sexta-feira, 19 de novembro de 2010

COMEÇOU 2011

O primeiro dia de testes das equipes da Fórmula 1 com os pneus Pirelli marca o início do trabalho para o ano que vem. A principal lição que vem de Abu Dhabi é que não há nenhum grande problema com os compostos italianos. Não é fácil para uma nova fornecedora criar uma borracha que atenda as necessidades e responda ao esforço tremendo que um carro de Fórmula 1 impõe. Embora alguns repórteres no locais tenham apontado um problema num dos jogos de pneus com o carro de Sebastian Vettel, a sensação geral é de que a preparação feita nos testes anteriores, com o carro da Toyota, foram satisfatórias.

Curioso mesmo foi ver as diferentes reações para a mesma borracha. A McLaren aponta no seu press release que “o equilíbrio básico e a performance é similar aos pneus da Bridgestone”. Já o venezuelano Pastor Maldonado, que andou no início da semana com os pneus japoneses, disse que os Pirelli “têm características completamente diferentes”. Felipe Massa afirmou que “ficou à vontade desde o início”, mas apontou problemas no composto mais resistente durante um “long run”, uma série longa de voltas.

Falando aos repórteres em Abu Dhabi, Nico Rosberg se mostrou mais negativo, afirmando que o pneu se degrada rapidamente e previu problemas para o carro da Mercedes ganhar a aderência dianteira que tanto fez falta em 2010.

Mas são todas conclusões precipitadas. A tarefa de hoje e amanhã é simplesmente a de coletar dados. Depois, os projetistas de cada time terão tempo de sobra para confrontá-los com as características dos carros de 2010 para fazer as mudanças finais no projeto de 2011. Uma mudança nos compostos tem influência fundamental na performance dos carros e, no final das contas, o que vai fazer a diferença será a capacidade de quem os desenha. Dentro desse quadro, quem tem um Adrian Newey na fábrica tem bons motivos para esfregar as mãos num gesto de otimismo.

(Foto Ferrari)

9 comentários:

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Pessoal, o dia ficou corrido, mas o especial com os dez melhores de 2010 vai ao ar nesse final de semana, sem falta.
Abs!

Ron Groo disse...

O que gosto no Massa é a coerencia.
Passou o ano todo reclamando dos pneus, e quando começam os testes da nova empresa ele tem logo uma reclamação pra fazer.

Sei não, mas algo me diz que 2011 vai ser repeteco para nosso piloto mais bem montado.

Diogo disse...

q tal um credencial falando sobre os testes dos novatos e dos novos pneus?

abraços e parabens pela otima temporada!!!

Dennis disse...

O único a elogiar parece que foi o Kobayashi. Para o japonês tudo tá bom, é só sentar da bota...Vai ser divertido quando ele tiver um carro bom na mão.

Adalberto disse...

Que diabos eh esse poste em cima do carro?

Guilherme disse...

Essa troca de fornecedor oficial pode ser muito divertida para quem acompanha a F1, mas eu tenho saudades mesmo é das disputas entre as diferentes fábricas de pneus... era sempre um fator a mais para embaralhar a competição.

E eu tenho uma boa impressão sobre o Massa pra 2011. Ou ele engole o Alonso, ou pede a conta e vai pra outra equipe. E acho q ele vai vir mordendo até a própria nuca de tanta vontade.

Lucas Fawkes disse...

Muito cedo para tirarmos conclusões. É esperar a Pré-temporada

Ico, seria pedir demais vc recomendar meu blog?

www.topspeedf1.blogspot.com

Valeu!

Bruno disse...

Ico!!

Vi algumas fotos de ontem na net do massa com um capacete com a pintura similar a do Schummy... Procede? Ou eu estou viajando? uahuaha

Abraço

Anônimo disse...

Foi só o Alonso testar e já foi mais rápido do que todos. Quem vai segurar o espanhol?