segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

“NÃO SEI NEM COMO VENCER”

De volta pro meu aconchego, deu tempo para dar uma folheada no material da imprensa de língua alemã sobre o GP do Brasil, colhido pacientemente pela minha gatinha na minha ausência. O que mais me chamou a atenção foi a óbvia desaprovação por parte dos torcedores a mais uma demonstração de desequilíbrio de Norbert Haug. Enquanto Massa reconhecia a perda do título com a grandeza de um monarca, o chefe esportivo da Mercedes-Benz choramingava aos microfones da tevê ao ser perguntado da ultrapassagem de Vettel sobre Hamilton a duas voltas do fim. “Não temos ninguém que nos ajude. Nem mesmo nossos amigos alemães”.

Claro, no raciocínio do cérebro adiposo de Haug, Vettel é um herege por ousar colocar em risco um título de sua marca e dar a conquista de presente para aquele timeco italiano e seu pilotinho brasileiro. Pelo menos, nos poupou do ridículo de elogiar Timo Glock pelos “serviços prestados à pátria”.

Mau Sapão, mau Sapão...

6 comentários:

Luiz G disse...

Ué? O Vettel usa (usava) motores Ferrari...Não se pode confundir amizade com negócios.

E na F1, o sentimento de amizade é a pior das heresias.

Smirkoff disse...

Interessante... já li vários alemães em listas de discussão reclamarem de uma "insuportável arrogância" de Herr Haug. Alguns não conseguem ver corridas de DTM porque ele é inevitavelmente entrevistado no começo ou no final. Pelo jeito ele se acha um Neubauer, até pela banha acumulada...

Anônimo disse...

Que cachaço!!!!

Daniel Médici disse...

Começo a entender por que, em 15 anos de parceria com a McLaren, a Mercedes só conseguiu ganhar três campeonatos de piloto e um de construtores.

Capelli disse...

"cérebro adiposo" foi espetacular!! :D

Grande Ico!

Anônimo disse...

Esse pessoal esquece que na pista tem disputa, e que o Vettel é um excelente piloto. Ele ultrapassou Hamilton por que ele vuiu que tinha condições. E se o Glock não estivesse com "sabão" nas rodas, o Massa teria sido campeão. Aí eu queria ver o que ele ia falar do Glock.
Cérbro adiposo mesmo.
Abraço a todos
Paulo Santos/RJ