sábado, 18 de setembro de 2010

TV BLOGO - JIMI HENDRIX

É difícil imaginar Jimi Hendrix com 67 anos, mas é a idade que ele teria hoje se sua lâmpada da meia-noite não tivesse se apagado há exatos 40 verões. Uma morte controversa, aparentemente ocorrido por um excesso de soníferos que fez com que o músico acabasse sufocado no próprio vômito ao final de uma noite de excessos. Mais um que se foi cedo demais de uma geração que se acabou mesmo nestes exageros de festas, álcool e drogas. Mas que deixou também uma obra que inspira até hoje. Aperte o play e boa audição!

7 comentários:

edson disse...

Piloto? heheheh Se for, é como Hendrix pilotava uma Fender... magistral. Abs

tibone disse...

Ico, Hendrix não precisou viver mais para mudar o mundo. Sua morte foi realmente controversa, mas seu legado vive até hoje, na sua belissima música e em uma mensagem de paz e amor que é completamente a prova do tempo.

Ah sim, acho que tu estás trabalhando demais, hein ? Chamou o Hendrix de piloto na frase : "...que fez com que o piloto acabasse sufocado...", hehe.

É o costume, né ?

Boa sorte na transmissão do GP de Singapura, estaremos juntos, via Band.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Hahahaha, foi excesso de trabalho mesmo! Daqui a pouco vou chamar a minha esposa de "chefe de equipe".

Abs!

Lucas Carioli disse...

Se eu pudesse ressucitar alguém, Jimi Hendrix seria um deles. Parecia ser um cara muito legal além de um gênio da música.

Ron Groo disse...

Uma vez um amigo escreveu um texto bacana sobre: "Se Hendrix não tivesse morrido aos 27".
Uma das coisas que ele apresentou no texto e que eu mais viajei foi um disco que Jimi gravaria com Miles Davis.
Eu me arrepio só de pensar no tipo de som que sairia da jam destes monstros... Vou ver se acho o texto.

ba disse...

É, Groo, ainda por cima parece que o Miles falou (acho que em tom de brincadeira) que ele era muito melhor do que Hendrix. Hendrix, então, teria dito algo do tipo "em vez de a gente ficar discutindo pra ver quem é melhor, por que não gravamos juntos?"

Ico, vou deixar só um protesto aqui (não em relação a você, claro): é JIMI! J-I-M-I! E não, Jimmy, Jimy ou aberrações do tipo!

Quem ouve "Third Stone From The Sun" tem que se considerar privilegiado.

Abraço e obrigado pelo desabafo.

PS: "Fly by Night" pra abrir os posts de Cingapura? Hein, hein?

Dé disse...

Vesperax, esse é o nome do barbitúrico que Hendrix tomou e que causou sua morte.

E não foi numa noite de excessos. Ele apenas não conseguia dormir, angustiado com as grandes responsabilidades colocadas em suas costas. Advogados, agentes, gravadora, família, namoradas, sua banda, seu estúdio…enfim coisas demais pra um jovem de 27 anos lidar.

Sua namorada, Monika Dannemann, lhe deu alguns comprimidos e o resto todos já sabemos.

Jimi Hendrix foi um dos grandes gênios do século XX, sua música e a maneira com que reinventou a guitarra elétrica ainda são referências quarenta anos depois de sua morte.