sábado, 11 de julho de 2009

O PARAÍSO DAS MINIATURAS

Döttinger Höhe é o nome de uma das muitas curvas do Nordschleife, a última antes da longuíssima reta bem no final da volta, feita em terceira marcha no GPL (ou em quarta, dependendo do seu humor e/ou coragem). É também o nome de um posto de gasolina que fica ali em frente, do outro lado da estrada que corre paralela à reta e serve como principal acesso ao circuito de Nürburgring.

É uma espécie de ponto “cult” da região. Além das bombas de abastecimento, há uma pequena pousada, um restaurante, uma loja de conveniência e o melhor de tudo: uma loja de miniaturas. Mas não é uma qualquer. Todo ano, a Minichamps premia o dono do melhor ponto de vendas dos seus produtos na Alemanha. Nos últimos, o título quase cativo ficou com o homem que comanda o posto de Döttinger Höhe, Hans-Joachim Retterath.

Claro que eu passei lá e fiquei encantado com a quantidade e a qualidade das miniaturas – mas os preços acompanham o normal do mercado, ou seja, um pouco salgados para um garimpeiro de pepitas do eBay como eu. A saída foi comprar uma mini de preço normal, mas absolutamente desejada, e outras cinco entre os modelos em oferta. Deu para saciar a vontade, e bem. Vou postá-las aqui no blog aos poucos.

E fica dada a dica: se um dia você for a Nürburgring, não deixe de passar no posto. Seria como ir a Paris e não ver a Torre Eiffel...

10 comentários:

Pedro Cuenca disse...

Obrigado por, sem querer, me indicar um passeio para quando eu for pra Alemanha.

Washington disse...

Bacana o lugar em Ico, da até medo de entrar ai com um cartão de crédito! srsrsrsrsrsr

Alexandre Ribeiro disse...

Caro ICO:

Não posso ir a um lugar desses, das duas uma acontece: ou infarto ou abro falência...

Gustavo disse...

Paraiso mesmo, organização impecável. Muito legal um dia vou lá assim como nos museus de automóveis da Alemanha

Daniel Médici disse...

Tá anotado, Ico!

Mas devido à questionável qualidade das miniaturas da Torre Eiffel que os ambulantes vendem lá perto da dita cuja, sugiro uma pequena mudança na metáfora: é como ir a Paris e não tomar um bom champagne!

Alexandre Carvalho disse...

Eu torraria o equivalente a R$ 1 mil nessa loja fácil, sem nenhum remorso.

Blog do Malfitani disse...

Olá Ico.

O melhor de tudo é que existe em São Paulo uma loja de automodelismo em escala que diria eu, se equipara a essa.

Fica no Jd. Peri-Peri, próximo ao Bonfigliolli.

Chama-se colecionáveis, algum de vocês conhece?

Abraços e obrigado pela dica.

Tohmé disse...

Tô com o Alexandre. O negócio é passar bem longe...

Rosa disse...

Oi Ico,

posso te fazer uma pergunta sobre os bastidores da F1? É uma curiosidade que eu tenho...lá vai...

Acho interessante a ausência da família Vettel nos GP's. Sei que o papai Vettel sempre está nos autódromos, pois aparece nas galerias de fotos dos sites especializados. Mas durante as corridas, nas transmissões, ele nunca aparece, nem qdo Vettel ganha, parece que não está nos boxes.

Isso é bem diferente do que acontece, por exemplo, com as famílias Massa, Button, Rosberg, Hamilton...que sempre estão em foco nas transmissões. Mãe ou namorada do Vettel...essas mesmas eu nunca vi nem nas fotos dos sites. E olha que o GP de hj foi na Alemanha!

Enfim, qual a postura do Vettel no que tange à presença da família dele na F1? Ele, por acaso, acha que família atrapalha? Ou quer proteger sua vida pessoal ao máximo? Ou existe orientação da equipe que barre a presença da família nos bastidores? Ou, então, a família Vettel está lá, só que as câmeras ainda não descobriram?

Obrigada, Ico.

Abraço,
Rosa.

Raphael disse...

Vi ali o motorhome (buzão) da Porshe Gulf entre outros, será que tem da Lotus Gold Leaf?
Quanto custa uma coisinha linda dessas?


Abraços