domingo, 10 de maio de 2009

FIM DO CONTO-DE-FADAS?

Polêmica não faltou em cima da estratégia da Brawn neste GP da Espanha. Rubens Barrichello ganhou a ponta na largada, liderou até a primeira bateria de pitstops, mas acabou surpreendido por uma mudança na tática de Jenson Button que ajudou o inglês a vencer pela quarta vez por ano.


O que está por trás dessa batalha interna que hoje, mais uma vez, pendeu para o lado do cada vez mais líder Jenson Button? Colhemos muitas informações para o Credencial de hoje, vamos esmiuçar este assunto, como de costume, ouvindo todos os lados da história. Não perca! E, até , coloque aqui suas opiniões sobre a prova.

37 comentários:

Pedro disse...

Bom, eu acho que o Barrichelo vai cair numa situação semelhante ao do Piquet na época da Williams.

É o principal responsável pelo acerto e desenvolvimento do carro, mas não necessariamente terá o apoio total da equipe.

Mas nesse caso não vai ser devido a fatores extra pista, ou patriotada. O Button simplesmente está com mais pontos, e deve continuar assim.

Mas ainda acho cedo pra gente ter certeza disso. Só depois da Turquia a gente vai poder ter certeza do que será a postura da Brawn nesse negócio de primazia de equipamento/estratégia para um ou outro piloto.

Porque um tropeço ou quebra do Button somado a uma vitória do Barrichelo em alguma dessas duas próximas corridas pode embananar tudo de novo. E ainda tem a Red Bull...

Mas que tá divertido isso tudo, isso está. Especialmente com Ferrari e McLaren lá atrás, lutando pra sair da lama... hehehe...

LeandroSpectreman disse...

Bem, vamos e venhamos:
Adotar um esquema de três paradas quando seu principal oponente é o companheiro de equipe é coisa feita pra "ficar fora do pareo". Rubinho chegou 13 segundos atrás, com uma parada a mais, ou seja, na luta direta de pista, ganhou algo em torno de 8 segundos, considerando o tempo que perdeu com uma passagem a mais pelos boxes.
.
Button estava muito rápido, mas essa prova foi a que o Rubinho mais andou desde a Austrália e tinha realmente chances de uma vitória.
.
Se a decisão de mudar a estratégia do Button foi da equipe, de quem foi a decisão de fazer três paradas? Dos pilotos? Da equipe ? Se havia uma determinação ou um consenso entre pilotos e engenheiros, acho que essa mudança se constitui numa "pequena" e sintomática traíção.Se vai mudar, pq não muda pros dois? Mudou por que? Foi por que o Rubens mudou as coisas na pista ao ganhar duas posições na largada e passar o Button por fora?
Aguardo ansiosamente pelo Credencial

Vinícius Perazzini disse...

Pela primeira vez, me senti estranho pela vitória do Button.

De longe, ele não merecia ganhar.

E estou cada vez mais fã do Webber!
O terceiro lugar foi uma demonstração de força dentro da RedBull. Escolha correta de estratégia, voltas rápidas e extrema competência.

Tarcisio disse...

Minha desconfiança comentada no post "TERMINATOR OU SALVATION?" começa a aumentar hehe

Mas acho que uma briga assim faria bem ao campeonato, eles vão acabar escondendo o jogo um do outro.

Resta saber até que ponto o Ross Brawn vai deixar isso acontecer (não deve deixar), afinal, tanto Button como Barrichello compartilham informação para melhorar o carro, e como o Ico vem apurando, Barrichello é capaz de dar mais feedback e desenvolver mais que Button.

Button ja tinha 3 vitorias, é normal ser privilegiado, mas o Barrichello pode estar se sentido enganado. Barrichello tem que se superar e muito para tentar reverter algo

Henry disse...

ICO,
Hoje eu ouvi a BandFM, a Pan e a CBN. Pelo menos, nesse aspecto, não tenho o que reclamar. Só quando o Odney te chama de LICO...
Eu gosto de competição na pista, acho um saco essas estratégias de reabastecimento e pneus e essa mudança constante de regulamento, aliada às disputas políticas.
Está tão boa a disputa entre Button e Barrichello na pista, pra que fazer essa palhaçada? A categoria sai perdendo.

A FERRARI, sua confiabilidade e sua competência nos boxes...

De parabéns a Red Bull.

O campeonato é do Button, vamos só fingir que não sabemos. Não que ele não mereça. Até o momento, tem feito por merecer, mas gostaria de ver corrida, velocidade, disputas na pista.

