sábado, 15 de setembro de 2007

DUAS PERDAS SEGUIDAS

O anúncio de Marcus Grönholm de que iria pendurar o capacete ontem acabou completamente ofuscado hoje pelo acidente fatal de helicóptero sofrido por Colin McRae na Escócia. A Polícia local informou que não há sobreviventes, mas ainda não comfirmou se o piloto estava no aparelho. De qualquer forma, seu agente confirmou que era ele quem estava no comando do helicóptero.

É uma fatalidade muito triste. Campeão do mundo em 1995, McRae era extremamente popular no WRC. E mesmo depois de se afastar da categoria, continuou mostrando sua classe excepcional em eventos diversos, como a “Corrida dos Campeõesque ocorre nos finais de ano na França. O mundo perdeu um verdadeiro artista do volante. Ele é também muito querido pela comunidade dos gamemaníacos. Os jogos que levam o seu nome são extremamente populares e o último deles, “Colin McRae Dirt”, parece ser excepcional. Eu cansei de testar minhas habilidades no antigo “Colin McRae 2.0” (na foto). Embora o realismo deixasse um pouco a desejar, a jogabilidade era pra de deliciosa. Lembro-me bem do dia em que ganhei o Mundial, depois de meses de treino e suor. Deu uma sensação de satisfação incrível.

a saída de Grönholm ao final desta temporada, ganhe o título ou não, deixará um enorme vazio no WRC. “Magic Marcus”, além de um bom piloto, é um sujeito um tanto divertido. Aliás, tenho dois amigos argentinos que cobrem a F-1 pela Fox Sports, Juan e Javier, que fazem também o Mundial de Rali (viajam o ano inteiro, sem parar). Eles admitem que ficam desconcertados com a abertura e simpatia da turma do WRC. No rali de Portugal, Juan contou a Petter Solberg que apostara no bolão dos jornalistas que o norueguês ficaria em terceiro lugar, atrás dos imbatíveis Grönholm e Loeb. Ao final da última Especial, após terminar na quarta posição, o ex-campeão mundial desceu do carro, viu o argentino e foi diretamente falar com ele: “Desculpe, Juan. Tentei realmente de tudo, mas não deu”. Meu colega contou que ficou estático, sem ação. Algo normal para quem está acostumado com as declarações engessadas e os narizes empinados da maioria dos que pilotam na F-1.


Ano que vem, vou dar um jeito de cobrir alguma etapa do WRC. Tenho de ver isso de perto. Espero que o Grönholm também esteja lá, visitando seus velhos amigos. Já o McRae, vai estar lá em cima acompanhado e curtindo tudo com interesse. Que ele e os outros ocupantes do aparelho descansem em paz e que suas famílias encontrem um pouco de conforto neste momento delicado.

Aqui, McRae e seu fiel navegador Nicky Grist, numa de suas últimas aparições no WRC. Com um Skoda, como o meu Skoda. Uma honra para mim e para a marca.

13 comentários:

Speeder_76 disse...

Qualquer confirmação fica para o dia seguinte, segudo diz a policia local. A razão é por estarem à espera dos peritos em acidentes aéreos, que estão a caminho.

Já agora, Ico: o Colin foi campeão do Mundo em 1995, pela Subaru, batendo o Carlos Sainz.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Obrigado pela correcao Speeder. O pior se confirmou mesmo. Muito triste!

Vinicius A. disse...

Realmente duas tristes notícias para quem gosta do WRC. Acompanho há alguns anos e muitas vezes acho mais emocionante que a F1, por diversos motivos.

O Marcus tá tendo um ano muito difícil lutando contra o Loeb, e acho que ele não tem mais nada pra provar pra ninguém sobre a competência e velocidade dele(s). Talvez ele não tenha mais idade pra isso... quem sabe?

E agora, ano que vem vai ser um passeio pro Loeb? Ainda não acho o Mikko Hirvonnen bom o bastante pra lutar com ele, a Subaru tá lá embaixo ainda e a Suzuki vai ser time novo, sem experiência...

João Carlos Viana disse...

Uma pena a morte do McRae. O WRC perdeu todas as suas estrelas nos últimos dois anos, com a morte de Burns e McRae e a aposentadoria de Carlos Sainz e Grönholm.
O que será do WRC a partir de 2008?

Lucas Carioli disse...

Dias tristes para o WRC. Estava torcendo para que Gronholm continuasse, mesmo que por mais uma temporada. Ele é uma das figuras mais engraçadas do mundo dos Rallys. E fantástico piloto também.

Essa do Colin me chocou. Tive o privilégio de vê-lo correr no ano do seu título e nos seguintes que não foi campeão (derrotado pelo extraordinário Tommi Makkinen) mas pilotou como nunca. As disputas dele com Carlos Sainz, Juha Kankkunen e Didier Ouriol estão gravadas na minha memória como uma das mais fantásticas do esporte a motor.

Era e é, junto com Richard Burns, Ronnie Peterson, Jody Sheckter e James Hunt um dos meus grandes ídolos do automobilismo. Que esteja em paz, onde quer que esteja.

Blog F1 Grand Prix disse...

Uma tragédia a morte de McRae. É o segundo campeão recente - depois de Richard Burns - a perder a vida precocemente.

coelho dos relógios disse...

