quinta-feira, 22 de julho de 2010

PERGUNTE AO POLONÊS

Hoje terei a chance de uma conversa mais longa e aprofundada com Robert Kubica, o piloto que é uma das sensações da temporada. Vale aqui dar a chance de vocês também fazerem suas perguntas diretamente para a fera. Coloquem elas nos comentários, eu seleciono as melhores para fazê-las no final da entrevista. Participe!

26 comentários:

Betto disse...

Boas Icão, lá vai:

"Robert, em uma outra entrevista exclusiva que fizemos, no final de 2006 (nos escritórios da BMW, no Brasil), você disse que a Polônia não ligava muito para a F1 e que pouca gente sabia que você estava na categoria. Quatro anos, três temporadas, um forte acidente e 11 pódios (contando a vitória histórica no Canadá, em 2008) depois, isso mudou? Você sente que hoje há mais torcedores conterrâneos, ou não?

Miguel Guedes disse...

Boas, Ico! Que grande blog que você tem aqui! Adoro ler cada artigo!
Bem, em relação ao Robert Kubica:
Se pudesse mudar algo na F1, o que seria?
Quem são os seus melhores amigos no paddock? E aqueles com que menos simpatiza?
Quais as maiores diferenças entre a BMW e agora a Renault?
Rubens Barrichello disse uma vez, que você era das pessoas mais porreiras, mais bacanas do paddock.. O que acha dele?
Ainda há algum preconceito entre Polacos e Alemães, entre os pilotos? Isso ainda se verifica, por vezes, noutros lados..
Eric Bouillier disse que se oferece para montar a equipe á volta de você, para as próximas épocas. Como se sente com isso, sendo que a Renault não é uma equipa de topo, neste momento?
Como é que foi aquela ultrapassagem do Alonso, que tanto dá que falar ultimamente? O que aconteceu, na verdade?
Como é possível que o Petrov faça erros, ainda que normais num rookie, e o carro aguente, e com você, há falhas mecânicas que nunca mais acabam? Ainda agora, a transmissão em Silverstone..


Para já, são estas as de que me lembro!
Abraço de um leitor português!
Miguel

Julio Lima disse...

Pergunta pra ele qual foi a causa da queda de rendimento da BMW em 2009. E se ele também foi sondado pra continuar na equipe após esta ser reassumida por Peter Sauber.

Eduardo Buchholz disse...

Desde o começo, na BMW Sauber, você era apontado como um futuro campeão mundial (assim como Vettel) e com a queda de rendimento da equipe alemã você partiu para uma equipe que, ao que tudo indica desde o caso Nelsinho Piquet, não tem sua montadora tão preocupada com a F1. VOcê vê um futuro bom na Renault, acredita que os franceses voltarão a fazer carros, realmente, competitivos?

Robert Kubica disse...

Kubica, o Alonso é realmente seu amigo fora das pistas?

Paulo Coruja disse...

uma perguntinha bem simples ao Kubica: por que renovou com a Renault. Mesmo sabendo que as grandes não vão mudar, há equipes no mesmo pé da Renault (até um passo a frente) como (Force India) ou um pouquinho atrás como a Sauber (com o projeto da BMW na mão que ele conhece e poderia ajudar a desenvolver).
é isso, valeu!

Fernando Melém disse...

Ico, primeiro gostaría de elogiar seu blog, é realmente muito bom. Continue com o bo trabalho sempre!

pergunta: Robert, você vê algum futuro ao permanecer na Renault?
Acha que a equipe terá condições de ter dar um carro com condições de vencer o mundial, assim como aconteceu com Alonso? Se não, estudaria se tranferir para a Ferrari?

CelsoAM disse...

Kubica, o seu carro é igual ao do Petrov?

Fico impressionado que às vezes o russo é mais de 1s mais lento do que o polonês em classificação!

Abraço!

marconi disse...

Robert Kubica, como um piloto tão arrojado como você não conseguiu ainda um cockpit numa equipe de ponta? Sei que não é fácil, pois até Ayrton Senna teve dificuldades, pois conseguiu isso apenas na sua 5ª temporada na F1. Mas em alguma ocasião você foi ao menos sondado?

Érico disse...

1 - há verdade nos rumores que Alonso vetou sua ida à Ferrari?

