quinta-feira, 23 de outubro de 2008

TRISTE HISTÓRIA DE AMOR

Um casal gay tem uma discussão em uma festa. O parceiro mais velho deixa o local e se dirige a um conhecido bar GLS da região, onde fica cerca de uma hora consumindo quantidades industriais de álcool na companhia de outro garoto. Completamente alcoolizado, pega o carro para ir para casa, exagera na velocidade e sofre um acidente brutal, morrendo na hora.

Seria apenas uma história de amor com um trágico final, mas o roteiro ganhou uma projeção enorme por conta de seus personagens. O falecido é Jörg Haider, 58 anos, casado, pai de família e governador do estado da Caríntia, no sul da Áustria. É também um líder de extrema-direita, que atuou ativamente contra algumas leis boas para a comunidade homossexual do país.

O parceiro é Stefan Petzner, 27 anos de idade, que teve uma subida meteórica dentro do partido de Haider, o BZÖ: de mero delegado de imprensa, virou uma liderança importante e é atualmente o chefe da agremiação. Depois do acidente fatal, Petzner deu entrevistas emocionadas e, no último domingo, escancarou a relação com Haider em um programa de rádio.

A repercussão de tudo? O povo acha graça e vê confirmado um rumor que circula há tempos. Mas ninguém condena a opção sexual dos políticos. Só o próprio partido anda chateado com o suposto dano que o caso está criando e busca um meio de isolar Petzner politicamente.

Como no caso de Max Mosley, acho que o que se faz entre quatro paredes é problema de cada um. Só o que me assusta são os ideais atrasados, xenófobos e destrutivos que este grupo defende. A Áustria é um país pequeno, pacato e com um povo tranqüilo e hospitaleiro. Mas que tem uma propensão para abrigar tipos estranhos (taí o senhor Josef Fritzl que não me deixa mentir). Pena que Freud, que não por acaso era austríaco, não esteja mais aí para explicar.

7 comentários:

Ron Groo disse...

A parte que mais me espantou, até porque eu não sabia, é que Haider era homossexual.
Como dirigente de um partido de extrema-direita, que foi até temido como um 'novo Hitler' tempos atrás, fosse homofóbico. Como quase toda a direita é. Ou parece ser...
Quanto ao que ele fazia ou deixava de fazer entre 4 paredes, realmente. Não importa a ninguém que não ele.

cainan disse...

pelo menos lá assumem. porque o tal kassab não faz o mesmo?

Speeder_76 disse...

Cómico, se não fosse trágico. Por aqui, caro Ico, temos um senhor. Paulo Portas de seu nome, que é membro de um partido democrata-cristão, que com 45 anos anos ainda não é casado, e já foi Misistro da Defesa, que desde há anos a esta parte circulam rumores desse tipo.


De facto, o que acontece dentro de quatro paredes não interessa a ninguém. Todos nós temos os nossos esqueletos no armário (os meus não passam por aí), mas o que me revolta é a hipocrisia desse tipo de pessoas: defendem uma coisa, e depois praticam outra.

Speeder_76 disse...

Ah, falaste no Fritzl, não te esqueças do Prinkopl, o tipo que sequestrou a Natascha Kampusch durante oito anos.

r/t disse...

Aliás, tipica hipocrisia que é a marca da direita e extrema direita em qualquer canto do mundo, não me espanta nem um pouco, condenam o que eles próprios fazem, "faça o que digo, não o que faço"

Qualquer semelhança com os partidarios de direita no BR é mera coincidencia

Fábio disse...

Perdão por mudar de assunto, mas não dá para deixar isso passar:

Ico, que negócio é esse que o Lance publicou dia 23/10?

http://msn.lancenet.com.br/especiais/FORMULA-1/noticias/08-10-23/413269.stm?ferrari-teria-ameacado-barrichello-em-2002

Isso não é para ser levado a sério, né?
Os caras amarraram a mãe do Barrichello??????
Me diz que é para rir. Por favor.

Carlos Botelho disse...

Muito bom o texto, Ico. Escreva mais sobre outros temas. Concordo com a maioria do pessoal que comentou antes; o que cada um faz da própria vida não diz respeito à ninguém, desde que não prejudique os outros. Apenas condeno o ato de condenar o que se pratica.
Tomei a liberdade de reproduzir seu texto no blog que mantenho com minha esposa, sobre animais (afinal de contas, não é o que todos somos?), devidamente creditado e com link. Caso queira conferir, o endereço é esse: http://ajudeosbichos.blogspot.com/
Parabéns mais uma vez pelo texto