sábado, 9 de maio de 2009

SOBRE O MERCADO DE PILOTOS

O 12° lugar de hoje é a melhor colocação de Nelsinho Piquet em um grid de largada neste ano. Pode parecer pouco, mas o fato é que o carro da Renault está sofrendo uma barbaridade para atingir uma boa performance neste final de semana. Prova disso é o desempenho de Fernando Alonso no Q3: oitavo colocado, mesmo tendo o carro mais leve dentre os dez que participaram da sessão.

O brasileiro destacou que não possui todas as peças novas que estão no carro do espanhol. Sem, claro, questionar a decisão da equipe em colocar as únicas unidades fabricadas à disposição do piloto mais experiente. Mas se mostrou feliz em ficar a apenas um décimo do tempo de Alonso no Q2.

Mais importante que isso, falou sobre seu futuro na conversa que teve conosco hoje aqui no circuito. Foi muito claro quando perguntado sobre a possibilidade de ser dispensado pelo time antes do final da temporada. Confira o que ele disse, direto da fonte:

- Isso nunca vai acontecer. Para começar, eles não têm piloto. Quem eles iriam colocar? Quem tem experiência? Só se pegassem um piloto de outra equipe para me substituir. Pegar um novato e colocar na F-1 hoje em dia, sem treinos, não adianta nada. Mas o importante é que eu tenho um contrato com eles e não podem me tirar antes do final do ano. Quanto a isso eu não me preocupo. Meu foco é em fazer uma boa temporada para satisfazer a mim mesmo. O que eu amo fazer, a minha vida, é isso. Então eu quero fazer bem feito, não vou aceitar um trabalho que não seja 100%.

Também conversei com Lucas di Grassi sobre a sua corrida para um lugar na F-1, ele que é apontado ao lado de Romain Grosjean como um potencial candidato à vaga do compatriota:

- Entrar na F-1 nesse ano vai depender da performance dos outros pilotos. Se algum desses pilotos tiver uma performance muito abaixo do esperado e eu fizer um bom início do campeonato, pode até haver uma chance. Se não, meu foco é o de tentar ganhar o campeonato da GP2 e tentar um lugar conforme abrirem vagas para o ano que vem, seja por término de contratos ou pelo fato de novas equipes terem performances melhores que as antigas. Em cima disso, o cenário deve mudar bastante.

Na leitura que eu fiz, os discursos convergem num ponto em comum: as mudanças na Renault devem ficar para o ano que vem. Mas em cima de Lucas Di Grassi usar o termo “outros pilotos”, chego à conclusão que a vaga de Sébastien Bourdais está bem ameaçada. Se existe alguém capaz de não terminar o ano na F-1 é o francês.

E o Kovalainen, hein?

13 comentários:

Fabio disse...

O Kovalainen está decepcionante.
Mas na minha opinião ele termina a temporada na equipe. Já o Bourdais se continuar levando tempo do Buemi está muito ameaçado.

Henry disse...

ICO,
O Piquet falou como alguém seguro com relação à sua vaga. Demonstra ter essa situação sob controle.

Já, o Bourdais, se sair, para mim, não abre vaga para Di Grassi, Bruno, etc.

A Red Bull tem uma super-escolhinha, a Red Bull Jr e, por isso, deve vir piloto de lá, tipo Jaime Alguersuari.

Kova, tem o Sutil e o Rosberg na fila...

Anônimo disse...

Nossa Ico ,olhando a foto do Renault fiquei impressionado com o corte da carenagem traseira ,muito tosco ,surpreendente até.Fica claro como erraram feio no projeto!

O Bourdais me parece sofrer do mesmo mal que o Da Matta nos tempos de Toyota ,falta de velocidade nas classificações ,parece ser o preço de quem demora pra chegar a F1 ,o frances vive reclamando do acerto do carro e coisa e tal ,deveria voltar logo a IRL ,antes que esqueçam dele.

O Kovalainen teve muita sorte ano passado ,vencer um GP é para poucos ,muitos vencem por ser capazes e poucos vencem por sorte ,ele está na minoria e acho que já pode se dar por satisfeito e procurar outra categoria para correr .

O Nelsinho teve sim um desempenho até que bom na classificação se for comparado ao Alonso ,mas deveria ser sempre assim ,francamente não acredito que o brasileiro vai dar certo .

Falei acima que uns poucos vencem por sorte ,o Fangio dessa turma foi o Johnny Herbert.Hehe...
Com muita sorte.
Venceu três!!

Jonny'O

speed.king.thrasher disse...

Realmente o Bourdais levando pau do Buemi ñ ta sendo nada bom... e o Kovalainen desde o ano passado está provando q ñ é do ramo de pontiar ñ... se a McLaren quiser crescer nesse ano vai ter que tomar uma atitude.

abs!

Hugo Becker disse...

Acho que o Kovalainen vai até o fim do ano, mas não continua na equipe em 2010.

Se para 2009 tivemos apenas uma mudança - a saída de Coulthard e a estreia de Buemi, além da transferência solitária de Vettel para a Red Bull -, 2010 vai dar uma boa sacudida entre equipes e pilotos.

Além do provável ingresso das novas equipes, muitos pilotos sairão de onde estão. Kovalainen deve deixar a McLaren, Alonso deve deixar a Renault e partir para a Ferrari. Sem privilégios, para dividir as atenções com Massa, um piloto que claramente lutará pelo título quando tiver um carro rápido em mãos? Não creio. Isso talvez seja algo que pode gerar até mesmo a ida de Massa para alguma outra equipe de ponta.

