sexta-feira, 7 de novembro de 2008

UM HOMEM DE VISÃO

Confesso que achava o senhor Vijay Mallya mais uma daquelas excentricidades que volta e meia aparecem na Fórmula 1, um Lord Hesketh ou um Alex Shnaider na versão hindu. Ele participou de algumas coletivas oficiais da FIA neste ano e sempre me passou uma impressão meio teatral, com óculos escuros em uma sala fechada, a voz grave e empostada opinando sobre a categoria.

Hoje, percebo que não atentei à seriedade de seu discurso. Mallya afastou da equipe Colin Kolles e Mike Gascoyne, dois “caciques” que passaram o ano numa briga silenciosa nos bastidores, um querendo sabotar o outro e, no fundo, sabotando o próprio time. Que um dançaria, era óbvio, mas o chefão tomou mesmo a melhor postura e mandou os dois catarem coquinhos em outra praia, assumindo ele mesmo o comando de tudo. Decisão corretíssima. Na segunda-feira, ele promete anunciar novos chefes na parte técnica. Será que vem gente da McLaren no pacote? A conferir. Certo mesmo é que a equipe tende a crescer rapidamente. Porque o dono não está para brincadeira.

12 comentários:

Marco A. disse...

Esta noticia da Autosport (uma revista de automobilismo portuguesa) parece revelar um pouco daquilo que vai acontecer na Force India, aqui fica o link:

http://autosport.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/61291

Ron Groo disse...

Tem um velho ditado interiorano que diz: "-Os olhos do dono engordam os porcos."
aplausos para o senhor Malya.

Capelli disse...

Achei o Vijay Mallya bastante sério quando, no começo do ano, abriu mão de um piloto pagante como Christijan Albers ou Sakon Yamamoto para contratar um piloto experiente como o Fisichella, pagando salário.

Com isso, ficou claro que a preocupação dele era em fazer a equipe se desenvolver, em vez de apenas catar patrocínios que bancassem o time e protagonizar papelões como fizeram Spyker e Midland.

O indiano não é bobo...

Anônimo disse...

Leandro dos Santos

Mas Ico, o Mike Gascoyne não é um "fera" como projetista? Será que não fará falta à equipe?
O cara até pouco tempo era considerado um gênio na cetegoria, porém não consegue se firmar em nenhuma equipe. Em virtude disso, acaba não desenvolvendo nenhum dos seus projetos a médio/longo prazo. Acho que é um desperdício de talento nenhuma equipe aproveitá-lo. Bem que ele poderia ir para a Willians dar uma levantada na equipe.
Qual tua opinião acerca do Mike Gascoyne? Existe alguma perspectiva para o futuro dele?
Valeu!

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Leandro, o Mike é tido como um dos maiores enganadores do paddock - pelo que muita gente diferente me diz. Sempre aparece montado na sua fama, cobra um salário gigantesco e fica posando de chefe. Quem trabalha com ele, o detesta. É por isso que ele não dura muito nas equipes. Talvez a Force India tenha sido sua última parada na F-1.

Abs

Anônimo disse...

Leandro, o Gascoyne pode até ser um bom projetista, mas deve fazer um inferno nos bastidores. Lembra da forma como foi chutado da Toyota? No dia do anúncio da dispensa um dos chefões da equipe (não me recordo o nome) declarou que "agora sim a equipe está pronta para crescer".

Boa pessoa o cara não deve ser.

Vitor, o de Recife

Anônimo disse...

Leandro dos Santos

É, agora começo a pensar que o Gascoyne é um enganador mesmo...mas daí lembro do excelente trabalho que ele fez na Jordan, projentando bons carros, que até disputaram o título...ou mesmo quando ressucitou a Benetton, para em seguida virar Renault...
Porém, quanto ao seu gênio difícil, já não tenho mais dúvidas...por todas equipes pelas quais passou, saiu sob esse mesmo argumento...

Valeu Ico!

Hugo Becker disse...

É engraçado como um homem de visão, sozinho, consegue inspirar melhores perspectivas do que um grupo de dirigentes de uma montadora tradicional - me refiro, aqui, à Honda.

Não vou me surpreender se a FI iniciar em 2009 um bom salto de rendimento. Também não vou me surpreender se a Honda virar, definitivamente, o pior carro do grid.

Só espero que o Bruno Senna gaste 6 milhões a mais e se mande para a Toro Rosso...

Paulo Coruja disse...

Além dos porcos, as vacas também, já qu são sagradas por lá. Não me surpreenderia se em pouco tempo, ele acabará se tornando um novo "Briatore".

Smirkoff disse...

Quanto ao dr. Kolles, acho que deve se dedicar à GP2, não é? É um intriguento de caráter suspeito, mas soube se manter na F1 por mais tempo do que eu esperava. Quando ele surgiu como o homem de confiança do Alex Shnaider, a imprensa inglesa pegou pesado e sujo, se aproveitando do fato dele ser um dentista romeno gorducho que posa de chefe de equipe inglês. Mas passou o Shnaider, passaram os Spyker e o dr. Kolles completou quatro temporadas chefiando equipes de F1. Ou seja, no "Clube das Piranhas" ele já tem carteirinha...

Anônimo disse...

O problema da honda é um: Nick Fry

depois d acabar com a Super-aguri e com a carreira do Barrica, ele vai detonar a honda. Vão ter q chamar o Kingfisher para desinfetar os nipônicos.....

Felipe Playmobil disse...

- Torço pro crescimento da Force India e de outras equipes, como a honda (contando que eliminem Nick Fry)...

Queria ver a F1 mais equilibrada.