Luis disse...

Não acredito no que se diz de traição a Rubens...

Ico a Red Bull vai ter evolução total em Mônaco, ou não vai dar tempo?

Eu quero ver essa briga, ficou claro hoje com o Red Bull é mais bem equilibrado que o Brawn(comparando o Webber com o Rubens talvez ate mais que o Brawn).


A Ferrari se perdeu mesmo nesse GP... tinha ate como fazer algo, mas o pscológico falhou...

boosterze44 disse...

Bem lembrado pelo Pedro.
Acompanho há pouco tempo este blog e considero excelente.
Infelizmente o nosso brasileirinho Rubinho, de novo, está numa equipe que aparentemente vai beneficiar o piloto da "casa". Tomara que eu esteja errado, mas...

zezinho disse...

não li os posts acimas. talvez seja um assunto repitido o que eu olocarei agora...

mas na corrida do Bahrein Rubens também alterou sua estratégia de paradas, e ninguém falou nada.

batalha de bastidores? duvido... a estratégia se mostrou totalmente errada quando apenas Rubens e Nakajima correram com 3 paradas. e isso foi tudo o que aconteceu...

sorry Rubens. infelizmente não foi seu dia, de novo =/

joaozinho disse...

como você pode dizer que ninguém falou nada se não lê os posts acima?

joaozinho

Filipe disse...

Ico, não me vou meter no tema da estrategia de box da Brawn porque isso já esta sendo abordado (e muito bem) por todos os comentários em cima.

Eu gostava de um comentario seu acerca dos erros da Ferrari, agora com mais esta não qualificação para o Q2 do Raikkonen e o problema da gasolina no trecho final da corrida com o Massa. Existe algum clima dentro da equipa? É verdade o que existe um mau clima entre Kimi e a direcção? De que forma isto afecta a imagem da equipa nao so na imprensa europeia, como no proprio paddock?

Um abraço Ico, grande trabalho o seu!

Anônimo disse...

Ico, a grande pergunta a ser feita é: Por que a equipe do Rubinho esperou até DEPOIS DA PARADA para contar que o Button ia para dois reabastecimentos? Será mesmo que não ocorreu a ninguém que a estratégia seguida pelo piloto que vem logo atrás poderia ser uma informação relevante? ISSO o Brawn tem que explicar...

speed.king.thrasher disse...

ah Ico... bem complicado e discutivel dizer o q houve na tática da Brawn... uma possibilidade foi q Rubinho e seu engenheiro não foram espertos em mudar a estratégia depois do SC no inicio.

A outra diz q a Brawn favoreceu a tática de Jenson por ser lider do campeonato... ou então por patriotagem... o q pra mim não faz muito sentido pelo oq vc disse no post sobre os dois.

De qualquer forma isso mostrou que o time está bem dividido... existe a parte do Rubinho e a do Button e não há mutualidade...

Vai dar oq falar!

Agora a Ferrari pelo jeito ñ aprende... realmente ñ vai ter jeito cabeças terão que rolar.

abs e bom trabalho!!

ebiscaia disse...

A corrida de hoje foi decidida na largada e no período em que o safety car esteve na pista. O Vettel perdeu suas pretensões na corrida ao perder a posição para o Massa na largada, e também foi neste período que houve o reajuste da estratégia do Button. Provavelmente também foi proposta a "opção B" para o Rubinho que resolveu não seguir. Aliás, o primeiro trecho de ambos foi igual (tanto em rendimento quanto no combustível). O segundo trecho do Rubinho foi muito bom, no entanto entanto, o terceiro trecho foi fraco, ele não conseguiu voltar no mesmo ritmo e no quarto trecho (já com pneus duros) ele também não foi tão bem. Enquanto isso, o segundo trecho do Button foi normal (mais lento enquanto estava mais pesado e rápido quando ficou leve) e se manteve bem no seu techo final.

Haverá um momento em que a equipe Brawn vai ter que decidir um primeiro piloto, mas não acredito que seja agora. Provavelmente vai acontecer quando se sentirem ameaçados e começarem a haver alternância nas vitórias. E, esta é uma decisão natural na Fórmula 1, se o Barrichello quer ser o primeiro piloto, ele deve agora resolver na pista enquanto é tempo.

Corrida chata esta, não acharam? O momento de maior emoção da prova foi a batida logo após a largada. Depois, corrida típica de Barcelona.

E, Ico, parabéns pelo credencial! É muito legal ver alguém levar a sério os meus palpites de forma séria e profissional. A emissora detentora dos direitos de transmissão da Fórmula 1 deveria ter umas aulas contigo.

