segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

MERCEDES SURPREENDE

Enquanto sete das treze equipes da Fórmula 1 trabalham no circuito Ricardo Tormo em Valência, temos tempo para estudar os três carros que foram a público no dia de hoje. O que mais chamou a atenção foi o Mercedes GP W01 – W se refere à palavra “Wagen”, oucarro”, em alemão, um prefixo usado pela marca na década de 30, como no fabuloso W125.

Mercedes GP W01
O
novo modelo surpreendeu na asa dianteira, ao juntar as filosofias da Brawn e da Red Bull de 2009 na mesma peça. Assim, o W01 tem um nariz com uma curva acentuada para baixo e uma superfície côncava perto do cockpit. O espelho retrovisor ficou mais trabalhado que o do seu antecessor, o BGP 001, mas ainda é montado na lateral do chassi, contrariando a moda de colocá-lo no topo dos apêndices aerodinâmicos externos às entradas de ar laterais. A entrada de ar superior ficou triangular e o projeto incorpora dois orifícios laterais na altura do motor.

O
escapamento foi colocado o mais próximo da traseira possível, seguindo a filosofia da McLaren e ao contrário da Ferrari. Mas, como os italianos, a Mercedes abriu mão da “barbatana de tubarão” e colocou apenas uma lâmina perpendicular que desce progressivamente a partir da entrada de ar superior, terminando próximo à caixa de câmbio. Como fica claro, é um desenvolvimento do carro campeão do ano passado que incorpora algumas idéias dos concorrentes, mas o conjunto apresentado é compacto e harmônico, o que denota que as soluções foram trabalhadas e melhoradas ao máximo no moderno túnel de vento de Brackley.

Williams FW32
O carro de Rubens Barrichello chama a atenção pelo bico alto e de espessura muito fina. O trabalho ali foi concentrado em direcionar melhor o ar para a parte debaixo do carro, buscando otimizar o ganho na saída dele pelo novo difusor da equipe. Infelizmente, a única foto que deu para ver dessa peça não permite muitas conclusões, mas a impressão que dá é que os projetistas buscaram incorporar uma lâmina em cima da estrutura de impacto posterior para aumentar ainda mais o efeito do difusor. O canal de entrada de ar superior possui uma segunda secção logo atrás de onde fica colocada a câmera onboard, uma solução diferente daquela feita pela Mercedes. o desenho da carenagem superior é similar nos dois carros. Não parece um projeto agressivo, o que não é necessariamente uma desvantagem. A aerodinâmica parece mais refinada que a do carro anterior e a Williams costuma fazer bons chassis que garantem uma boa aderência mecânica também. Se o motor Cosworth chegar a bons valores na tríade potência-consumo-torque, o time chega com um bom conjunto para a temporada.

Toro Rosso STR5
Aqui
sim temos um carro que é quase uma cópia do modelo da Red Bull do ano passado. Um caminho lógico, afinal ele teve de ser todo desenhado em Faenza e os projetistas tinham em mãos todos os detalhes do projeto vencedor de Adrian Newey. A principal diferença está na entrada de ar superior, que inicia em uma boca circular e termina numa saída de ar única logo acima da estrutura de impacto posterior. Isso permitiu que o difusor ficasse mais largo, o que pode representar um ganho em curvas de alta. No resumo, um projeto mais conservador que parte de uma boa base, mas longe ainda de ser uma evolução das filosofias do RB5 (ou do STR4).

6 comentários:

Anônimo disse...

Oi Ico,

uma coisa que reparei no carro da williams foi que na tomada de ar para as cornetas de admissão do motor existe uma espécie de "entrada auxiliar" que vc pode ver logo atrás da camera de tv.

Afinal é isso mesmo ou estou vendo demais ? hehehe

abs

Filipe W

Tuta Santos disse...

Ico, fotos muito boas, mesmo sem luz, e textos resumidos e completos, ponto para os meninos, parebéns, tu é bom, cara.

Ron Groo disse...

Estranho o carro da Mercedes, o bico é tão curvado que dá a impressão e ser retorcido.

A Williams que tanto amo parece que colocou uma tábua na frente do carro.

Estou um tanto decepcionado com os lançamentos. Falta ousadia.

Quanto não daríamos para ter ao menos meio Collin Chappman desenhando carros.

Loucos por Autorama disse...

O Bico da Mercedez difere bastante das outras equipes. Pelos comentários, podemos esperar algo a mais em relação a Willians de 2009 !

Felipe Playmobil disse...

- Grade Ico, a Williams ja ta testando com o motor Cosworth ?

Abraço.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Felipe W, é isso mesmo, a entrada ajuda na refrigeracao do motor.

Felipe P, sim, a Williams já está andando de Cosworth, o envio das primeiras unidades para as equipes aconteceu há três semanas.

Tuta, valeu, mas boas saos tuas charges. Aqui no blog, o espaco está aberto para elas!

Abs