terça-feira, 20 de janeiro de 2009

SEB E SEB II?

De acordo com a edição de hoje do semanário suíço “Speedweek”, o francês Sébastien Bourdais será o companheiro de equipe de Sébastien Buemi na equipe Toro Rosso. Assim, o grid da Fórmula 1 para 2009 estaria completo, a não ser que a Honda encontre um comprador e a temporada tenha dez equipes na disputa. O francês faria sua segunda temporada na equipe e também na F-1. De acordo com a reportagem, a experiência do francês, especialmente com os pneus slicks com os quais correu na Champ Car, foi o principal fator que levou à sua renovação de contrato.

O semanário “Speedweek” é publicado pela “Red Bulletin Schweiz”, editora de propriedade da Red Bull.

5 comentários:

Ron Groo disse...

Eu estava mesmo torcendo pela manutenção de Bourdais. Penso que ele não teve a chance para mostrar o ano passado do que ele é capaz.
Não é um fora de série, mas é um piloto muito bom.
Fico contente.

Daniel Médici disse...

Engraçado... Alguns críticos literários na França e na Inglaterra dizem que não surgem mais bons escritores lá porque as editoras não apostam nos jovens talentos; se um livro não vende o suficiente em quinze dias, é retirado de circulação.

O mercado de pilotos da Fórmula 1 está tão ou mais voraz. Acho bom que dêem mais uma temporada ao Sébastien... Porque (veja o que aconteceu com o di Grassi) a Fórmula 1 está desperdiçando os novos talentos. A longo prazo, este pensamento 'imediatista' pode trazer consequências desastrosas à categoria.

Marcos Antônio Filho disse...

Com certeza o Bourdais merece mais uma chance. Mas a F1 está cada vez mais voraz porque cada vez mais há menos vagas...

Pelo menos ainda vai dar pra fazer bastante piada de Nerd ainda...rsrsrs

Ylan Marcel disse...

Ico, gostaria de dizer que consegui um vídeo bem legal, mostrando as atividades de pista dos testes das equipes da Fórmula 1 desta terça-feira (20), no circuito do Algarve, em Portugal. Tá no meu blog, encabeçando o site. Dá uma conferida. Um abração! http://www.motorizado.wordpress.com

Alexandre Carvalho disse...

Faço côro com os que eram favoráveis à permanência do Bourdais na equipe. Se ele não pôde mostrar os resultados esperados, foi porque as circunstâncias não ajudaram.

Basta lembrar do que aconteceu com ele no GP da Itália, onde ele ia largar em quarto (se não estou enganado) e um problema no carro o deixou na mão.