2 - a partir de quando a Renault passará a focar o projeto de 2011?

marconi disse...

Kubica, o fato de Webber ter renovado com a RedBull até o final de 2011, colaborou para que você também revovasse com a Renault?

Valtinho disse...

Vamos lá:

Kubica voçê acha que a F1 sobrevive sem o GP de Mônaco?

Os comissarios de prova tem sidos bastantes rigorosos durante as corridas. Voçê acha que se os pilotos tivessem mais "liberdade" na pista,veriamos mais ultrapassagens?

Voçê tem vontade de dividir uma mesma equipe com o Alonso?

Lucas Lemos disse...

Kubica, qual a sensação de estar em uma equipe que não lhe permite vencer, ainda que lhe forneça um bom carro para lutar por pontos?

Qual sua perspectiva para o futuro, em relação as novas regras, e opotunidades em novos cockpits?

Acredita que a Renault possa crescer e surpreender a todos como está fazendo nesta temporada?

O que sentiu em 2009, com um carro fraco na BMW, uma equipe que prometia tanto após um grande campeonato em 2008?

Verde disse...

- O que tu achava do Heidfeld?

- Como foi vencer em Norisring 2004 na Fórmula 3 européia tendo o braço quebrado?

- Como era o circuito de Bilbao, pista aonde você venceu na World Series em 2005?

Heh.

Juliano Mateus Messaggi Gomes de Oliveira disse...

Ico,
Uma bem simples, direta e manjada.
O que mais agrada e o que mais desgrada o polonês na F1.
Parabéns pelo trabalho!

Daniel Médici disse...

Uma pergunta pouco original e que você talvez até já tenha incluído na entrevista, mas realmente gostaria de saber a opinião dele sobre as mudanças no regulamento para o ano que vem.

Natasha disse...

Kubica, vc lembra de mim?

Kohara disse...

Fala Ico.

Uma pergunta pro Kubica?

Se é verdade que ele rouba no poker com os outros pilotos... rs.


Falando sério, gostaria de saber quais são os planos do Gerard Lopez à frente da Renault. Se vai investir a ponto de transformar a Renault numa equipe capaz de brigar por títulos, se será uma equipe para brigar por vitórias ou se estabilizará como a equipe de baixo custo que supera expectativas no final.

abs!

Silvia disse...

Ico, pergunte a ele se uma competição saudável dentro da equipe motiva o piloto a exigir mais de si mesmo, se ele já teve problemas com companheiros de equipe durante a carreira e o que ele acharia de ter novamente o Heidfeld como companheiro ano que vem.

Boa entrevista!

Gabriel Souza disse...

Como sempre, chegando um pouco atrasado mas vamos lá.

Perguntas:

Qual você (Kubica) acha que será a maior dificuldade com os novos pneus em relação à pilotagem? Ainda em relação aos pneus: você acha que a regra da obrigatoriedade de se utilizar dois compostos na corrida é válida?

Esta não tem nada a ver com F1: quais são os tipos de música que você gosta de escutar antes da corrida (se é que escuta) e nas horas livres?

Muito obrigado por abrir este espaço para nós, Ico!

Abraço!

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Pessoal, a entrevista rolou, deu para incluir muitas das perguntas, mas nunca nos dão tempo o suficiente para todas. Genial a participação de vcs! Na semana q vem, quando soltar o material nos meios que eu trabalho, coloco ela na íntegra aqui. Valeu!!!

itamar disse...

Muito legal o seu blog proporcionar ao publico essa proximidade com os pilotos. Parabens pela iniciativa. Seu blog é o melhor de automobilismo do Brasil. Acho muito legal a forma como você trata os leitores. Abraços

Anderson Nascimento disse...

O fato de chegar a Ferrari e ser o possível segundo piloto do time, atrás de Fernando Alonso, pesa quanto a escolher trabalhar na equipe italiana? Foi por isso que você ainda preferiu continuar na Renault?

Tuta Santos disse...

Kubica, se você usasse bigode, seria igualzinho ao Edgar Allan Poe!

Tuta Santos disse...

Kubica, como é que um garoto vira piloto na Polônia? Tem pista lá?

Paulo Cunha disse...

Clap, Clap, Clap pela iniciativa!

Ps: Tuta: Poe? sério?