sábado, 1 de novembro de 2008

INTERLAGOS – SÁBADO

Um dia de arrepiar em Interlagos. Vocês, torcedores brasileiros, conseguem fazer uma festa indescritível, que não se em nenhum outro circuito da temporada. Com um brasileiro na briga pelo título, ainda, foi de encher os olhos. Meus colegas jornalistas de outros países, mesmo os com várias temporadas de experiência, vieram comentar da energia que emanava das tribunas ao final do treino de classificação.


Hoje também trabalhei pela primeira vez com o som da rádio ao vivo no sistema de som do autódromo. Na minha primeira entrada, de manhã, a voz chegou a tremer, é uma sensação maluca você falar, ouvir o retorno do fone e um maior ainda ecoando em todo o circuito. Mas depois, deu gosto. Quem estava , gostou também?

Quanto à disputa pelo título, o clima de “tá mole pro Hamilton” mudou completamente depois da classificação – e digo isso medindo as reações dos jornalistas europeus. As chances de Massa aumentaram, mas a provável chance de chuva pode abrir margem para mais um show – e um título também merecido – do inglês. De qualquer maneira, ainda mais depois de hoje, o brasileiro vai terminar o ano como um dos grandes vitoriosos da temporada. Aconteça o que acontecer.

11 comentários:

Leonardo disse...

Haha, hoje eu tava lá, os caras narrando e tal e de repente ouço algo do tipo "vou passar agora pro Luis Fernando Ramos". Bom trabalho, eu nem cheguei a reparar qualquer sinal de nervosismo.

Uma coisa que achei fantástica hoje foram as vaias que o Hamilton recebia toda vez que aparecia no telão. Até que uma hora ele olha no monitor e vê que quem tá lá... é ele mesmo!! A reação dele, primeiro com cara de bunda e depois com um sorrisinho maroto foi fantástica!

Foi demais hoje, pena que só consegui ingressos para sábado. Bem, vou depender MAIS AINDA de você então Ico!

Anônimo disse...

Vejo o Felipe campeão com o seguinte quadro:

1- Na largada, Massa ou Trulli nas duas primeiras posições. E Raikonnen em terceiro (obrigatoriamente)

2- Raikonnen anda num ritmo fraco, segurando todo mundo em comboio atras.
Enquanto isso, Massa e Trulli (ou vice versa) abrem vantagem suficiente p/ quando o Trulli parar (ele ta com pouca gasolina), volte em segundo. Mesmo que o Felipe não esteja na ponta, irá recupera-la porque irá ficar mais na pista. A peça chave aqui é o Trulli.

3- Como todo mundo estará em "trenzinho", quem optou por um so pit stop levará vantagem. Hamilton deve ir pra duas paradas.
Sem contar Alonso vai vir babando que nem louco pra cima do Hamilton.

4- Se alguem conseguir passar o Hamilton, o Raikonnen poderia abrir p/ este passa-lo tambem e ir embora. Neste caso, Hamilton já será quinto.

5- Quando Raikonnen parar, poderá imprimir um ritmo de corrida bom duas voltas antes. O suficiente para quando voltar, ficar na frente do Hamilton, que alem disso, nao poderá forçar mto, ja que o motor é de segunda corrida. E neste caso, prevalecerá quem optou por fazer uma parada só. Já que tanto estes que pararam uma vez quanto Raikonnen e Hamilton tambem pararão outra vez.

Ou seja, resumindo: Raikonnen pode ser o fator chave pro possivel titulo do Massa.
Ja que nestas condições, Hamilton se sentiria mais pressionado ainda e todos sabemos que nestas situações ele não usa o cerebro (pra nao dizer outra coisa).

Uma vez, no GP Japão de 1997, o Villeneuve fez isso (diminuiu o ritmo p/ tentar bloquear o Schumacher). Vejam o video: http://www.youtube.com/watch?v=hoGrjMdi1y0
O irvine, até passou os dois.... e foi embora. Ou seja, quero dizer que.... é possivel!

Abraços
Rodrigo Mendes - SP/SP

Ajzas disse...

