terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O QUE ELE DIZ E O QUE ELE QUER

Luca di Montezemolo não abaixou as armas, mesmo com a saída de Max Mosley da presidência da FIA. Numa conversa com o pessoal da Autosport, voltou a cobrar mudanças drásticas na Fórmula 1. E a ameaçar uma eventual saída de cena da Ferrari em 2012 caso elas não aconteçam. Como eu já coloquei diversas vezes aqui no blog e falei na rádio: o acordo costurado esse ano é apenas um cessar-fogo no front. A guerra, porém, continua, mas agora no campo da diplomacia.

A fala de Montezemolo é clara e certeira; suas intenções, nem tanto. O dirigente tem razão em cobrar mudanças drásticas para a categoria, que chega aos 60 anos vivendo uma atrasada crise de meia-idade. O show tem que melhorar mesmo, o público precisa ter mais acesso aos artistas (e isso começa baixando o custo dos ingressos), o corte de custos precisa ser racional e não pode vitimar a vitrine tecnológica que sempre marcou a F-1.

Por trás das nobres intenções, porém, há o claro objetivo de re-equilibrar a distribuição do cada vez mais farto bolo dos lucros. Uma petição justa, afinal as equipes são quem faz o espetáculo. Numa metáfora óbvia com o apelido da categoria, é como se os trapezistas, domadores, mágicos e palhaços pressionassem o dono do circo (que, aqui, é o anão) para ganharem uma receita maior da bilheteria – afinal são eles que estão dando duro no picadeiro.

Mas acho que há mais do que isso. Quando li a frase “junto com Bernie sou a pessoa mais antiga do paddock – e dividimos uma paixão genuína pela categoria”, fiquei com a nítida impressão de que Luca quer mesmo é um dia assumir as rédeas de tudo aquilo.

Vocês também não acharam?

6 comentários:

Marcos disse...

Foste no ponto.

Anônimo disse...

Fatídica saída de Shummi? Ou ainda rancor do Jean Told? Ainda aos pífios resultados (kkkk) dessa temporada.

Nervoso Descansado disse...

E o que ele ainda não foi na vida? Primeiro-ministro, Papa e dono da F1!

Será que não seria mais fácil desbancar o Berlusconi e o Bento do que tirar esse angu do Bernie?

F1 desde pequeno disse...

Perfeito! Fantástico seu blog Parabéns!Abraço

Anônimo disse...

Master Ico,

Outro dia, nosso ídolo Jacky Ickx (o Senna belgicano)disse q nesse processo, a F1 estará assim:
a)F1-A, aqueles q só estão nisso pelo negócio (briattores e montezemolos).
b)F1-B, pequenos construtores e pilotos de raça, q amam o esporte.
Chamou atenção pela incrível diferença dos lucros das provas de 24H, onde além de público superior está em campanha agressiva p baixar prêço de ingresso. Caso esses axiomas se firmem, adeus Sennas/Ickx/etc.
Saudações belgo-monarquistas
carlo paolucci

Tertuliano disse...

Montezemolo no comando da Fórmula 1 = fim da Fórmula 1.