terça-feira, 22 de abril de 2008

FOTO DO DIA – GP DA ESPANHA DE 1975

Dois campeões mundiais e dois que se tornariam depois lideraram o protesto dos pilotos contra as péssimas condições de segurança no circuito de Montjuic. Na sexta-feira, apenas dois carros treinaram: Jacky Ickx, que não era membro da GPDA, e Vittorio Brambilla. Enquanto isso, a imprensa cercou o motorhome da McLaren e ouviu uma análise profética de Jody Scheckter. “Se houver um acidente, ele envolverá espectadores. É claro que eu quero correr, mas não acho que deveríamos correr. Nãosegurança. espero que não sejamos forçados a correr contra nossa própria vontade por pressões exteriores. Se o fizermos, e alguém morrer, teremos de nos sentar no fim do dia e admitir que tudo não valeu a pena”.

As pressões vieram: dos organizadores nas equipes, das equipes nos pilotos. Apenas Emerson Fittipaldi, que era o líder do Mundial, foi firme, dando apenas uma volta no treino e não largando no domingo. Seu irmão Wilsinho e também Arturo Merzario deram apenas uma volta na corrida e abandonaram em protesto. A tragédia anunciada aconteceu na 25ª volta, quando uma asa se quebrou no carro do alemão Rolf Stommelen, que liderava a prova, e o bólido voou em direção ao público. Três fiscais e um fotógrafo morreram na hora, o piloto quebrou perna, pulso e duas costelas. Não é difícil imaginar a dimensão do que poderia ter acontecido se o carro tivesse pegado fogo, algo corriqueiro na época.

2 comentários:

Anônimo disse...

Ótimo post, Ico, recupera bem esse evento bastante especial na história da F1. Não conhecia a foto nem a impressionante declaração do Sheckter, apesar de ter acompanhado pelo jornal e TV toda a situação na época. Lembro de ter visto uma outra foto também interessante, acho que foi na Autosprint que relatava o GP, Emerson e Wilsinho discutindo energicamente com ninguém menos que Ecclestone e Mosley, os pilotos prestes a fechar a porta na cara dos então chefes de equipe, porta de uma sala onde havia uma reunião dos pilotos.
Parabéns pelo post.

do Amaral

raul disse...

parabens ao emerson pela postura...

qdo o senna morreu, a corrida continuo, lembram? Isto foi feio, Lembro que um piloto se recusou a correr, era o presidente da GPDA na época eu acho, nao lembro o nome...


Montjuic é uma pista linda num lugar lindo, mas deve ficar cerrada aos simuladores, pelo bem de todos!