Abraços

Anônimo disse...

Só eu acho que o Rubinho perdeu na pista?

Estratégia diferente ou não, ele perdeu na pista, porque não foi rápido o suficiente.

Após a primeira parada, colocava 7 décimos por volta. Muito pouco para quem tinha combustível para míseras 13 voltas, contra as enormes 29 voltas de Button.

Após a segunda parada, ele ainda teria chances, não fosse o rendimento ridículo que dizem ser em função dos pneus.

Mas o que é duro no Rubens é isso: Sempre tem uma desculpa para uma queda no rendimento. Enquanto isso ele vai tomando um baile.

Anônimo disse...

ebiscaia disse...

Outra, prejuízo por prejuízo acho que a RedBull acabaria tendo o maior: o Webber passou o Massa e o Vettel na parada de boxes quando o correto era eles pensarem em deixar o Vettel na frente da Ferrari. Sorte deles que deu problema na bomba de combustível do Massa e, o Vettel recuperou a quarta posição.

Lucas disse...

Olá Ico,

Tenho uma dúvida mais técnica pra te fazer: Haverá mudanças no regulamento para a construção dos carros do próximo ano, a ponto dos carros deste anos tornarem-se inútilizáveis pro ano que vem (como ocorreu agora com os carros do ano passado)??

Pergunto isso pra saber até onde vale a pena pras grandes equipes (Ferrari, Mclaren, BMW, Renault) investir no carro de 2009, mesmo com as chances no campeonato cada vez menores. Há chances de alguma delas fazer como a Honda e se dedicar apenas ao modelo de 2010?

Obrigado e aguardo suas informações sobre a corrida de hj!

Ron Groo disse...

Não tem como, Ross sabe que apenas um piloto será campeão mundial e que teria de escolher Button e 1B.
Ele, Ross, até deu as chances iguais nas duas primeiras corridas, mas depois viu-se que Button aproveitou muito melhor.
Agora a Brawn está vendo qu as outras escuderias evoluem e podem ameaçar de alguma forma e por isto vai - ou já se decidiu - optar por um dos dois.
E quem está melhor?
Bom só se fosse burro ele iria querer inverter esta situação agora.
E burro Ross Brawn nunca foi.

Anônimo disse...

Olá Ico

Ótima transmissão , mas a corrida ainda continua sendo o velho grande premio de Barcelona...monótono !

Curtas..

Barrichelo...grande corrida, não se esqueçam que dentro de uma equipe sempre temos dois times ( um para cada piloto ) e quando o time do Button viu o Barrichelo assumir a ponta na primeira curva eles precisavam fazer alguma coisa para ganhar a prova. Pra mim muito natural isto...

Weber melhor da prova..

Vettel ele e a equipe poderiam ter chegado mais a frente..

Ferrari, uma grande evolução do carro, mas ainda falta “comando” para brigar na frente

Maclaren.. a decepção do fim de semana

Um abraço

Giovani Balduino

Luiz G disse...

Vão começar com o papo de que a equipe privilegia o Button...e é claro que vão privilegiar.

O cara venceu 4 em 5 corridas, enquanto Barrichello só fez 2 pódios (um herdado)...quem vocês acham que eles vão privilegiar?

A Brawn tem um campeonato pra vencer e não pode esperar o Barrichello se adaptar ao carro.

Se Jenson mostra melhor adaptação, que leve o título.

Luiz G disse...

A diferença de Button para Barrichello se equivale a de Senna para Berger em 1990.

Talvez o Jenson deixe o Barrichello ganhar uma corrida caso ele ajude o inglês a ser campeão.

eeeeba...

Luiz G disse...

O maior rival de Button não se encontra mais na Brawn, mas na Red Bull.

Rodrigo Dias disse...

Olha, eu não vejo como uma sacanagem da Brawn, mas não acho que foi apenas um mérito do Button,vejo apenas que o time já viu nas 4 primeiras corridas quem pode lutar pelo título.

Se fosse uma ferrari com dinheiro de sobra pra desenvolver o equipamento, isso não teria acontecido, mas entendo que o time de Brackley não tem garantias de que será tão competitivo até o fim da temporada, logo, precisa escolher desde já em quem apostar.

Infelizmente para o Rubens ele não foi bem no começo do campeonato, e com um candidato a Gênio no carro da Red Bull que ainda vai ter Difusor duplo, acho que é uma atitude sensata, da mesma forma que acharia se Barrichello fosse o escolhido por ser melhor no início do campeonato.

