sábado, 20 de outubro de 2007

GRID DEFINIDO?

Felipe Massa na pole position, seguido pelos três postulantes ao título, nesta ordem: Lewis Hamilton (107 pontos), Kimi Räikkönen (100) e Fernando Alonso (103). Assim estarão as duas primeiras filas do grid de largada do GP do Brasil de 2007, a prova que decidirá o campeão da temporada.

Ou não? Na coletiva de imprensa após o treino, a temperatura subiu quando a jornalista francesa Anne Giuntin, do jornal L’Equipe, perguntou a Lewis Hamilton se ele achava que atrapalhar Kimi Räikkönen no treino classificatório era uma maneira esportiva de ganhar o título. “Eu fiz o meu melhor para não atrapalhá-lo. Depois até pedi desculpas”. A jornalista contra-atacou. “Você acha que a Fórmula 1 é isto: atrapalha, pede desculpas e está tudo bem?” Hamilton fechou a cara. “Não vou responder sobre isso”. Räikkönen comentou o incidente ocorrido na freada da reta oposta de seu jeito. “Acho que atrapalhou um pouco, mas isto não muda nada”.

Pode mudar se a Ferrari decidir entrar com um protesto. O fato é que a tarde aqui promete. Vou correr para ouvir os personagens e volto depois. Enquanto isso, opine: você viu a manobra e acha que foi proposital (ou, pelo menos, prejudicial)?

8 comentários:

Jader Goergen disse...

Prejudicial? Sim. Proposital: Não. Hamilton briga mesmo é contra o Alonso, Kim é zebra.

Juliano "Kowalski" Barata disse...

Não há dúvidas que Hamilton atrapalhou Raikkonen nos treinos oficiais.

Alonso atrapalhou muito menos o Massa em Monza 2006 e foi punido.

E não há dúvidas de que o inglês não sofrerá nenhuma punição que interfira direta ou indiretamente no resultado da corrida.

adriano disse...

Para o queridinho de eclestone... lewis não haverá nenhuma punição...agora massa que se cuide a pole dele está com segundos contados por ter dado uma volta a mais..

Carlos Botelho disse...

Proposital não sei, mas prejudicial, sem dúvida.

Não acho que Massa será punido, porque quando ele fez a pole ainda tinha direito a uma volta, pois não havia terminado o treino

Vasconcelos disse...

Que atrapalhou deu para ver, o Hamilton dividiu a freiada com Raikkonen. Tanto é que este espalhou na zebra da descida do lago. Mas se tratando de Hamilton, o novo queridinho da F1, não vai acontecer nada. Mas o que vai ter jornalista espanhol querendo morrer na sala de imprensa não tá escrito!!

Herik disse...

Não vi o treino, mas mesmo assim tenho a certeza que o inglês não receberá qualquer punição.
Mas gostei da pergunta da jornalista. Está faltando a turma da impresa colocar mais pressão, ser mais incisivos nas perguntas, sem se levar as questões para a partidarização.

Anônimo disse...

Por muito menos o Alonso foi punido ano passado em Monza.

Wallace Michel

Anônimo disse...

Nunca saberemos se foi proposital. Se fosse Hamilton, confirmaria? Claro que não. O fato que presenciei da arquibancada foi: Hamilton acelerou mais que o normal na saída dos boxes, e não existe hipótese de não ter visto Raikkonen a tempo de diminuir a velocidade, sem atrapalhar o finlandês.

O título do Raikkonen não deixa dúvidas que os "Deuses da F1" agem corrigindo os deslises de seus pilotos.