domingo, 24 de maio de 2009

O INFALÍVEL JENSON

Corrida aborrecida, mas vitória maiúscula de Jenson Button. Um final de semana para deixar muita gente no paddock encantada com sua performance. Mas o Grande Prêmio de Mônaco teve outros assuntos também: Ferrari andando bem, Vettel na barreira de pneus, acidente entre Nelsinho e Buemi. Comente, aponte suas dúvidas e opiniões, sempre lembrando que hoje teremos mais uma edição do Credencial, uma conversa de alto nível sobre Fórmula 1. Participe!

28 comentários:

Herik disse...

Quando vejo o Button pilotando da forma que agora faz me lembro de duas coisas:

Primeiro daqueles "analistas" e torcedores que afirmaram que o inglês só entrou na F1 por causa da sua nacionalidade, pois supostamente teria sido beneficiado pela parcialidade da Williams na disputa entre Jenson e Bruno Junqueira.

Depois foi Gil de Ferran que, quando trabalhava na Honda, disse que o inglês era dono de uma tocada, um estilo de pilotar magnífico, raríssimo de se ver.

Não preciso dizer quem estava com a razão.

Grande abraço Ico.

Anônimo disse...

Ico, piloto experiênte não da furo sai na frente vence. O pessoal fica pedindo pilotos novos os donos das esquipes ficam arrepiados com os prejuízos em batidas, vide vettel e Mclaren.
A brawn preferiu contratar o barrica a um piloto novo, que levava um patrocinio. Parece que acertou não quebram caros e acertam muros.

Ridson de Araújo disse...

Ico, creio que Vettel estivesse sofrendo com o jogo de pneus supermacios, que claramente não foram bem tratados pelo novo pacote aerodinâmico da Red Bull.Isso me leva a crer que a Red Bull vai ter que esperar a Turquia p/ poder avaliar melhor.
Rubens foi bem, mas Button foi preciso; preciso como piloto, preciso nas horas em que foi preciso. Rubens demora mais a sair das dificuldades que o carro mostra durante a corrida do que Button, e isso geralmente o leva a ficar atrás do companheiro. Aliás, a fase de Button é muito explicada por sua autoconfiança.
Qto ao Kimi e ao Massa, ambos fizeram o que podiam fazer, mas Kimi reclamando de barriga cheia. massa incrivelmente não foi punido pelos fiscais por conta das zebras, o que mostra que estes fiscais da fia tem uma grande falta de critério, já que puniram duramente ótimas corridas de vários pilotos.
qto ao Kovalainen, disperdiçou uma ótima chance de ficar na frente de Hamilton no campeonato. Nakajima está decretando cada vez mais seu precoce(?) fim na categoria, disperdiçando uma corrida razoável. Piquet Jr é muito azarado, poderia ter chegado no lugar que Bourdais chegou. Este último deu uma respirada na UTI, p/ desespero do locutor global, que espera pela chance de Lucas di Grassi. Vc sabe de algo a respeito, Ico? Aguardo ansiosamente seu credencial p/ ter informações confiáveis p/ discutir. todas essas reflexões tb escrevo no meu blog, o Histórias e Velocidade. Aqui está o link p/ quem não conhecia o blog:


http://historiasevelocidade.blogspot.com/

ebiscaia disse...

Button mostrou que está a caminho de se tornar (se já não é) um piloto completo. Reconheceu seu "problema" com Mônaco, ontem mudou sua característica de guiar para conquistar a pole, voltou ao estilo "Prost" de ser no começo da prova (e neste momento ele ganhou a corrida) poupando o pneus macios e abrindo vantagem para os demais. Depois, administrou e, mostrou aos demais, em duas ou três voltas rápidas no meio da prova, que caso fosse necessário ele tinha reservas para controlar a distância.

Mudaram as cores, os nomes, mas continua a "velha" Fórmula 1 dos últimos anos

Anônimo disse...

Ico, existe algum coisa contra brasileiros na F1? Sei la sabe, não vi e acho que não irei ver alguma equipe por menor que seja dar mancada com um piloto Ingles ou de outra nacionalidade qualquer, como aconteceu com o massa sem combustivel e o rubinho fazendo 3 ao inves de 2 paradas como fez o button. Existe algum "complo" contra brasileiros na F1?

Anônimo disse...

Anônimo ,não existe isso.

Lembre-se de Emerson ,Piquet e Senna.

