terça-feira, 6 de novembro de 2007

FORMULA DÉ

O “teaser” do post de ontem foi só mesmo para aferir se alguém mais já tinha jogado o Formula Dé. O jogo foi criado por uma editora francesa – daí o nome, “Fórmula Dado” – e é, sem dúvida, a melhor tradução já feita da Fórmula 1 para o tabuleiro. Como muitos de vocês, já joguei o RPM da Grow e também o jogo de vetores (o que tinha uma régua especial – é esse?), que se chamava “Grand Prix” e era produzido quase que artesanalmente por um cara da cidade de Tatuí. Até hoje, tenho o cadernão com as pistas, mas perdi a tal da régua...

A grande sacada do Formula Dé foi a de criar uma “pilotagem” do carro através dos dados. São seis diferentes (não apenas nos números, mas nas formas e no número de faces), um para cada marcha. Calcular a marcha ideal para entrar e sair de cada curva é um desafio parecido ao da vida real. Há também um sem número de outras variantes deliciosas – como o desgaste do carro, o uso de vácuo, o risco de colisão, o uso de diferentes tipos de pneus, pit-stops e influência das condições climáticas. O jogo é tão inteligente que cativa mesmo quem não gosta da Fórmula 1. No último feriado chuvoso, minha família inteira se reuniu para uma série incrível de disputas, incluindo aquelas cunhadas que não vêem o menor sentido em corridas de automóveis.

Ah! E além das duas pistas que vêm no jogo original (Mônaco e Zandvoort), existem outras 35(!!!) que podem ser compradas à parte (sempre em duplas).

Como eu sei que a maioria de vocês é louca por corridas, eu mais que recomendo a compra deste jogo. Existem edições em inglês (EUA e Inglaterra), alemão e francês – e é claro que é importante você ter um bom domínio de alguma destas línguas para entender as regras. Uma busca pela Internet, especialmente nos eBays da vida, basta para encontrar boas ofertas.

Quem quiser travar um primeiro contato com o jogo e ir se habituando às regras, pode jogar uma versão eletrônica do jogo, encontrada neste site. É ótimo para se divertir, mas já aviso que o programa costuma dar umas travadinhas. De qualquer forma, é sempre melhor jogar com pessoas de carne e osso, ao vivo, do que contra o computador. Não acham?

4 comentários:

Renato disse...

Vou dar uma conferida se esse jogo tem no Bar Ludos, em São Paulo. É um bar onde o pessoal paga um x e pode jogar muitos jogos (sejam eles nacionais e/ou importados) e ainda toma umas brejinhas!

Victor disse...

Ico, aconteceu um erro na digitação do site, e o certo seria esse: http://formulapc.malagraphixia.com/Formula_PC.htm

No mais achei bem interessante, e assim que tiver tempo vou jogar online para ver se gosto!

Aline disse...

Nossa, fiquei fascinada... Eu não consigo parar de jogar Copa Pistão e já estou até inventando cartas novas, esse jogo então vai virar um vício brabo!

P.S - não riam da copa pistão, eu tenho uma filha de 7 anos :D

Leonardo disse...

Orra, pela descrição se parece MUITO com o jogo que eu tenho. Se alguém tiver interesse e caso ainda esteja a venda (o meu jogo deve ter uns 10 anos de idade), se chama "Ayrton Senna - King of Monaco", mas só tem a pista em questão mesmo.