e, sem deixar uma porta aberta, caso o Button se mandasse também. A Virgin, mesmo tendo faturado inesperadamente alto com a Brawn, também abandonou antecipadamente o barco vencedor, para ir para numa micro equipe. O Raikkonen não quer nem ouvir propostas.
Uma saída improvável pode ser explicada, mas uma debandada generalizada não !!! Ai tem coisas.
Os tectônicos chegando enxotando tudo mundo, não parece razoável.
Será que o carro é ruim? Alguma explicação tem que haver!
Qual a seu palpite Iço?

LeandroSpectreman disse...

Button aceitou o desafio e salvou 2010. Se a McLaren for o grande carro do próximo ano, como promete, Jenson não vai fazer figuração portando o número 1 na sua máquina.
Tem aquele lance de "superar Lewis" que nós farar prestar atenção com bastante cuidado para esse grande duelo que se anuncia.
Não faço ideia de quem levará a melhor.

Trapizomba disse...

O cara fez o certo. A Mercedes e' uma incognita pro ano q vem. O LH so' despachou o Alonzo pq a equipe toda dava suporte pra ele. Com o Button la' tvz nao seja assim tao facil. O cara e' ingles e acho que eles vao, pelo menos, tentar dar umas chances pra ele. Espero que ele se de bem, pq o Hamilton so' conseguiu o que conseguiu por ser o mimadinho da McLaren.