Jonny'O

Marcelle Costa disse...

ta ficando chato, o campeão de 2009 será confirmado no meio do ano se as "ferrari brancas" continuarem assim.
Bela corrida do Massa, não fosse ter ficado atrás do button após o pit stop deste, poderia ter chegado em segundo, ou ate vencido se não fosse Vettel no início.
Na turquia ele é o grande favorito.

harerton disse...

Ico,

Podemos dizer que o Button cada vez mais faz o estilo do Professor Prost?

[ ]'s

Harerton

Paulo Cunha disse...

Hoje tem credêncial, então sejamos telegráficos!

O João Botão corre à antiga, sem corrigir o volante nem a aceleração, aula de Jackie Stewart. Foi impecável de novo.

Rubens, pra continuar a 'lista de desculpa': "Me mandaram poupar pneus", depois dessa transmissão de rádio, ele passou de 1:17 baixo para 1:19 alto na primeira perna. O Botão abriu os 20 segundos que ele administou durante o resto da corrida.

A Brawn foi fantastica em chamar o Rubens uma volta depois da parada do Raikkonen e devolvê-lo à frente dele (só imagino o que estariam falando se fosse *atrás* do Räikkönen).

E a Red Bull, em carro que está ganhando não se mexe (no escuro sem testes como agora)? Achei que Vettel entrou em um carro que não era o dele, e o Webber soube explorar melhor.

Ferrari chegou? ou foi sorte?

Luis disse...

Acho que a Turquia vai ser o ponto chave, se há alguma duvida, lá deve se saber a resposta.

Entretanto hoje já tivemos algumas respostas.

Rubens é do clube de Coulthard, mas fala bobagem e promete muito(sem nunca ter cumprido!)

Mesmo que a Ferrari não trabalhasse pra Schumacher(o que alias, ao contrario do dito, não é de forma alguma errado, Michael montou tudo aquilo com muito trabalho duro, além disso Rubens sempre soube como seriam as coisas) ele nunca nem nos maiores sonhos dele ia bater o Alemão!

Rosberg vai dar pano pra manga sim, arrisco dizer que é melhor que Hamilton...

Pois este ultimo "frita" quando as coisas não vão bem...

Webber ainda esta vivo!


Vettel: Ele não gosta das comparações, mas lembra Michael em tudo! Vi hoje aquele de 92-93, com velocidade pura, mas ainda um tanto verde, cometendo erros bobos por forçar demais...


Piquet perdeu uma boa oportunidade, se eu fosse ele dizia quando perguntado do acidente: "Buemi tmb é Salazar"


Se Vettel não ganhar na Turquia(ou mostrar ter carro pra faze-lo e marcar mais pontos que Button) já era disputa pelo título... Rubens não tem condições de entrar na briga...

Luis disse...

AH a Pergunta!

Ferrari tem condições mesmo, ou o bom desempenho foi só pelas condições diferentes de Mônaco?

Ricardo Bandeira disse...

Acho que o melhor da corrida foi a pilotagem alucinada do Felipe Massa. Pena que nem sempre dá certo, mas, se ele passasse o Vettel naquela tentativa, teria enormes chances de ir pro pódio.
E às vezes tenho dúvidas sobre a capacidade do Vettel. Eu esperaria mais para compará-lo aos campeões.

Arthur disse...

Fala aí Ico!

Boa corrida,com algumas emoções e ultrapassagens.Claro que a do ano passado foi mais emocionante(seria difícil supera-la),mas mesmo assim...uma boa corrida.

- Na minha opnião,foi a vitória mais importante do Button até agora.Ganhar em Monaco e com a autoridade exercida pelo ingles nesse Domingo não é pra qualquer um.Se alguém ainda duvidava da capacidade do ingles essa vitória serviu para calar esses criticos.

-Barrica,com mais uma segunda posição...
Por largar em terceiro,até foi bom,mas seu campanheiro deu show e ganhou,mais uma vez.
Pra mim está fechado,pelo resto da temporada o brasileiro vai ser o escudeiro de Button.

Mas estou na duvida Ico,será que Barrichello continua na Brawn ano que vem mas sendo primeiro piloto dessa vez????Seilá,talvez ainda esteja mutio cedo pra pensar nisso,porem seria o mais lógico.No ano seguinte,a equipe trocar a ordem das coisas.Não sei,mas fica minha pergunta.

- A Ferrari melhorou muito,o roblema é que essa melhora só veio na sexta corrida do ano né...

- E a Force India????DESISTO DE TORCER PARA OS INDIANOS!Os caras batem na trave sempre!Até andam bem,dessa vez com Fisico,mas nunca marcam pontos...

E é isso Ico!Abraços e até o Credencial!!!

leandro disse...

