quinta-feira, 19 de novembro de 2009

BLÖDE SAISON

Seria essa a tradução de “Silly Season” em alemão. E o idioma de Goethe foi escolhido porque todos os indícios apontam para uma dupla de pilotos completamente germânica para a Mercedes GP em 2010. E ela está , na foto acima. Nico Rosberg está certo, todo mundo sabe. Mas a inesperada vaga aberta pela saída de Jenson Button abriu novas perspectivas. Algumas que parecem um sonho, outras mais reais.

Nick Heidfeld é
quem está mesmo mais perto da vaga. Recebeu elogios públicos de Norbert Haug em Interlagos e é, dos pilotos disponíveis no mercado, a melhor opção do ponto de vista pragmático dos alemães: barato, experiente, vai somar pontos com regularidade e ajudar nos ajustes do carro ao longo do final de semana. Se Rosberg é a aposta para o sucesso, Heidfeld cairia como uma luva no papel de segundo violino, dando o suporte necessário para o solista. A negociação com seu empresário está em curso, mas há outros nomes na pauta, como é praxe na Fórmula 1.

O
de Michael Schumacher seria inevitavelmente ventilado numa situação como essa, e foi o que aconteceu hoje na Europa, em diversos meios. As assessorias do piloto e da Mercedes desmentiram. “É natural que isso aconteça enquanto houverem cockpits vagos. Mas algumas especulações são sonhos que jamais se tornarão realidade”, foi o que disse o pessoal de Stuttgart.

Mas
minha bem-informada colega Karin Sturm informa que gente ligada a Willi Webber admite a existência de uma, ainda, sondagem. Dinheiro não seria problema, pois as duas partes estão cientes do retorno publicitário que a associação traria. As semanas seguintes ao anúncio da volta que não aconteceu, no meio do ano, mostraram muito bem isso. Mas há uma série de implicações que complicam o “sonho”: Schumacher prolongou seu contrato de conselheiro da Ferrari por mais três anos e os italianos não teriam muitos motivos para fazer umfavor” ao rival e liberá-lo. E sua própria saúde ainda gera dúvidas. No Race of Champions, o alemão não dirigiu todos os modelos disponíveis, possivelmente pelo pescoço ser ainda incapaz de suportar algumas forças. Talvez o sonho não vire realidade por uma questão que vai além da inconsistência da especulação.

Ah!
Ainda tem Ralf Schumacher na foto. Pois é: ele é piloto da Mercedes-Benz na DTM e tem uma ótima relação com Norbert Haug, mas carece tanto do apelo publicitário quanto do talento do irmão. A questão é que Ralf, assim como Jacques Villeneuve, botou na cabeça que quer voltar para a Fórmula 1. Suas chances na Mercedes são zero, mas ele esteve em Hinwil e mantém conversas para uma eventual vaga na Sauber. Para melhorar suas chances, torce pela escolha de Nick Heidfeld pela equipe prateada.

Quanto
a Kimi Raikkonen, o discurso de Steve Robertson à Autosport indica o que é óbvio: se pagarem o que eles pedem, é pegá-lo. Mas Norbert Haug nunca foi o maior de Raikkonen, ele é tido como um piloto caro de motivação duvidosa. E não se encaixa de jeito nenhum no tipo de marketing que a Mercedes gosta de aplicar, na imagem que a empresa gosta de vender. Difícil imaginar que vão mudar de idéia de uma hora para a outra, só porque Button foi embora.

13 comentários:

Kico disse...

Se o ano que vem for de aprendizado e um desempenho esperado mais para Williams do que para McLaren, o nome é Heidfeld.

Anônimo disse...

Ico, os alemães da Mercedes gostam que os brasileiros comprem seus carros luxuosos fabricados na Alemanhã, mas não gostam do 3 mundo aqui é só pra dar lucro caminhões e Vans são fabricados, nem pilotos eles aceitam é a soberba.

Alê disse...

e o Sutil? Não rola?

Anônimo disse...

Ico,

melhor essa atual Blöde Saison que uma eventual Böse Saison!!

abraço,
Renato

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Alê, o Sutil entrou em contato com o pessoal da Mercedes, mas nao tem muitas chances. É jovem e ainda tem muito a provar. Um perfil parecido ao do Rosberg, mas este é uma aposta muito mais segura. E eles nao pegariam outro nome assim.

Abs!

Anônimo disse...

cara eu sou fã da mercedes benz, da ferrari,maserati ,tudo que é fabrica que participa ou participou mas se fizeram rosberg e outro piloto qualquer eles vão pro caminho da toyota muito dinheiro investido e pilotos medianos.eles precisam do raikonen mais do que imaginam...raikonem bota o rosberg no chinelo...

Fernando Kesnault disse...

Argh, ver o Ralf na f-1 dá vômitos a montão. Piloto horrível, fraco tecnicamente, um fiasco na DTM só conseguiu participar na temporada de 2009, graças à influência e pedido do mano veió.

Speeder_76 disse...

Kimi na Mercedes? Nâo creio. Acho que não tem o "feeling", a vontade de correr. Ele deve ter mais a cabeça nos Ralies.

Michael Schumacher na Mercedes? O prescoço dele ainda não está em condições, creio. Para além disso, fará 41 anos em Janeiro. Estaria em forma?

Ralf Schumacher na Mercedes? Pior seria impossivel... para isso, mais vale contratar o irmão!

Acho que eles vão para a dupla Rosberg/Heidfeld. Deviam criar o seu campeão, e não ir buscar um.

Jonny'O disse...

Não sei se isso é possivel ,mas eu tentaria o Kubica ,se é verdade que a Renault está a venda.

Ano que vem todos os grandes nomes estarão em times fortes ,e a Brawn ficou a pé, só vejo em Kimi ou Kubica ,pilotos com capacidade de lutar por um titulo.

Arthur disse...

Quando saiu a noticia que o Button tinha ido para a McLaren pensei na hora no Kimi.

Mas deve dar Heidfeld mesmo.Por sinal,ele se deu é muito bem.Depois de sofrer na BMW vai acabar na equipe campea mundial.

Bem lembrado!Também tinha o Sutil,mas por enquanto deve ser melhor ficar na Force India.

Anônimo disse...

Se a Mercedes ficar com Nico e Nick, seus carros vão andar do terceiro posto para trás. O unico piloto bom à disposição é o Kimi. E tem que ser êle!

ba disse...

Comentários silly season: já pensou se o Barrichello aceitasse a proposta da McLaren e o Button resolvesse sair? Voltaria para Williams?

Anônimo disse...

E os outros pilotos da Mercedes que estão na DTM?