quarta-feira, 17 de outubro de 2007

MINIATURAS – FERRARI F1-90

A Fórmula 1 voltou a Interlagos em 1990, uma prova vencida por Alain Prost na sua segunda participação pela equipe italiana. A corrida, todos lembram, foi decidida por uma manobra otimista de Ayrton Senna sobre o retardatário Satoru Nakajima. Os dois se chocaram, o brasileiro parou nos boxes e entregou a vitória de bandeja ao rival. Foi o sexto e último triunfo de Prost no País. Agora, alguém se lembra do barulho sensacional daquele V12? A miniatura foi enviada pelo César Pedrini.

5 comentários:

Milton M. Bonani disse...

Ná época teve um jornalista que escrevia na Folha de S. Paulo - se não me engano era o Mario Andrade e Silva - que jurou que o Prost passaria o Senna, mesmo que não houvesse o acidente. Segundo ele, "Le Professeur" vinha tirando a diferença do Senna muito rapidamente. Esse fato talvez possa justificar a afobação do Senna em passar o Nakajima que, cá entre nós, claramente não viu o Senna alí.

Edson Framil disse...

eu acho esse v12 da ferrari de 1990-1991 e o de 1995 os roncos mais bonitos que eu ja ouvi

TP disse...

Ronco mais bonito que o Matra não teve...

Anônimo disse...

Realmente era lindo, uma sinfonia, quando reacelerava na entrada da reta tremia tudo, mas outro v12 que roncava bonito e gostava muito e muitas vezes é esquecido pela galera, era o Lamborghini v12.
Me lembro de ter ido a Jacarepaguá acho que no iniciozinho de 89 e o Phillipe Alliot estar testando o Chassi Lola do ano passado com o motor Lamborghini, uma delícia de se ver e principalmente escutar.

abs

Filipe W

Anônimo disse...

Com certeza um dos barulhos mais bonitos da historia da F1, sem esquecer dos lamborghinis, mas o que mais me marcou, eram os pilotos da ferrari telegrafando no acelerador no "S" do Senna

Sergio