Mais uma vez o ingles,e Rubinho pode ir se conformando com no máximo, o vice,mas pode ser que vença alguma ainda.Muito difícil Button peder esse ano e com méritos. As Ferrari ainda estao vivas.Nelsinho, precisando se benzer e Nakajima...sayonara.

Ron Groo disse...

Eu nunca acho um GP de Mônaco enfadonho.
É sempre lindo.
O que me chamou a atenção foi a segunda prova consecutiva em que Mark Webber faz uma corrida muito boa.
Claro, o crescimento da Ferrari também, mas eu já esperava por isto em algum momento do campeonato.

speed.king.thrasher disse...

Queria saber de você que está vendo tudo dai de dentro Ico... vc acha q o Vettel está sentindo a pressão? pois eu tenho a impressão que sim... depois de ter sido ofuscado por Webber na espanha e de ter tido falta de performance no inicio da corrida hoje, somado ao pouco combustivel que tinha na classificação e apenas fez o 4º tempo e mais a batida... sei não.. hein... será q ele é tudo isso mesmo?

abs!

Cassius Clay Regazzoni disse...

Vamos ao meus atrasados pitacos:

Button – tá com pinta de campeão, foi quase perfeito (faltou só a volta mais rápida para o hat-trick), cada vez mais vai tornando seu companheiro o maior segundão da história do automobilismo, bom para gente que o Barrichello vai ficando cada vez mais com a sua grande matraca fechada, agradeço muito ao Button por mostrar todo o real potencial do segundão.

Barrichello – calma BARRIQUETES (nova denominação carinhosa que dei para os fãs do nosso excepcional piloto), não vou desancar meu piloto preferido (afinal é o piloto que me dá mais alegrias). Rubens foi simplesmente perfeito e fez aquilo que todos que assistem F1 desde 1992 esperam dele, ficar em segundo.

Kimi – foi bem, mas para quem falou que ia fazer e acontecer (talvez picado pela mesma mosca que picou Barrichello), que nada tinha a perder e ia para cima, falhou feio na largada, jamais poderia ter deixado o segundão passar daquele jeito, na minha opinião vai continuar a tomar pau do Massa que só não o engoliu porque teve vários contratempos.

Massa – Depois de Button, para mim foi o nome da prova, lutou, andou rápido (fez a volta mais rápida) e deu na verdade muito azar, pois, apesar de estar andando uma barbaridade, foi sempre prejudicado pelo Button (que nada teve a ver com isso). Aliás, acho engraçado gente criticando o Massa por tentar ultrapassar o Vettel, se a manobra tivesse sido bem sucedida Massa iria chegar em segundo pois perdeu muito tempo atrás do alemão, do jeito que ficou em nada prejudicou sua corrida, ele realmente tinha que ir para o tudo ou nada para tentar o pódio, talvez esses que criticam prefiram o estilo Barrichello de entregar corridas sem lutar.

Webber – De forma discreta vai mostrando grande competência e incomodando Vettel.

Rosberg – Foi bem e incomodou o pessoal da frente o tempo todo, grande corrida.

Piquet – É fechado, mas como disse um colega, apesar de errar muito, jamais prejudicou outros pilotos com suas barbeiragens, por isso pode dar puxão de orelha no Buemi.

Vettel – a decepção do final de semana, mas ainda acredito nele para o vice-campeonato.

Hamilton – Não fez nada em Mônaco, para um campeão do mundo deixou muito a desejar, mostra ainda não ser ainda tudo o que muitos dizem dele.

Alonso – Fez uma corrida medíocre mas o carro não ajuda nem um pouco.

O resto não é digno de nota na minha opinião.

P.S. Parabéns para o Helinho… arrebentou a boca do balão e deu uma volta por cima que é difícil comparar com outras, merece o respeito e a admiração de todo mundo!!!!

Anônimo disse...

Barrichello deveria assumir que é segundo piloto, e que aceitou isso mais uma vez para não ter que se aposentar. O problema não é ser segundo piloto, é enganar o público. O Massa foi segundo piloto do Schumacher e do Raikonnen, sem ser ridicularizado por isso. Ou é uma imposição contratual, ou é falta de garra, algo que ele deveria aprender com o Hélio Castroneves, que deu um show de pilotagem e superação em Indianápolis.

Luiz G disse...

Parabéns ao Jenson pela vitória...e pelo título.

Barrichello, aparentemente, vai ter que se contentar com uma ou duas vitórias no fim da temporada quando o Jenson resolver "presenteá-lo" pela ajuda prestada na temporada...tsc tsc tsc...