Quis o destino que fosse novamente Ross Brawn que fizesse uma escolha dessas...

Otávio Siqueira disse...

Lamento pelos fãs do Rubinho, mas fico tentado a imaginar a seguinte situação: o Button na equipe com contrato feito recebe um companheiro experiente e suficientemente maleável, mais lento, e disposto a secundá-lo caso ele se dê bem. O melhor neste papel foi, nos últimos anos, o Rubens.

Anônimo disse...

Acho eu que existe sim duas equipes dentro da mesma equipe, em todas as equipes, e é claro elas competem entre sí.
Se fosse opção do Brawn, o mais lógico seria o Rubens ganhar, o Button perderia apenas dois pontos (o primeiro leva 10 e o segundo leva oito), assim manteria a lideraça folgada no campeonato, mas em compensação o Rubens abriria uma distancia mais confortável em relação ao Vettel. Melhor do que fazer o campeão é fazer o campeão e o vice também.
Agora a Ferrari heim!!!
Puxa, é o time do meu coração, mas esse ano está irreconhecivel.
prperalta

Eduardo Gaensly disse...

Eu não acho que favoreceram o Button.
Acho que escolheram uma estratégia errada pro estilo de pilotagem do Rubens. Ele é um ótimo piloto! Só que não faz o estilo dele ser muito mais rápido quando necessário, e numa estratégia de 3 paradas o cara precisa conseguir "tirar o coelho da cartola".
Acho atér que o Button também não é um cara que faça esse tipo de estratégia render, precisa de um Schumache, um Vettel ou um Hamilton pra tirar o máximo do carro num certo número de voltas e conseguir ganhar o tempo que vai perder nos boxes.

Carlos Colangelo disse...

Ae Ico, só pra garantir que vai pro credencial, segue o comentário do post anterior:
Ico, pergunta pro credencial: O Rubens já é segundo piloto? Pergunto isso pelo seguinte:
1) Na entrevista coletiva, Rubens disse que tinha combustível pra mais 1 ou 2 voltas no seu último pit stop. Naquela altura da corrida, Rubens estava com pneus macios e Button com pneus duros, a diferença de tempo entre eles era de quase 2 segundos por volta... A chance do Rubens vencer a corrida seria ficar o maior número de voltas possíveis antes de colocar os pneus duros... Então porque anteciparam o seu último pit stop?
2) A grande vantagem de se fazer uma estratégia de uma parada a mais que a concorrência seria utilizar os pneus duros pelo menor número de voltas possível... Mas o Rubens utilizou esses pneus apenas duas voltas a menos que o Button, e teve o ônus de um pit stop a mais durante a corrida... Pra mim essa estratégia faria sentido se ele utilizasse os pneus duros no máximo por 10 voltas...
3) Enfim, se não existe primeiro e segundo piloto definido, porque então não dar aos pilotos a mesma estratégia para que a vitória seja conquistada por quem esta mais rápido na pista, e não pelo piloto que tem a melhor estratégia?
4) Me lembro do Grande Prêmio da Espanha de 2004, quando a Ferrari (na época com Ross Brawn) fez uma estratégia bem diferente pro Schumacher e pro Rubens (uma pro vencedor, e outra pro segundo colocado)... Será que essa não foi a idéia da equipe Brawn hoje também?

Sds,

Carlos

ridson disse...

Rubens está se sentindo mordido com essamudança de estratégia sem que se comunicasse a eles mais cedo, já que eles compartilham informações de desenvolvimento do carro ( que mais beneficiam a button, já que em geral, é rubens quem as faz)
e dessa coisa rubens foi reclamar com brawn...a globo voou em cima e já postou no globo.com isso que rubens ameaçou brawn de pendurar as chuteiras se um favorecimento se confirmar...brawn primeiro mordeu, depois assoprou: disse que rubens foi lento quando deveria ter sido rápido, que a mudança beneficiou button por coincidência, já que o objetivo era afastá-lo de retardatários e de massa e vettel. depois entrou de acordo com o discurso de rubens, dizendo que algo deu errado no rendimento por conta do desgaste dos pneus ( não acho que isso seja balela) e agradeceu muito rubens pelo desenvolvimento do carro e pela pilotagem hj (no site oficial da brawn), e ainda minimizou as coisas: disse ser natural rubens estar frustrado e que isso era bom sinal, já que se rubens tivesse ficado contente com o fato de estar atrás, ele não gostaria de ter um piloto assim na equipe

o fato é que ross sabe muito bem que precisa do rubens p/desenvolver seus carros. muito msm. button não dá conta disso.
contudo, sabe que a red bull tá aí, pareando, e que já eles alcançam. e fez vista grossa p/ favorecimento de button. deu coro. não pode perder nenhum. mas favoreceu quem não merecia. p/ mim: rubens e webber foram os nomes da corrida; button somente venceu pela mudança de estratégia que, of course, ele iria concordar.

