terça-feira, 30 de outubro de 2007

MINIATURAS – FERRARI F2001

O Alexandre Ribeiro (que também tem um blog) não se contenta em comprar as miniaturas – ele gosta de dar uma cara especial a elas. Nesta F2001, ele retirou os decalques com os patrocinadores, pegou tinta e pincel e a deixou na configuração utilizada no GP da Itália de 2001. O resultado, vocês podem conferir, ficou excelente (clique na imagem para ampliar).

Aquela corrida foi disputada ainda sob o impacto dos acontecimentos do dia 11 de setembro, e a equipe italiana, patrocinada pela Philip Morris, utilizou um bico de carro preto em sinal de luto. Michael Schumacher, já campeão, estava mais agitado do que nunca, teve um fim de semana irreconhecível e chegou em quarto lugar. Disseram na época que ele havia jurado que não subiria ao pódio, pois não estava com espírito para a cerimônia. A prova marcou também a primeira das sete vitórias de Juan Pablo Montoya na F-1.

10 comentários:

Garcia disse...

Poxa... sensacional... aquele foi um final de semana tocante!!!

Estávamos todos chocados com os acontecimentos e, como fã de Fórmula-1, me senti ainda mais estranho com aquele final de semana... com o clima que se instalou na Fórmula-1.

De qualquer forma, por motivos positivos ou negativos algumas coisas entram para a história e esse carro sem dúvida alguma tem seu espaço. Tenho fotos de jornal dessa corrida que não irei me desfazer jamais... estão junto com os jornais do dia 12 de setembro!!!

Capelli disse...

Pois é, Chitão... essa corrida foi marcada por um clima pesadíssimo. Não bastasse o choque pelos atentados, Zanardi tinha sofrido aquele acidente terrível no dia anterior e ainda corria risco de vida naquele domingo.

Ainda sinto uma sensação ruim quando vejo este carro.

Herik disse...

Aqueles dias foram realmente muito estranhos.
Não havia o menor clima para uma corrida de F1, mas mesmo assim foram os carros para a pista a garantir os milhões de dólares daquela patota. Pelo menos a Ferrari teve uma atitude dígna de ocultar um pouco o lado comercial da F1 ao aplicar essa pintura em seus carros.
A corrida quase teve a vitória de Barrichello, que a perdeu, pelo que me lembro, por causa de um pit stop atrapalhado.
Mas o pior de tudo foi aquele acidente do Zanardi. Acho que Schumacher estava com um misto de tristesa e medo de ir para a pista. Faram muitos acontecimentos trágicos em pouco tempo.

Capelli disse...

Isso mesmo, Herik. Antes da corrida, no briefing, Schumacher chegou a propor um pacto de não-ultrapassagem na primeira volta, pois estava com medo de um acidente grave. Lembrando que era a primeira corrida com a nova variante no final da reta.

Villeneuve e Montoya não aceitaram o acordo e o clima ficou ainda mais pesado. Antes da largada, o alemão passou de carro em carro e disse para seus colegas: "Quero ver todos vocês vivos no final da corrida".

Como dizem os cariocas: sinistro.

Garcia disse...

O automobilismo trabalha com todo tipo de emoções. Desde a mais pura concentração até a maior das emoções, visto que cada vitória deve ter um sabor especial de explosão.

As altíssimas velocidades que fazem o cérebro colar na caixa craniana também devem ter papel fundamental nisso. E bem lembrado foi o acidente do Zanardi, que aumentou ainda mais o medo.

É como andar de avião um dia após um desastre como, por exemplo, os da TAM e GOL que aconteceram recentemente. Você sabe que está em um meio de transporte dos mais seguros do mundo, mas bate uma insegurança que já existe até mesmo em tempos normais...

Fleetmaster disse...

Lembro deste clima sim. MAs a miniatura é show de bola não acham ?????

Anônimo disse...

Na verdade Michael Schumacher não queria disputar a corrida e as corridas restantes do campeonato em função do atentado de 11 de Setembro. Lembrando que o piloto alemão decidiu o Campeonato em Agosto na Hungria de 2001.
Como disse o seu irmão Ralf Schumacher em Monza, na Itália:
- "De todas as pessoas, só faltou a palavra do meu irmão".

Alexandre Ribeiro disse...

Caro Ico:
Obrigado pela publicação da miniatura.Estava com saudades de ver uma de minhas preciosidades aqui.Recebeu as fotos da 250F que vc havia me pedido?
Valeu.
ABS.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Recebidas, Alexandre, obrigado mais uma vez. Vou publicá-las em breve.
Abs!

Natal Antonini disse...

É por isso que a Ferrari é a Ferrari e as outras são as outras, afinal qual é a única equipe que ainda corre com a cor oficial do seu país nos carros? Qual é a única equipe que correu todos mundiais independente dos resultados? Qual... bom, deixa assim, vocês sabem...

Abraços,
Natal Antonini.