terça-feira, 17 de novembro de 2009

E A RENAULT?

Timo Glock confirmou nesta terça-feira que vai correr pela equipe Manor/Virgin no ano que vem. O acordo estava fechado há algum tempo e veio à tona agora porque o futuro prateado da Brawn GP, time que a Virgin apoiava, tornou-se público ontem. O brasileiro Lucas di Grassi aparece como principal candidato à vaga, mas ainda há uma série de detalhes a serem acertados antes de assinar. O time também conversa com o norte-irlandês Adam Carroll, último campeão da moribunda A1GP.

As
notícias da Manor jogam ainda mais dúvidas sobre o futuro da Renault. Glock aparecia como um nome bem cotado para ser o companheiro de equipe de Robert Kubica, mas resolveu/precisou plantar seu futuro em outra seara. O próprio Di Grassi é um candidato natural a correr ao lado do polonês. Ele vai testar com a Renault em dezembro e afirmou ontem que ainda é uma das opções da equipe. Mas eu o sinto muito mais focado na (e próximo da) Manor.

A Renault
ainda teria um punhado de alternativas no mercado: Heikki Kovalainen, Nick Heidfeld, até mesmo o nome de Franck Montagny foi ventilado nesta semana. Mas a impressão que fica é que o time tirou o nessa busca por um segundo piloto, um sinal preocupante de que ninguém sabe muito bem o que vai ser do futuro da organização.

11 comentários:

WiLL disse...

É Ico, o brasileiro não brasileiro presidente da Renault, que não gosta de F-1 melou a declaração do Bob Bell... Ou seja, ao que tudo indica, parece que Kubica voltará a ficar desempregado...

F-1 A.L.C. disse...

cada vez mais a Renault está com o pé na cova. e kubica pode pedir emprego de motoboy no restaurante do pai de Kamui

Aderson disse...

Será mesmo que Kubica ficaria a pé com a saida da Renault??
Desconfio que alguem irá assumir o espolio da equipe caso a Renault pule fora.
E acho que esse alguem seria o Briatore.
Ele deve conseguir reverter a proibição que recebeu apos o julgamento do crashgate.

Anônimo disse...

É.... o "croissant" (pra não dizer a batata) da Renault tá assando...

O Lucas di Grassi já não diz que tem chances na Renault como píloto oficial. O Timo Glock já garantiu sua vaga (desde que a Manor se apronte para o ano que vem)... Como disse o Aderson aí em cima o Briatore tá louco pra botar as mãos nas migalhas que sobrar da Renault...
O franco-libanês-brasileiro Carlos Ghosn (chefão da Renault), com toda aquela cara de "Mr. Bean com vontade de espirrar", já não gosta muito da F1... Já não se fala mais em um segundo piloto pra Renault...

É... au revoir Renault...

abraço
Renato

Anônimo disse...

[adendo]

A Renault "perdeu" o Fernando Alonso, o único piloto que andava com os carros da Renault....

Williams disse...

Pelo que parece os Piquet não sacanearam só o Briatore mas de tabela toda a Renault. Pra mim o time já dava como certo sua venda pro Briatore, nos mesmo moldes da Honda - Brawn.
A alguns dias se reuniram.... falaram que só no final do ano é que vão se pronunciar... pra mim eles tão só ganhando tempo pra ver se o Briatore consegue voltar.
Se acontecer essa pizza, e deve realmente acontecer se a equipe for deixar a F1 (Ecclestone tmb não ia querer nada perder mais uma), aí os Piquet vão se ferrar muito. O Todt já falou que Briatore poderia entrar muito bem com uma representação na corte pra reverterem sua posição de hesílio.
Piquetzão além de queimar a carreira do filho ainda pode ver o Briatore como dono de equipe... vai ser de doer o coração! E o Piquetzinho? será que ele pode ser o companheiro do Kubica? Brincadeiras aparte: ICO, tem alguma notícia do Briatore? ele já entrou na corte pra pedir anulação do julgamento? tens alguma notícia dele? Abs

Fernando Mayer disse...

Agora já pensaram a FOM ter que transmitir uma corrida inteira tendo que exibir os carros da "BRIATORE GP"? Isso me faz lembrar quando o Eurico Miranda fez a Globo exibir a imagem do logo do SBT estampada na camisa do Vasco na Final da Copa João Havelange (é assim que escreve esse nome?) no ano 2000 quando a emissora do Homem do Baú patrocinou o time de São Genuário. Meu Deus, será que dá ainda pra acreditar na credibilidade deste esporte?

Abç

Ron Groo disse...

Não acho que a Renault vá sair das corridas de F1, mas acho que vão fazer o papel mais feio dos ultimos anos.

Fico com dó do Kubica, que é ótimo piloto e vai pilotar uma carroça, um sandero metido a besta.

Quanto ao Glock e a Manor/Virgin... empataram. Nunca acreditei nem em um nem em outro.

Mundo F1 disse...

Nuevo BLOG de Formula 1 con Noticias, Fotos, Videos, Historia ECT.
Te esperamos que nos visite siempre y que nos comente.

avisame asi te coloco en mis --> Paginas Amigas <--

Contacto Bruno_Tarulli@live.com.ar o Mundof1@hotmail.com

Un saludo desde Buenos Aires en Argentina !

Chau !

Pit Stop Formula 1 - BLOG Argentino de F1

http://pitstop-f1.blogspot.com/

Beatle Ed disse...

Com os resultados insatisfatórios dos últimos anos e o mega escândalo de Cingapura a imagem da Renault ficou seriamente comprometida e seria mais do que óbvio que a equipe se retirasse da competição.

Eu li (já não lembro onde) que na verdade como punição, Ecclestone exigiu que a Renault ficasse mais dois anos na F1.

Não acho improvável que isso tenha ocorrido, resta saber se eles vão de fato acatar a ordem e honrar o compromisso.

Entre ficar entre os últimos do grid e uma retirada desonrosa você optaria por qual?

Aderson disse...

A nova noticia sobre os franceses é que estaria sendo vendida 40% do time para os russos.
Abrindo as portas para o Petrov entrar na F1.