segunda-feira, 23 de julho de 2007

McLAREN VAI SER PUNIDA

Ron Dennis riu à vontade ontem, recebendo o troféu de equipe vencedora do GP da Europa pelas mãos de Michael Schumacher. Tinha mesmo bons motivos para isto: a corrida caminhava para confirmar a superioridadeligeira, mas clara – dos carros da Ferrari em Nürburgring e sofreu uma reviravolta no final, quando o talento enorme de Fernando Alonso fez a diferença. Além do mais, a próxima prova será em Hungaroring, uma espécie de Mônaco sem guard-rails e casas ao lado. E todos se lembram muito bem como foi a prova no Principado.

Mas esta superioridade da McLaren e de seus pilotos na tabela vai virar na próxima quinta-feira. A extensão do caso de espionagem é bem maior do que se pensava há duas semanas e envolve gente do alto escalão da equipe. Martin Whitmarsh é o gerente do time, braço direito de Ron Dennis e estava sendo preparado para comandar a equipe após a aposentadoria deste. O que se sabe é que ele viu o dossiê sobre o F2007 e que aconselhou Coughlan a destruí-lo. Especula-se também que ele achou melhor nem avisar Ron Dennis desta história.

Exatamente este último ponto explica com clareza a total desilusão com a vida demonstrada por Dennis há duas semanas, no GP da Inglaterra, quando passeou pelo paddock de olhar perdido e cabisbaixo, mesmo após seu pupilo Hamilton ter marcado a pole-position, diante da própria torcida. Mais do que o desgosto pelo escândalo estourado, estava a incredulidade de ver seu trabalho ir abaixo por negligência, entre outras, da pessoa que ele mais confiava, do seuherdeiro” na empresa. Na última semana, um jornal italiano cravou que Whitmarsh e Paddy Lowe (diretor de engenharia da equipe e que assinou o pedido à FIA para esclarecer a questão do assoalho da Ferrari, provavelmente após a McLaren ter recebido um e-mail de alguém da Ferrari com detalhes sobre a construção) foram afastados da equipe por Dennis. A notícia não foi confirmada por nenhum outro veículo, o que é estranho. Mas também não foi desmentida até agora pela equipe, o que é mais estranho ainda.

O discurso de Max Mosley não deixa muitas dúvidas de que uma punição será inevitávelainda que Ron Dennis esteja limpo na história e ainda que o MP4/22 não utilize componentes da Ferrari. “Vamos esclarecer esta história completamente. A Fórmula 1 tem de permanecer limpa. Uma equipe é responsável por seus funcionários”. Traduzindo: a McLaren é responsável pela conduta de Mike Coughlan e eventuais outros nomes de seu quadro que se deixaram seduzir pela proposta indecente de algum(ns) malandro(s) da Ferrari.

A punição virá. resta saber o tamanho dela e a extensão de seus danos. Retirada de pontos? da equipe ou dos pilotos também? Quantos? Ou será que a equipe será suspensa por duas ou três corridas?

Respostas na quinta-feira.

7 comentários:

Anônimo disse...

acho muito bem que se puna a mclaren, para ver se acabam com a f1 de vez!......ha muita gente ansiosa, para ver os ferrari andando sozinhos, lá na frante outra vez.

Herik disse...

Se vier uma punição, será justa. Se olhassemos pelo prisma - que chique! - do direito civil brasileiro, a McLaren agiu com culpa "in eligendo" e "in vigilando".
Quanto a punição em si, acho que deveria ser um bela suspensão, de umas 4 provas talvez. Vale lembrar que em 2005 a Honda tomou um ganço de 2 corridas por algo bem menos grave.

Herik disse...

Ganço? De onde eu tirei isso!? Coitado do tio Aurélio...

Vasconcelos disse...

Acho que a McLaren deva ser punida. A McLaren. É claro que se houve um benefício nos carros devido ao ocorrido, os pilotos também desfrutaram, mas assim como quando os pilotos cometem infrações na pista, eles são punidos, neste caso acho que a McLaren deveria ter todos os pontos retirados e as premiações em dinheiro pela posição de chegada dos carros deveria ser devolvido à FIA e esta redistribuir às outras equipes.

Anônimo disse...

Se for comprovada a culpa não faz o menor sentido poupar os pilotos. Afinal, podem ter sido fortemente beneficiados.
Luiz Eduardo.

Marcog "unoturbo" Oliveira disse...

A punição não levaria a nada. Aliás, se fosse com a Ferrari, creio que absolutamente nada aconteceria.

HF (BSB) disse...

Concordo totalmente com o Marcog unoturbo Oliveira. Todo mundo se esqueceu das asas flexíveis, assoalho flexível, manobras etc etc etc?

Mas eu não consigo é parar de rir com as caras que fazem o Schumacher e o Ron Dennis nessa foto do pódium. Hilária!!!