quinta-feira, 28 de maio de 2009

A HORA DO COMPROMISSO

Amanhã termina o prazo dado pela FIA para a inscrição no Mundial 2010. Detalhe importante: até o ano passado, os times tinham até novembro para oficializar a participação. Essa antecipação de seis meses é claramente uma maneira de Max Mosley pressionar as montadoras na sua cruzada por uma F-1 mais barata – e pela manutenção do seu poder.


Aqui na Europa, as notícias dos últimos dias foram muito especulativas e pouco conclusivas. Mas as fontes mais confiáveis sinalizam que um compromisso foi acertado. Segundo elas, as equipes devem se juntar à Williams e fechar a inscrição amanhã, mas teriam um teto orçamentário maior para operar no ano que vem. Em troca, dariam diversos componentes a preço de banana para os times que devem entrar na categoria no final do ano, fala-se em dois ou três nomes. E teriam de engolir mais um mandado de Mosley, que usaria o compromisso como argumento para permanecer no poder e costurar um teto mais baixo para 2011.


Não gosto da perspectiva de permanência destas figuras no topo, mas tudo bem – vamos ver o que a sexta-feira nos reserva..

7 comentários:

Henry disse...

ICO,
A questão principal é um campeonato com regras claras, que privilegie as disputas na pista e o que estamos assistindo é desgaste das equipes e mais Max Mosley no poder.

Teremos o fim do reabastecimento?
As regras serão as mesmas para todos ou segue aquela proposta de regras diferentes de acordo com os gastos?

Frederico Cavalcante disse...

Acho que no final o que importa é a presença dos carros alinhados no grid. Se não ocorrer a inscrição das equipes, obviamente Mosley vai ter que ceder, ou será se ele pretende apenas ter a Williams. As equipes também devem ter o bom senso de ver seus contratos que as obrigam a participar do campeonato.

Levando-se em conta as idéias e opiniões a cada instante diferentes, no final das contas essa briga FOTA x FIA vai dar no seguinte resultado: todo mundo no grid.

Marcos Antônio Filho disse...

é então todo mundo vai ceder um pouquinho vão todos ficar felizes,espero que sim, já que essa lenga lenga já deu o que tinha que dar!

Eu sei oq vc fez no chucapol passado disse...

Não gosto do Max nem do Bernie, mas uma F-1 controlada pelas montadoras também não me agrada nem um pouco, pois sei que o compromisso delas com a própria F-1 é zero.

Lembrem-se do ITC.

Se dependesse das montadoras, uma F-1 com 3 equipes e uns 12 carros não seria nenhum problema.

Ron Groo disse...

Penso igual, não vão deixar de se inscrever, e mesmo a Ferrari que vai bater o pézinho calçado de legitimos sapatos produzidos em Milão vai acabar cedendo. Nem que seja atrazada, mas vai.

Daniel Médici disse...

Já me contento se a F1 não virar um reality show ano que vem.

Mais Fórmula 1 disse...

E tem mais equipes chegando: A Litespeed da F-3 inglesa também efetivou a inscrição...