quinta-feira, 24 de julho de 2008

CENTENÁRIO DO AUTOMOBILISMO NO BRASIL

É isso mesmo: depois de amanhã, a primeira corrida disputada em solo brasileiro completa cem anos de idade. Foi uma prova contra o relógio, com os competidores partindo a cada cinco minutos de dentro do Parque Antárticahoje conhecido como Estádio do Palmeiras, mas que na época pertencia ao Germânia. O traçado, batizado comoCircuito de Itapecerica”, cruzava uma série de ruas conhecidas de São Paulo. E, motivo de orgulho total, passava na esquina de onde eu cresci, na rua Cardoso de Almeida (veja o traçado na imagem abaixo). O vencedor foi Sílvio Álvares Penteado, com um Fiat, completando o trajeto de 75 quilômetros de extensão em 1h30min05s, uma média de 50 km/h – bem mais veloz do que a necessária para fazer o mesmo trajeto hoje em dia em meio ao insano trânsito paulistano, diga-se. Mais detalhes sobre a prova você também no obrigatório Pandini GP, o primeiro a destacar a data.

Vale registrar também a dica dada pelo colega Paulo Peralta: dia 27, domingo de manhã, haverá um passeio em homenagem ao centenário, com partida no mesmo Parque Antarctica às 9 horas e chegada no Pacaembú (Praça Charles Miller), passando antes pelas Avenidas Brasil, Brigadeiro Luiz Antônio e Paulista. Uma turma de primeira que ajudou a escrever uma parte importante da história deste centenário vai estar : Bird Clemente, Jan Balder, Emílio Zambello, Luiz Pereira Bueno, Toni Bianco, Luiz Evandro Águia, José Tôco Martins, Marinho, Crispim, Chico Lameirão, Anísio Campos e Roberto Dal Pont, entre outros. Fica a dica de um passeio bacana para um domingão. Se eu estivesse em São Paulo, não perderia esta de jeito nenhum.

2 comentários:

De Gennaro Motors disse...

olá amigo, Muito legal !!! vamos comemorar !! veja as novidades do blog: www.degennaromotoros.blogspot.com

Bruno Vicaria disse...

Parabéns ao Parque Antártica!