Daniel Wey disse...

Ico, você acha que os esforços para aumentar o número de ultrapassagens deram resultado? Na corrida de 2007, não houve nenhuma ultrapassagem na pista - nem tentativas de ultrapassagens - enquanto que hoje até que Hamilton conseguiu algumas, e teve também Rosberg sobre Massa, Massa e Rosberg sobre Vettel entre outras. Tá certo que o Vettel facilitou e que Hamilton é craque em ultrapassar. Mas você vê algum resultado dos esforços de diminuição da dependência aerodinâmica dos carros?

LeandroSpectreman disse...

A corrida foi ótima até a primeira parada para o reabastecimento e a troca de pneus. Depois, foi a chatice mais previsível dos últimos anos. Quem sabe Bernie Ecclestone não faz um contrato com São Pedro pra que nas corridas de Monaco possa pintar sempre uma chuvinha pra deixar a prova mais interessante?

Anônimo disse...

E ai Ico, como foi assistir Indy500 no boteco ? Parabéns ao Helinho Spyderman !

Todos ainda dizem que é cedo pra dizer, mas eu faço uma aposta.. Button campeão mundial de 2009.
Não é uma aposta no escuro, pelo contrario deve ser a que menos paga atualmente. E é simples de entender. Ainda temos 11 provas e sabemos que pelo menos Buton deve vencer mais 4 com 51 atuais são 91pontos.. e para ser bem conservador colocamos mais 3 segundos( 115 ) e mais 10 pontos divididos por 4 provas, temos 125 no total.
O Rubens ( para ser bem otimista ) venceria 4 ( 75 ) + 4 segundos ( 107 ) e teria de fazer 19 pontos em 3 corridas... 2 terciros e um segundo...Mas se ele ( Rubens ) fizer esta pontuação em 3 corridas o Button tem muito mais condições de fazer mais de 10 pontos em 4 provas.

Olha que não quero me estender e comparar aos outros pilotos, já que hj Vettel com seus atuais 23 pontos não teria mais chances na minha opinião.

O mais estranho disso tudo é que é muito possível que este campeonato seja bem menos disputado doque o do ano passado. O tio Max vai ficar zangado e no mínimo irá inventar uma regra do tipo.. os que mais pontuaram nas 5 primeiras corridas não podem correr nas próximas 5 !!

Um abraço

Giovani Balduino

Anônimo disse...

Anônimo, isso foi em outra epoca, gostaria de saber atualmente se não tem nehum clima estranho com brasileiros na F1

Marcos Antônio Filho disse...

Ico, e a Williams, sempre sendo primeiro nos treinos livres e tendo só um piloto pra correr. A Williams não pode troca ro kazuki pelo o kobayashi não? Pior do que isso não pode ficar!abraços!

Williams Gonçalves de Farias disse...

Alguma dúvida que o Rubinho é o acertador e o Button o piloto pro título? nenhuma né? Rubinho lança... Button ganha... é o trabalho de equipe. Mas Rubinho não é sincero o suficiente pra afirmar isso e fica fazendo média... criando falsas espectativas. Diferença entre Rubinho e Button? um segundo e meio por volta, mais ou menos...

Aciron Alano disse...

Ico, o que acontece com a Toyota, é a segunda corrida sem marcar pontos, não estaria a equipe precisando de pilotos de verdade??? Porque cá entre nós, Glock não é lá um Schumacher e Trulli, bom, é Trulli, nunca foi grande coisa.

Investir muito dinheiro e esquecer do principal, pilotos, parece conservadorismo excessivo ou privilégios de empresário de piloto dentro da equipe.

Lucas disse...

Ico, você acredita que a Ferrari ainda pode ter chances no campeonato?

Temporada chatíssima! Preferia muito mais 2008.

Se antes tínhamos 2 equipes na ponta, com outras três também vencendo corridas, agora só uma domina...e com um único piloto! Péssimo resultado pras mudanças da FIA.

Ferrari pelo menos tá melhor né... Go Massa! Go Kimi!

Hugo Becker disse...

O mais assombroso é que Jenson não cometeu um único erro. Não travou pneus, não oscilou as voltas, não largou mal, não esbarrou no guard rail. Foi impecável. E estamos falando de Mônaco...

Sei lá, se estivéssemos falando de Damon Hill com cinco vitórias em seis corridas, ou até de Nigel Mansell, eu não daria a fatura como liquidada.

Mas este Jenson Button de 2009, seguro, frio, preciso, impecável e regular, não vai perder a mão de uma hora pra outra. E não vai perder o título, também.