E Barrichello, renova com a Brawn para 2010 ou o Ross optará por um piloto mais jovem?

Como se vê, o cenário vai mudar bastante para o ano que vem.

Sobre o post abaixo, aposta curta e grossa: Felipe Massa.

Ron Groo disse...

TAmbém pensei que Nelsinho não seria mandado embora.
Lógico que se apoiar no contrato somente é bobeira, contratos são quebrados a torto e direito, quando se quer.

E o Kova? Bem... se é ruim pra Mclata é otimo para o Hamilton.

Tohmé disse...

O legal foi ver o Gavião Bueno falar que não ia dar POle.....e deu.
Ô cara escroto.

Luiz G disse...

Tendo o Nelsinho Piquet, a Renault leva o Nelsão de brinde...hahaha...

Acho que o Bordais dança e entra o Senna.

Kovalainen deve estar muito bem. Está numa equipe boa, não tem muitas ambições e não atrapalha o hamilton. Tanto para a Mclaren, como para Lewis e Anthony Hamilton, deve ser ótimo ter o Kova por lá.

LeandroSpectreman disse...

A convicção do Nelsinho impressiona.Mas como ele é o cara que tem acesso ao contrato e não os corneteiros de plantão, então deve ser isso mesmo.

Cesar Costa disse...

Ali não tem amador. O Piquet não ia deixar o filho assinar um contrato pra ficar ao sabor das caretas do Briattore.
Não acho que o Alonso esteja tão mal. Alguém disse que os pneus duros são muito ruins na pista. Vai daí, quem for fazer três paradas deve levar alguma vantagem...

Carlos Colangelo disse...

Ico, pergunta pro credencial: O Rubens já é segundo piloto? Pergunto isso pelo seguinte:
1) Na entrevista coletiva, Rubens disse que tinha combustível pra mais 1 ou 2 voltas no seu último pit stop. Naquela altura da corrida, Rubens estava com pneus macios e Button com pneus duros, a diferença de tempo entre eles era de quase 2 segundos por volta... A chance do Rubens vencer a corrida seria ficar o maior número de voltas possíveis antes de colocar os pneus duros... Então porque anteciparam o seu último pit stop?
2) A grande vantagem de se fazer uma estratégia de uma parada a mais que a concorrência seria utilizar os pneus duros pelo menor número de voltas possível... Mas o Rubens utilizou esses pneus apenas duas voltas a menos que o Button, e teve o ônus de um pit stop a mais durante a corrida... Pra mim essa estratégia faria sentido se ele utilizasse os pneus duros no máximo por 10 voltas...
3) Enfim, se não existe primeiro e segundo piloto definido, porque então não dar aos pilotos a mesma estratégia para que a vitória seja conquistada por quem esta mais rápido na pista, e não pelo piloto que tem a melhor estratégia?
4) Me lembro do Grande Prêmio da Espanha de 2004, quando a Ferrari (na época com Ross Brawn) fez uma estratégia bem diferente pro Schumacher e pro Rubens (uma pro vencedor, e outra pro segundo colocado)... Será que essa não foi a idéia da equipe Brawn hoje também?

Sds,

Carlos

Anônimo disse...

Não acho que Kovalainen seja demitido, a função dele é fazer figuração mesmo. O mesmo vale pra Piquet que está ali pra fazer corta luz pro Alonso, o problema é que ele comete erros demais, todo Gp ele erra pelo menos uma vez, ou nos treinos ou na corrida! Isso é inadmissível! O pior papel é mesmo do Bourdais: está levando pau de um estreante que teve uma passagem muito discreta pela GP2, está sendo batido muito facilmente!
Menção honrosa pro Nakajima, ele anda muito mal, vira e mexe faz besteira e ninguém critica! Todos criticam, Piquet, Bourdais, Kovalainen. Mas raramente vejo críticas ao japonês que também erra muito!

Abraço,

Sidinei Gadelha

Anselmo Coyote disse...

Ico, Hugo, Groo...

O que se ouve na blogosfera é axé music: "o Alonso fez mágica, sem carro. O Nelsinho não é piloto.".

O Ico é o único que não vi "jogar" para os xiitas sennistas (nada contra o Senna) malhando o Nelsinho. Fez sua crítica, mas foi incisivo que o carro do Alonso é ruim e o do Nelsinho, pior. A Tabajara F1 não fez 01 carro nem vai fazer 02. Parabéns!

O mérito do Alonso foi se classificar bem. Só. Nada mais.
Largou em 8o e chegou em 5o. Nada fez para ganhar as posições de Trulli e Massa. Para um bi-campeão, experiente e com carro melhor esse resultado é pífio. Ele ganha 46 milhões de reais enquanto o Nelsinho ganha 1 milhão.

O Nelsinho está mal em classificações. Só. Nada mais. Normalmente larga bem, lá atrás, ganha 2 ou 3 posições, e termina a corrida. Errar, todos, sem exceção, erram.

Equipes de ponta hoje são Brawn e Red Bull, ambas satisfeitíssimas seus primeiros pilotos, jovens e promissores. A Ferrari melhorou, mas não é confiável. Nem o carro nem a equipe. Erros inexplicáveis detonaram ambos os pilotos.

Então, Ferrari, Mc Laren, BMW e Renault só têm nome. Nada mais.

O Kimi é campeão, milionário e está c*gando um tronco p/F1. Já anunciou que não correrá para outra equipe. Não há vaga para primeiro piloto em time de ponta. Se o Alonso for para a Ferrari será o fim do sonho do Massa. Vai se eternizar como segundo piloto do Alonso, do Hamilton ou do Kubica.

Abs.