Felipe Massa cumpriu, mais do nunca, brilhantemente o seu papel. O Brasileiro superou a todos e a si mesmo com uma pilotagem perfeita, sem erros, mesmo fazendo o 'temporal' que fez na cronometragem.

Eu já disse em outro Blog e vou repetir aqui, para que juntos tentemos o título:

"O BRASIL É FORTE, FELIPE MASSA É FORTE E A TORCIDA É FORTE".

VAMOS LÁ MINHA GENTE !

Marcelonso disse...

Salve Ico,

Parabéns pelo seu brilhante trabalho na Band,sua cobertura,entrevistas e opiniões são sempre muito bem pautadas,camarada você merece se destacar pela sua capacidade e competencia.

Agora por falar em Brasil,esse país é unico meu amigo,essa energia que rolou estava guardada desde 1993,quando Senna venceu sua última em casa,e o mais bacana disso tudo é a capacidade de Felipe de relacionar com essa massa,coisa que Barrichello infelizmente nunca conseguiu desse modo.

Como todo brasileiro,meu palpite é que Massa vence com o pé nas costas,e vai ser campeão,ao menos é o que gostariamos,se não der não tem problema,mas vai dar sim.

um dia desses ,quando vc tiver um tempinho da uma passada lá no meu
www.blogdomarcelof1.blogspot.com

abraço

Edivaldo disse...

Hoje a torcida fez o diferencial, lotou as arquibancadas e vibrou demais com o Massa e infernizou o Hamilton.
Quanto ao campeonato, Hamilton esta confortável em 4º no grid e protegido por Kovalainen, onde a estratégia do reabastecimento, penso que ele entra no pit 2 voltas depois de Massa, e mesmo voltando atras de Kovalainen o campeonato está no papo.
Para Massa o importante é largar bem tomar cuidado com o Trulli e ganhar a corrida em casa coroando o ano espetacular que teve e curtir muito este momento

Luiz G disse...

Se Hamilton for o campeão, não será Massa o derrotado, mas a Ferrari.

Massa fez um trabalho excelente neste ano e a equipe causou mais problmeas do que o piloto, logo, sua parte foi feita e não há um que não perceba isso.
Como eu acredito que o mais importante é ser reconhecido pelo bom trabalho e se manter competitivo, Massa já sai vencedor.

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=vTZEmQnWUS4&eurl=http://lajedeimprensa.zip.net/

vídeo no site do bruno vicaria. bem legal, mostrando o espírito da torcida hehehe

Caio

Leonardo disse...

Ico, por acaso você estava no caminhão que desfila com os pilotos? Acho que vi na TV!!!!

Mas é um papagaio de pirata mesmo... hahaha

Celso Vedovato disse...

Fim da Corrida:
Incrível. Incrível corrida, incrível, decisão, incríveis vencedores.
Declaração do Massa no final:
“Precisamos ficar orgulhosos de nosso trabalho, de nossa corrida, e de nosso campeonato. Sei como vencer, sei como perder, é um dia a mais na minha vida. É assim que as coisas acontecem.”
INCRÍVEL SER HUMANO; PARABÉNS MASSA. NASCE UM VERDADEIRO UM ÍDOLO.

Anônimo disse...

Oi, esta corrida ficara na estoria do formula 1. Deus foi brasileiro e protegeu o Massa, mas se algum dos esculdeiros dele (Fernado Alonso, Kimi) estivesse na posicao do Timo Glock nao sei talvez o resultado seria outro. Um abraco, Luciana

Daniel Médici disse...

A reportagem da rádio no autódromo foi ótima. Pela reação que eu vi nas arquibancadas, só quando escapavam algumas obviedades (ex: "O Hamilton é aquele piloto de capacete amarelo no carro prateado") havia reclamação.

A piada de hoje (domingo) foi que, em um momento da manhã, o rádio ficou aberto em uma conversa particular da equipe de jornalismo. E o Celso Miranda solta: "Fulano, pára de dizer sempre que você está no Setor M, senão vai dar a impressão de que você não sai do lugar".

O setor inteiro caiu na gargalhada!