domingo, 25 de outubro de 2009

TV BLOGO – PINK FLOYD: UMMAGUMMA


“Ummagumma” é o disco mais alternativo de uma banda alternativa por si . E é o meu favorito dentre a obra do Pink Floyd. O lançamento do álbum duplo ocorreu há exatos 40 anos e para embalar esse fim de domingo, nada como curtir a tranqüilidade de “Grantchester Meadows” nesse raro vídeo, uma dessas preciosidades que uma alma bondosa disponibilizou no You Tube. Boa audição!

13 comentários:

Rafael Dias Santos disse...

Blza de som...faze de transicao do Pink

para quem gosta desse clima fica a dica do ultimo cd e dvd do Gilmour solo. On an island. Bom demais!

Farah disse...

A melhor banda de todos oso tempos!

José A. Matelli disse...

Absolutamente do caralho...

olavoito disse...

De arrepiar, mudando de década, mudando a musicalidade, é a ponte da fase psicodélico para o prograssivo...

F-1 A.L.C. disse...

aquela do grande vizir é uma musica e tanto. também curto muito aquela dos animais na caverna, muito doida

Aun disse...

Nice,

Um abraço,

Rafael Aun

Gabriel Souza disse...

Pink Floyd é demais! Esta música é perfeita para ser ouvida deitado em uma rede, no sítio, acompanhado pelo som da natureza, como no começo do vídeo.

Waters, Gilmour e Wright, três gênios.

Abraço!

Caíque Pereira. disse...

Foi o primeiro album do Pink que comprei.

Ron Groo disse...

Gosto do Pink Floyd, mas prefiro o primneiro disco The piper at the gates of dawn.

Os outros, sem Barret são bem legais até o The Wall, depois desanda um pouco.

Este Ummagumma eu nunca ouvi inteiro, mas gostaria. Vou atrás.

José A. Matelli disse...

Concordo com o Ron Groo. Para mim, o Pink Floyd poderia ter acabado depois de The Wall e teria sido uma lenda ainda maior do que é.

Fernando Mayer disse...

Adoro o Pink Floyd e pra mim o Dark Side...é o melhor disco gravado na decada de 70. Este dico Ummagumma é fantástico principalmente o que tem as músicas gravadas ao vivo. A versão de Astronomi Domine simplismente demais! Do disco dois, Grandshester Meadows é a minha favorita mesmo. O Gilmor e o Waters são gênios (como Senna e Prost na F-1, inclusive pela história de ambas as duplas) e tem vozes únicas e um jeito de tocar maravilhoso. O Melhor show que vi na minha vida foi em 2002 quando o Waters se apresentou no Pacaembú. Dizem que em 2007 foi 1000 vezes melhor no Morumbi e eu morro de raiva cada vez que penso que deve ter sido mesmo.

Abç

Gabriel Souza disse...

Fernando, não é por nada, mas o show de 2007 foi realmente espetacular!!

Lucas Carioli disse...

Como fã completamente xiita do Floyd, comprei a versão dupla em CD desse disco esse ano, justamente para comemorar os 40 anos do lançamento. O álbum em si não é muito do meu agrado, mas Granchester Meadows e "In the Narrow Way" são obras-primas!

Ico, esse disco tem uma gravação ao vivo pirata muito interessante chamada de "The Man and The Journey", também de 1969. Já ouviu?