Fabehr disse...

Meu, é claro q favoreceram Button. E é cristalino como água q Burrinho é 2o piloto. Para 1 estrategia de 3 paradas eficaz, o ultimo stint com pneus duros (q eram 2s + lentos/volta) deveria ser curtissimo, tipo 5-6 voltas. Mas o dele foi 16 volta e Button, 18. Outro ponto, Burrinho tinha carro pra andar 1'22 alto, pq n fez isso após 2a parada? acorda galera. Abç Ico, parabéns pelo ótimo trabalho

Anônimo disse...

Não acho de maneira nenhuma que a Brawn tenha favorecido Button, pelo contrário a melhor estratégia era de barrichello. Se ele tivesse mantido o mesmo ritmo com depois da segunda parada, baixando da casa de 1:23 como ele fez depois do primeiro pit, tenho certeza que ele teria vencido a corrida. Ao contrário disso ele andou mais lento que o inglês. A diferença quando ele saiu dos boxes era de 8 segundos, quando Button foi fazer o seu derradeiro pitstop, a diferença já era de mais de 12 segundos, ou seja, Jenson abriu vantagem com pneus mais gastos que os de barrichello e com mais ou menos a mesma quantidade de combustivel! já que Rubens parou poucas voltas depois dele. O galvão fala muita besteira mas hoje ele falou uma grande verdade: Jenson Button fez um segundo trecho de corrida espetacular e definiu a corrida nesse trecho!

Sidinei Gadelha

Anônimo disse...

O Rubinho provoou que ainda pode ser bem rápido e vencer o campeonato. Mas nada me tira da cabeça que uma equipe inglesa, de um dono inglês, irá fazer de tudo parea ser campeã do mundo com um piloto inglês campeão.
Daí, fica difícil ser rápido tendo a própria equipe "contra".

Abraço a todos.
Paulo santos/RJ

Aranha disse...

A Brawn não esperava que Rubinho passasse Button. E com isso, a máscara caiu. Brawn deve estar com vergonha. É hora do Rubinho brigar e reivindicar, pelo menos, estratégias iguais.

TRON disse...

Pessoal ,
É UMA equipe...
MAS eles não cuidam dos dois pilotos.
Cada piloto tem o seu engenheiro e sua "trupe". Existe a Equipe Brawn que trabalha nos dois carros , etc, etc...
E a turma q faz a estratégia, cuida direto do piloto (que são separadas).
Nesse caso, acho que o engenheiro de Button fez a mudança simplesmente para o Piloto dele (Button) levar a melhor.
O engenheiro do Barrichello poderia ter feito o mesmo...

William disse...

Teo o teu Blog tem ótimas postagens de gente que gosta e entende de F 1. Mas tambem tem uns que só escrevem besteira, abrs.

Leo Menegucci disse...

Alguém esqueceu de combinar com o Button que era pra ele chegar em segundo, rsrsrs.

Ora, vamos parar de patriotada. Uma coisa é a equipe do Button adotar uma estratégia para ele vencer. Outra coisa é O Brawn adotar uma estratégia para o Rubinho chegar em segundo e melar sua possível vitória, o que parece que não foi o ocorrido (a não ser que aquele jogo de pneus estivesse com a calibragem errada, por exemplo, mas isso nunca saberemos).

Repito, quem disse que o Buttom tem que ficar ali parado com sua estratégia esperando o Rubinho vencer?

A disputa entre as equipes de angenheiros dentro da mesma equipe é permitido. Mais uma vez o Barriquelo é infeliz em suas declarações.

Anônimo disse...

Enquanto Galvão e a brasileirada continuar a chamar o RUBENS de Rubinho, o Nelson Jr. de Nelsinho... sei não, só vão afundar! Que mania esse povo tem de chamar jogadores e pilotos pelo diminutivo, é irritante. Vai ver já tão chamando o Massa de Massinha, vai daí, rsrs.

Fabio disse...

O Niki Lauda falou na RTL alemã, logo após a corrida:
"Para priorizar o líder, tiraram a vitória do Rubens".

precisa dizer mais alguma coisa???

a imprensa européia já tá falando em privilégio do Button.