Uma enorme perda... ele e o Sainz me fizeram começar a ver o WRC. O ano passado na altura do Dakar disse a um amigo meu que este ano ia levar o poster que tenho no quarto para ele assinar, já que iria participar, até me custa olhar para o poster...

Paulo Coruja disse...

Vc disse de forma correta, Ico: principalmente para os gamemaníacos o cara era uma referência. Além de campeão pela Subaru, ele era um grande acertador de carros (exemplo clássico: o projeto Focus pela Ford).
Lamento também pelas crianças a bordo.

samuel disse...

Motivos para amar rallys

1) A maioria dos pilotos de rali são humildes, pessoas genuinamente boas.
Com todo o talento de pilotagem que ele tem, eles poderiam mandar no planeta se quisessem.
Mas, quando vc está pilotando nas estradas mais duras qto o Dakar, esperando por séculos nos postos de controle, trocando seus proprios pneus, recebendo qualquer coisa que a Sra Sorte e a Mãe Natureza possa arremessar em vc, e suando como um camelo em cockpit a mais de 60 graus por 3 exaustivos dias, vc simplesmente naum pode ser uma diva. Loeb e Solberg são notoriamente famosos. Gronholm é um fazendeiro. Os outros não tem um mundo de dinheiro. E com cockpits que são díficeis de alcançar e fáceis de perder, os pilotos são agradecidos por estarem num carro.
E mais, VC NUNCA IRÁ VER UM TROCA DE SOCOS À LA NASCAR, tudo amostra na TV. Bom, Vc nunca terá que se preocupar de seus heróis agirem como criança.....
http://amberie.files.wordpress.com/2006/12/marcus-petter-eeeears.jpg
mas será engraçado qdo eles agirem.

2)Numeros dos carros vísiveis, uma coisa simples, mas faz a vida do torcedor mais fácil.....(Viu, F1??

http://amberie.files.wordpress.com/2006/11/gigi-well-labelled-car.jpg
(Gig Galli and Giovanni Bernacchini, Rally Monte Carlo 2006)

3) Eles pilotam nisso:
http://amberie.files.wordpress.com/2006/11/baumholder-stage-map.JPG
(Rally Deutschland, Baumholder, Panzerplatte Stage)

E naum nisso:
http://amberie.files.wordpress.com/2006/11/indianapolis-motor-speedway-sad.gif

4) ùnico esporte que faz com que o piloto ande a mais de 160km/h aki!!!

http://amberie.files.wordpress.com/2006/11/seb-driving-on-edge-of-monte-cliff.jpg

5) Saltos e o Rally Da Finlândia:

http://amberie.files.wordpress.com/2007/04/mikko-finland06yump.jpg

6) Os pilotos facilmente se reunem pra conversar durante um jantar :
http://amberie.files.wordpress.com/2007/04/drivers-lunching.jpg

Worstlap disse...

É... Chocante. Muito triste. Mais um dos grandes nomes desta bela categoria que se vai. Fará falta...

E assim o WRC vai ficando órfão daqueles que protagonizaram o esporte nos últimos anos... Sainz e Makkinen pararam, Gronholm está parando, McRae e Burns se foram...

Uma pena.

[]´s
Kohara

PS. Sem querer ser chato, Ico, uma correçãozinha. A última aparição de McRae no WRC foi substituindo o Seb Loeb (pela Kronos/Citroen), no Rali da Turquia do ano passado. Pela Skoda, ele correu duas etapas (GB e Austrália, quando deu um show e chegou a estar em 2º) em 2005.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Em meio à notícia chocante, bom demais ver que a popularidade do WRC é bem maior do que a gente (e a FIA) imagina.

Grande Kohara, corrigir eventuais erros cometidos por mim aqui nunca é sinal de chatice, mas de que os leitores têm o mesmo gosto que eu por este espaco e gostam de vê-lo da maneira mais perfeita possível, como eu. Obrigado a vc e a todos que já corrigiram infos erradas aqui. A correria incorre no erro de "confiar na memória" e sempre acaba saindo alguma besteira. Ainda bem que eu tenho vocês para ajudar!

Leonardo disse...

Só uma dúvida:

É transmitido alguma coisa da WRC no Brasil?

rubens jr ..::snk::.. disse...

Grande perda para os amantes da velocidade a morte de Colin, considero rally o esporte automobilístico mais difícil pois o guard rail se resume a árvores, pedras e até precipícios, sem falar na incerteza do piso que varia muito de espcecial em especial. Os caras são bons mesmo, andar a 180 por hora nessas condições é realmente incrível.

Aprendi a gostar de rally nas telas do meu PC jogando os jogos do Colin desde as primeiras versões, atualmente estou terminando a 2005 para enfrentar o desafio no fantástico DIRT. Como disse o pessoal da Codemasters ele adorava fazer o jogo se parecer o melhor possível com as corridas.

Acompanho o WRC aqui no Brasil através do canal a cabo ESPN com os comentários do Klever Kolber, cada dia é mostrado num programa de 30 minutos(esta é para o Leonardo) geralmente às sextas, sábado e domingo quando ocorrem as especiais. E uma pena que não vemos muita cobertura desse fantástico esporte aqui no Brasil, a F1 que me perdoe, mas agora prefiro o barro...