terça-feira, 22 de junho de 2010

PILOTOS JULGANDO: UMA BOA?

Com Heinz-Harald Frentzen, em Valência, e Nigel Mansell, em Silverstone, a FIA já definiu os pilotos que vão atuar como comissários de prova nas duas próximas etapas (veja a lista completa abaixo). Depois de oito corridas, já é possível avaliar melhor que tipo de influência a novidade se deu nas corridas. As punições por “falta técnica” (largada queimada, limite de velocidade nos boxes) continuam sendo aplicadas normalmente.

Mas aquelas de disputas na pista parecem extintas. Mark Webber bateu na traseira de Lewis Hamilton na Austrália e levou apenas uma advertência. A mesma pena foi empregada para o zigue-zague do inglês se defendendo dos ataques de Petrov na Malásia. E no “Road Rage” que foi a prova no Canadá, apenas Vitaly Petrov foi punido com um “drive through” por causar uma colisão. Curiosamente, foi a menos proposital das batidas, já que ele colocou meio carro na grama na largada, perdeu completamente o controle do Renault, que acabou abalroando a Sauber de De la Rosa. O resto voltou para a Europa também com apenas uma reprimenda. Ou nem isso, caso da colisão Schumacher-Massa.

Olhando com calma para esses casos individuais e o quadro em geral, o que você acha? Gosta desse estilo de deixar a disputa liberada ou acha que está faltando um pouco de rigor no julgamento das brigas na pista? Opine nos comentários!

OS PILOTOS-COMISSÁRIOS:
Bahrein – Alain Prost
Austrália – Tom Kristensen
Malásia – Johnny Herbert
China – Alexander Wurz
Espanha – Derek Warwick
Mônaco – Damon Hill
Turquia – Johnny Herbert
Canadá – Emerson Fittipaldi
Valência – Heinz-Harald Frentzen
Inglaterra – Nigel Mansell

(Foto reprodução Internet)

16 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho q o trabalho deles até agora foi muito bom, realmente, como vc lembrou, o único lance q eu discordaria seria o do Petrov, já q foi o menos proposital dos incidentes.

Luiz G disse...

Sem SOMBRA de dúvida, tem que deixar a briga aberta.
Essas regras excessivas da F1 tiram e MUITO a emoção de uma corrida.

Os pilotos tem que correr como se tivessem dirigindo carros de porcelana e não podem dar nem uma freada sem serem punidos...é muito chato.

Anos atrás, as pessoas se queixavam que a F1 não tinha ultrapassagens, logo, não tinha graça...mas quando um piloto arrisca uma manobra mais ousada tem que pensar nas dezenas de punições que podem tomar.

Cadê a emoção?
Cadê o arrojo?
Cadê o estilo que diferencia o piloto?

Acho que, desde que não joguem o carro em cima do outro (Schumacher-Hill, Prost-Senna) vale tudo.

Luiz disse...

Acho ótimo que pilotos julguem, pois eles sabem o que se espera de uma corrida e como se sentem dentro dos carros.

Ridson de Araújo disse...

Sem dar uma resposta insossa, sem mais do mesmo, quem errou no julgar foram Herbert, pelo zigue-zague ridículo do Hamilton (se vc tem condições de ultrapassar, pq não levar o troco? Hamilton fez bem isso contra Button na Turquia, e o Button nem fez zigue-zague, o que tornou a disputa ainda mais interessante)e o Fittipaldi, pq o Schumacher claramente jogou Felipe p/ bater.

E a do Petrov foi acidente normal de corrida...Petrov foi o mais prejudicado curiosamente.

No mais achei que eles fizeram o usual, como qualquer comissário. Óbvio que ter um piloto no quadro de comissários torna o julgamento mais condizente, mas só isso não vai mudar de vez a postura de um julgamento de prova.

TRON disse...

Está excelente !
Tirando as faltas técnicas os pilotos tem que ter a total liberdade de disputar as posições da maneira que desejarem.
Concordo com o Luiz. Só não se deve jogar o carro em cima do outro de forma a decidir campeonato.

Mauricio Gangi disse...

Olá Ico!!!
Eu estou achando ótimo. Acho que muito da falta de combatividade dos últimos anos tinha a ver com isso. É óbvio que durante uma disputa algo pode dar errado, e tudo estava sendo punido. Então, na maioria das vezes, os pilotos avaliavam que era melhor não brigar. Agora estão liberados. E as corridas estão muito boas. Tomara que continue assim.
Abraços.

Carlos disse...

Pra mim está fantástico. Não vi qualquer problema até a prova de hoje. Hamilton não fez por merecer punição e nem o Schumacher, então bola pra frente.

Luis disse...

Não era para ser só grandes campeões como comissários de prova? o Frentzen não ganha nem do Jacques Lafitte como maior corno da Fórmula 1!

Ron Groo disse...

Eu gosto da idéia.
Gente do ramo ajudando a fazer o espetáculo é sempre legal.
Precisava mesmo era de um PILOTO, como presidente da FIA.

marconi disse...

Olha Ico, em outros tempos, todas essas situações citadas teriam algum tipo de punição. Isso não está acontecendo, se tem influência dos pilotos convidados eu não sei, mas está melhor assim.

Carlos César disse...

Assim está bom, que continue assim. O destaque das corridas devem ser os pilotos, não o "RACE CONTROL".

ba disse...

Apoio bastante a medida, lembrando do que Damon Hill falou: os pilotos estão lá como um órgão consultivo dos fiscais "de verdade". Eles não são soberanos! É ótimo pra todo mundo.

Lembra-se que um monte de jornalista ficava atentando ao fato da molecada ter nascido numa geração muito diferente da do berço do automobilismo? Então, é uma excelente forma de se passar um pouco da tradição.

Enfim, gostcho é muitcho! Abraço! Sem Red Bull Cola!

blog disse...

Ué, mudou? Tinha lido em algum lugar que o Mansell seria em Valencia.

[]s

Érico disse...

Eles têm feito um bom trabalho. Melhor deixar a coisa mais solta que fazer restrições demais e acabar com disputas na pista.

Paulo Cunha disse...

Eu discordo de que a batida do Petrov não tenha sido proposital. Ele abre para a direita colocando os dois pneus direitos na grama... e continua acelerando... o carro começa a querer girar para direita, ele corrige e continua acelerando... ele passa por cima de uma faixa de asfalto, de repente o pneu traseiro direito tem aderência e como ele estava acelerando... gira completamente para a esquerda.

Só pode ter sido de propósito!

Anônimo disse...

...Acho que, desde que não joguem o carro em cima do outro (Schumacher-Hill, Prost-Senna) vale tudo.

mmm...Senna-Prost...
RDV