terça-feira, 16 de dezembro de 2008

FOTO DO DIA – SPIRIT HONDA 201C

A Honda voltou à Fórmula 1 uma década e meia depois de sua primeira saída. E como fornecedora de motores da pequena equipe Spirit, com quem mantinha estreita cooperação desde 1981, com um motor para um carro de F-2. A reestréia aconteceu no GP da Inglaterra com o carro acima (embora com uma pintura diferente, predominantemente branca), o Spirit 201C, equipado com o motor RA163E, um V6. Foi uma maneira da marca japonesa de voltar de forma low profile. O melhor resultado foi um sétimo lugar no GP da Holanda, posição que não dava pontos na época. Mas o primeiro passo estava dado e a ascensão dos propulsores japoneses ao topo seria devastadora. Clique para ampliar!

4 comentários:

Anônimo disse...

O Spirit 201C foi projetado por Gordon Coppuck que teve seu auge no M23 da Mclaren nos anos 70 além dos indycars da marca que também foram vencedores.

Pelo jeito nos anos 80 Coppuck estava ultrapassado ,pelo menos o fracasso do Sprit não pode ser só culpa do projetista que teve que adaptar o chassi de F2 para receber o motor V6 turbo ,o cockpit é exatamente o mesmo ,ainda em aluminio ,a unica diferença está no tanque de combustivel que foi aumentado e nas laterais ,pois o Spirit original de F2 tinha dispositivos para efeito solo.

Jonny'O

Luis Orsolon disse...

Teve um lance de a Honda passar 99 projetando e treinando e aperfeiçoando para entrar em 2000 na F-1 mas de última hora desistiu ou é lenda?

Abraços

Jorge Ortiz disse...

Tem mais fotos?

Abraços

Jorge

Speeder_76 disse...

Luis:

De facto, isso aconteceu. O projecto foi entregue ao Harvey Postletwhaithe, e tinha Jos Verstappen como "tester". Infelizmente, ele morreu duetante uma sessão de testes em Barcelona, em Abril de 1999, e o projecto foi cancelado.