terça-feira, 18 de janeiro de 2011

BOLLYWOOD

No dia 30 de outubro o GP da Índia fará sua estreia na Fórmula 1. E são grandes as chances de vermos o mesmo filme de incerteza que cercou no ano passado a compleição do circuito coreano. De acordo com fontes da organização, as obras no circuito do Jaypee, na região de Nova Delhi, estão de seis a sete semanas atrasadas em relação ao cronograma previsto. Culpa das fortes chuvas das últimas semanas - aliás, impressionante como a sociedade mundial ainda continua cega quanto à seriedade das questões climáticas mesmo com a ação das intempéries em diferentes pontos do planeta.

Os organizadores estão otimistas em recuperar o tempo perdido e a verdade é que mesmo no impressionante circuito de Abu Dhabi, o projeto foi terminado de última hora. Mas os árabes colocaram milhares de trabalhadores para conseguir isso e, na Coreia do Sul, foi preciso chamar a ajuda do exército para montar arquibancadas e deixar a pista pronta para a corrida. Só que a Índia deu um péssimo exemplo de organização durante os Jogos da Comunidade Britânica do ano passado, realizados em Delhi: obras incompletas, tantos dos estádios como as de infra-estrutura.

Pelo jeito, a realização dessa prova vai ser uma aventura cinematográfica.

6 comentários:

Dennis disse...

Ico, você presenciou o show de mágica que o Alonso fez, que está descrito no blog do Lívio Oricchio?

Ron Groo disse...

Eu confesso que estou ansioso para ver a corrida indiana. Assim como fiquei curioso com a coreana, já gostar....

Ico, pra ficar no tema, já que quando chegar a época do gp falaremos mais dele, mas por enquanto os periféricos... Primeiro a musica, dá uma olhada no que estes indianos fizeram com Mustapha, do Queen.

http://www.youtube.com/watch?v=Umb_f6Qjla4

Marcelonso disse...

Ico,

Se na Coréia a estrutura era precária,o que se esperar da India?

Quer comprar uma barraca? Faço um bom preço para o amigo!!!


abs

Dé Palmeira disse...

Será o mesmo vexame!

Leo disse...

Ico,

Temo que na Índia será bem pior do que na Coréia. Pode ser instrutivo ver a organização dos Commonwealth Games, que este ano foram em Delhi. Foi tão de última hora que até fezes no banheiro as empresas encarregadas da construção deixaram. Até o dia anterior havia atletas decidindo se iriam ou não, e atletas de vários países não foram "por conta de contusões", incluindo Usain Bolt.

A resposta do porta-voz oficial da comitiva organizadora fora que "os padrões de higiene deles são diferentes dos nossos." Sem brincadeira, veja aqui: http://www.youtube.com/watch?v=1q7ZAek0Yg8.

A propósito: cuidado com o seu equipamento e o da Band quando fores. Duas empresas Australianas alegam ter perdido diversos contratos porque o equipamento delas está enganchado em um porto indiano: http://www.heraldsun.com.au/news/national/delhi-bellyache-over-debts/story-e6frf7l6-1225991345633

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Leo, eu li os contratempos do Commonwealth Games na época e temo mesmo por problemas similares neste ano. Mas por enquanto nem quero pensar muito nisso. O GP acontece numa fase crítica do ano, com o campeonato pegando fogo e vc cansado de tantas viagens. Espero que corra tudo dentro dos conformes, como acabou sendo na Coreia...

Abs!