terça-feira, 29 de julho de 2008

TV BLOGO – FIO-TERRA


O Gustavo Coelho, do Blog F1 Grand Prix, deu a dica e colocou no ar o vídeo do choque sofrido pelo mecânico da BMW no teste com o KERS em Jerez. Para mim, fica claro que o sujeito funcionou como uma espécie de fio-terra e canalizou a eletricidade que, de alguma forma, estava circulando pela carenagem do carro.

Sem demagogias, acho boa a idéia da Fórmula 1 buscar uma maneira de recuperar a energia desprendida das freadas para reutilização. Assim, a categoria reforça seu trabalho de laboratório de pesquisas para a indústria automobilística e, quem sabe, encontra uma solução válida para a crise energética. Mas me parece uma sandice implementar este sistema já no ano que vem. Vamos ver o que o povo vai dizer lá na Hungria sobre o assunto.

Valeu, Gustavo!

4 comentários:

Blog F1 Grand Prix disse...

Valeu pela referência, Ico! Também acho que é meio impossível implantar o KERS já em 2009. Vamos esperar para ver...

Grande abraço!

Gustavo Coelho

marconi disse...

A idéia é boa. Mas acho que há coisas mais importantes na F1 para se trabalhar no momento, como as ultrapassagens que desapareceram na F1. Resolvendo esse problema "básico", aí sim, eles poderam trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias como o KERS.

Leonardo disse...

Eu acho q o KERS vai totalmente contra o que a F1 esta propondo atualmente, que é uma diminuição de custos visando igualdade das equipes... O KERS ainda é algo meio impossivel de ser implementado e altamente inviável financeiramente...
Eu não gostaria de ver o KERS se tornar realidade....

Leonardo disse...

Só para constar: fibra de carbono acumula muita eletricidade estática em atrito com o ar, como se fosse um pente no cabelo...

Descobri isso porque não podia usar fibra de carbono pra construir as asas de um avião. Senão, ia correr o risco de dar pau nas transmissões de rádio por interferência.