domingo, 30 de setembro de 2007

COMENTÁRIOS SORTIDOS

No mar de informações e inutilidades da Internet, deu para pinçar dois comentários curiosos sobre a corrida de hoje. O primeiro mostra a reação de um Jean Todt fulo da vida com um repórter, na coletiva que eletodos os domingos no meio da tarde. Ele é seco, fala aquele inglês com um sotaque carregado, mas é espirituoso. Sua resposta do tipo “entendeu ou quer que eu desenhe?” foi ótima.

O segundo comentário é o de um internauta espanhol no site do jornalMarca”. Para mim, o ponto mais irritante nesta temporada foi a briga entre as mídias inglesa e espanhola, abusando de parcialidade e meias-verdades para insuflar seus leitores num clima de guerra aberta e declarada que adorariam ver acontecer de verdade entre os pilotos. Boa parte da torcida, claro, comprou e consumiu o produto. Mas o sujeito ali coloca um pouco de realidade bem no site do meio mais parcial da Espanha, junto do “As”. espero que algum inglês tenha o mesmo bom senso e faça uma análise parecida quando o Hamilton perder uma disputa dessas. Porque a mídia da ilha também está dura de agüentar.

Os comentários, no original:

+++

Q. Could you clarify for me why McLaren was able to make just one stop and you needed to refuel at the second one. Do you think they were heavier than you yesterday or did you have some more consumption because you had to run and catch all the people?

JT: I think it's quite easy. We stopped on lap 14 for Felipe so there were still 52 laps before the end of the race. With Kimi it was lap 15, so 51 before the end of the race. Alonso stopped lap 27, so 40 laps and Hamilton 28, which means 39. Simply, we don't have the fuel tank capacity which is allowing us to do 52 laps. That was the only reason.

Q. Did you also refuel when you changed the tyres the first time?

JT: Yes, but still, last time we stopped was lap 15, it means 52, you could have stopped every lap from the lap 2 to lap 15 but it was not enough. If you take your piece of paper and write you will understand very clearly. I'm sure you can manage.

+++

Ya era demasiado

Usuario:
mikelnenin

Fecha:
30/09/2007 16:25

En mi opinión ya era demasiado que un retrasado mental de metro sesenta pseudo asturiano que sólo dice gilipolleces y que no le agradan las fabas ni la sidriña gane 3 campeonatos seguidos... Si ha perdido ha sido por una serie de circunstancias, y porque talvez no es el dios que han querido pintar en estos últimos años. Desde que está este pinta-monas parece que hay millones de aficionados que no sabian ni lo que era la Fórmula 1. Que se joda.

5 comentários:

Garcia disse...

Ufa... até que enfim... uma ponta de esperança na Espanha...

A briga entre imprensa dos dois países inflou a torcida d eforma negativa que acabou resultando naquele manifesto de espanhóis contra ingleses, tudo muito desnecessário!!

Anônimo disse...

Que bobagem Ico o que disse o espanyol, moro aqui em Barcelona, que nao é o melhor lugar para falar bem do alonso e só digo uma coisa,o gilipollas que diz ele é o campeao do mundo mais jovem da historia e um puta piloto, me desculpe mas achei ridiculo tu ter publicado isso.
Acho que as vezes no Brasil se perde o respeito que o Alonso merece, por parte de todos, imprensa especializada e torcida, mesmo achando que ele chora pra caramba.

Rafael Bazzan

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Rafael, concordo contigo que o cara pegou pesado, mas achei legal ele chamar a atencao de que o Alonso nao é o Deus que a imprensa saí vende. Vc que acompanha de perto o Marca, o As, Tele5, sabe bem: ele nunca erra, nunca mete os pés pelas maos, tem sempre razao, é sempre injusticado, etc. Mais ou menos o que a Globo tentou fazer aqui com o Ayrton.

Nem Senna e nem Alonso precisam disso, mas eles nao sao infalíveis, embora muita gente ache que sejam.

Abs!

Caíque. disse...

Eu gostei da resposta do Todt, um tiro à queima roupa!!!

Anônimo disse...

Ico, como já disse, moro em Barcelona e por aqui quando se fala de Alonso a maioria das pessoas diz "es un pringado", mesmo com toda a midia e o esforço feito pelo Antonio Lobato, narrador do Tele5, que é uma espécie de Galvão Bueno, mas que só narra F1 e GP2.
Eu não acho ele um pringado, acho um grande piloto, o melhor da atual F1 e concordo contigo em relação a tentativa da imprensa em transformar ele em um heroi.
Grande abraço
Rafael Bazzan
ps-to tem uma loja aqui perto de casa de miniaturas e depois que me tornei leitor do teu blog, todo dia namoro varios carros, to pensando em gastar uns euritos, hehhe