segunda-feira, 10 de setembro de 2007

RUMOR DO DIA

A reunião final ocorreu ontem à noite em Monza, envolvendo Bernie Ecclestone, Luca di Montezemolo, Flavio Briatore e Norbert Haug. Oficialmente, foi “para discutir idéias e propostas para o futuro da F-1, relativo a custos e regulamento”. Tá bom, a gente finge que acredita!

Claro que o fato gerou mil especulações. De hoje até quinta-feira, vai ser um festival de rumores a respeito do Conselho Mundial da FIA. O mais saboroso do dia diz que a McLaren seria excluída deste e do próximo Mundial, mas que a Mercedes-Benz compraria as ações de Ron Dennis, se tornaria majoritária e poderia disputar em 2008 como uma nova equipe.

É um mero rumor, mas o que isto mudaria na equipe? Bem, ficaria mais adiposa. No mais, seria a mesma coisa.

7 comentários:

Lucas Carioli disse...

Mas o nome Mclaren sumiria não?

Vasconcelos disse...

É acho que o nome McLaren sumiria. Seria mais ou menos Tem Vodafone Mercedes Benz. Só assim seria uma nova equipe. Apesar que eles poderiam adotar o nome fantasia McLaren para fins comerciais talvez. Mas a equipe McLaren deixaria de existir nos papéis. Seria oficialmente o fim do Time fundado por Bruce Mclaren que depois foi comprado por Ron Dennis e etc, etc etc...
É triste, mas pode ser.

Anônimo disse...

Isso me ocorreu como algo provável antes do julgamento-pizza, e não apenas como forma burlar uma possível punição, mas também pela pela questão da insatisfação da opinião pública alemã em relação ao hino inglês tocado após as vitórias da McLaren (isso foi noticiado pelo Grande Premio após o GP da Malásia).

carlos disse...

onde você viu isso, ico?

Fleetmaster disse...

Isso faz sentido . Algumas peças se encaixam direitinho se pensarmos bem.

Anônimo disse...

Esta hipótese já a tinha lançado eu ontem no blog do capelli. Aliás tenho seguido sempre a mesma fonte neste processo e pelos vistos está pelo menos 1 dia à frente dos outros meios de comunicação.

O mais engraçado é que a Mercedes faz um takeover amigável à equipa e se assim o entender poderá inscrever a equipa com o nome Vodafone McLaren Mercedes na mesma. Oficialmente, a equipa será a Mercedes mas o nome oficial pode ser o mesmo. Tal como a BMW fez com a Sauber...a equipa Sauber acabou em termos historicos mas continua a aparecer nos carros da BMW...

O rumor mais quente do momento é que essa reunião serviu para arranjar um acordo nos bastidores para impedir que se comece a lavar a roupa suja toda em publico. Ron Dennis ameaçou contar tudo o que sabe sobre as "artimanhas" da Renault e Ferrari e pelo que se diz a informação sobre a Renault é tão grave que imediatamente coloca a equipa francesa de fora do campeonato.

Cá para mim, vai acabar tudo em águas de bacalhau como se diz em Portugal. A única coisa que irá acontecer é que a Ferrari vai ser recompensada financeiramente e ambas as partes assinam um acordo no qual são proibidos de usar estas informações no futuro. A McLaren no máximo será penalizada nos construtores, mas pelo que o Ron Dennis deu a entender, mesmo que isso aconteça vai por a boca no trombone.

Na minha opinião, está mesmo na hora de se saber os podres todos. As regras foram feitas para se cumprir não para se quebrar....

granito disse...

Alguém lembra como o dono da Project Four foi parar na F-1? É bom lembrar-se que o Ron Dennis entrou comodono de equipe quando assumiu o patrocínio ( que já era da equipe ) marlboro levando o De Cesaris pra correr um ano lá. Depois passou a perna do italiano e dos antigos donos.
lembram-se daquele velho ditado: aqui se faz , aqui se paga....