quarta-feira, 3 de junho de 2009

ISTAMPA

Pessoal, desculpe a ausência, mas foi um dia daqueles, culminando com problemas de Internet no hotel que estou hospedado – estou agora surfando na bondade de um cidadão constantinoplo e vou correr antes que ele desligue o seu modem. queria mesmo fazer o registro que, a partir de amanhã, vamos com gás total para a cobertura de um GP que promete muitos assuntos: esportivos, sobre a chance da hegemonia Brawn-Button ser quebrada; e de bastidores, com muita conversa e análise sobre as equipes que ficam e as que podem entrar na F-1 no ano que vem.


Antes de fechar os olhos, deixo apenas o registro de que nãocidade que me lembre mais Sampa do que esta Istambul. Pelo número inacreditável de habitantes, pela extensão da sua área (densamente povoada), pelo trânsito caótico, agressivo e absurdo (mais de duas horas do aeroporto até o hotel). Mas principalmente por seu charme irresistível, escancarado nalguma coisa que acontece no coração de todos quando se cruza a ponte sobre o Estreito de Bósforo e sê Europa e Ásia se encarando numa metrópole.


É demais!

5 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, foi bem até comparar Istambul com São Paulo.Acho que a saudade misturada com arak fez você ter essa alucinação rsrsrs Sério, comparar Constantinopla a São Paulo (que charme irresistível??????)?Sem forçar a barra hehehe

Saudações e aproveite a cidade!

Enos

Ron Groo disse...

Positivo e operante, no aguardo de novas postagens.

Dizem que Stambul é linda.

vainalousachefe disse...

Istanbul é sensacional. Pra todos que me perguntam, eu também digo sempre que se parece com São Paulo. Uma São Paulo velha, e com água em volta - e o azul do Bósforo deixa qualquer paisagem ainda mais bonita.

Mas Ico, com tantos anos de F1, você devia ter aprendido que é bem mais fácil andar de metrô que de carro aí...

Smirkoff disse...

Ico, se você não está hospedado num hotel chamado "Avicenna", você está bem perto dele, porque eu lembro bem dessa vista. Subindo a rua, chega-se num dos muros traseiros da basílica de Santa Sofia, não?

Istambul tem muito de São Paulo mesmo, tanto que eu e minha mulher chamávamos aquele terminal do Eminönu de "Largo da Concórdia". Mas eu diria que é uma mistura de São Paulo com Lisboa, por causa da água, das antiguidades e das pontes.

Hugo Becker disse...

Putz, de fato, essa descrição de "Europa e Ásia se encarando numa mesma cidade" é fantástica...