quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

QUANTO VALE UM GÊNIO?

Se a Fórmula 1 fosse futebol, o chefe da Red Bull Christian Horner poderia dar uma de Vicente Matheus e dizer em tom solene: – Adrian Newey é invendável e imprestável! A brincadeira em cima do folclórico dirigente de futebol não esconde o fato de o projetista da equipe anglo-austríaca ser o principal responsável pelos dois títulos conquistados neste ano. Se o “mago das latinhas” Dietrich Mateschitz despejou rios de dinheiro para tornar seu time vencedor, foi a contratação do “gênio da prancheta” Newey que cimentou o avanço para a organização se tornar a maior dentre as maiores.



E como as coisas no mundo da velocidade funcionam de forma diferente do futebol, surge agora na Europa a informação de que a Ferrari foi, sim, sedenta para cima de Newey, após constatar que um Fernando Alonso só não faz verão. Luca di Montezemolo teria enviado ainda durante o meio da temporada um headhunter para Milton Keynes, que fez uma proposta indecente para o projetista: um salário quase imoral, uma aposentaria polpuda e a liberdade de trabalhar diretamente da Inglaterra, sem precisar mudar o escritório para Maranello.



O valor da proposta não foi quantificado, mas estima-se que Newey ganhe algo entre 10 e 20 milhões de euros por ano (R$ 25 a 50 milhões). Não seria difícil para a Ferrari dobrar a oferta.

O lado bom da história é que Newey já deu sua resposta: um sonoro “não”. Para azar dos italianos e sorte da Red Bull, o inglês não quis abrir mão do trabalho com uma trupe que conduziu ao sucesso. Pegar uma organização com recursos e angariar mais títulos para ela é algo que ele já conheceu no passado, primeiro na Williams, depois na McLaren.



Nada que se compare ao prazer do que ele atingiu agora, com a Red Bull. Antes de sua chegada, Mateschitz juntou os ingredientes básicos do bolo: um túnel de vento de última geração, o melhor simulador dentre as equipes da Fórmula 1. Mas foi a chegada de Newey que fermentou a receita. O sucesso da equipe é praticamente só seu. E isso não tem preço.

(Foto Red Bull. Coluna originalmente publicada na edição de 30 de dezembro no Diário Lance!)

17 comentários:

roger disse...

Realmente o cara é um Gênio!
Em 2013 ele vai detonar (partindo do zero) quem estiver lá vai voar (até sem as asas...de Red Bull).

jujubinha disse...

"Sucesso da equipe praticamente só seu"? E o Vettel, não conta??

Anderson Nascimento disse...

Toma Ferrari! Precisava levar uma dessas. Newey é um gênio incrível!

Ron Groo disse...

Numa má comparação, Adrian seria José Mourinho?

Adalberto disse...

jujubinha, vamos colocar diferente entao, Newey foi 99% do titulo de Vettel.
Porque,(vou roubar essa Ico) so um Vettel nao faz verao. A prova disso que ate Mark Webber andou bem.

Lucas Fawkes disse...

A Ferrari é a pior equipe de todos os tempos, e este texto do Ico confirma isso... Não se pode comprar tudo Ferrari... Seu legado vai caindo aos poucos, em meio de vigarices e mutretas...

jujubinha disse...

Só um Vettel faz verão, sim senhor! Lá em Monza 2008, com o carrinho da Toro Rosso, debaixo de chuva e deixando todo mundo pra trás, alguém lembra do nome do projetista do carro? Ninguém porque foi o Vettel que ganhou aquela corrida incrível, sozinho! Óbvio que reconheço o talento do Newye, ele é sensacional, mas 99% é um exagero. Só fosse assim era só colocar o carro no automático.

roger disse...

O Toro era Newey too!!!

Billy disse...

O clima da Red Bull é diferente, dado o que Mateschitz disse sobre um possível jogo de equipe em Abu Dhabi. Na Ferrari, a pressão por resultados é imensa, ninguém trabalha direito, as ordens de equipe mostram bem o espírito de porco da equipe. Mas dizer que o mérito é praticamente só dele, aí não, né, Ico?! Vettel simplesmente se tornou o mais jovem campeão da história.

Gleden Lopes de disse...

Ele eh muito bom mesmo, porem vale lembrar que ele era o projetista da FW16 que matou nosso Saudoso Ayrton Senna. Ficou na Williams de 91 ate 97, ganhando os titulos com Mansel (92), Prost (93),Hill (96) e Villeneuve (97). Depois foi para a McLaren e foi campeao em 98 e 99 com Hakkinen. Realmente o cara eh fora do serio. Pena que em 94 ele cagou o projeto da Williams.

Adalberto disse...

Jujubinha, mas o companheiro de equipe de Vettel tambem era um cara badalado: Bourdais. Mas atencao era toda do alemao, claro.
Entao chegamos num enigma: Webber eh tao bom quanto Vettel?
Antes que digam que sou contra Vettel: nao sou. Admiro muito ele como piloto e principalmente como pessoa. Moro na Inglaterra e vejo muitas entrevistas dele na televisao. Eh muito educado e solicito, e de um incrivel bom humor, mesmo que o resultado nao seja pra tanto.
Mas eu vejo gente com muito oba-oba em cima dele por causa dessa temporada, onde ele teve uma ajuda divina para ganhar o campeonato. Fez o papel dele, que era encaixar vitorias atras da outra. O resto foi sorte. Sorte de campeao.
Agora ele eh o futuro. Pra mim, sera o proximo grande nome da F1.

Dé Palmeira disse...

Um gênio que diz não a Domenicalli e Montezemolo?

Pra outras coisas existe Mastercard.

Anselmo Coyote disse...

Jujubinha,

"Sucesso da equipe praticamente só seu"? E o Vettel, não conta??".

Não. Não conta. Com aquele carro, com o qual até o canguru andou bem, o Alonso, o Hamilton, o Button e até o Kubica teria ganho o campeonato com umas 5 ou 6 corridas de antecedência.

Quanto a 2008... rsrs. Memória fraca.
No finalzinho do treino o alemãozinho saiu no seco, marcou um tempo pífio. Caiu um temporal e os outros entraram apavorados, alguns sem sequer trocar p/pneu de chuva.

Resultado: O tiãozinho largou na frente debaixo de outro temporal, não passou ninguém (porque ele não sabe ultrapassar, é fato) e ganhou. Até o Barrichello já fez mais do que isso.

Título:
99,99% - Adrian.
0,005% - Mecãnicos/equipe/estratégia.
0,005% - Vettel (por ter se deixado levar pelo carro sem interferir em algumas corridas).

Abs.

Ico (Luis Fernando Ramos) disse...

Pessoal, eu quis dizer que o fato da equipe ter se tornado uma das grandes, com um equipamento capaz de ganhar provas e e disputar títulos, se deve essencialmente ao Newey (vale lembrar, era Stewart, depois Jaguar e depois uma Red Bull que tinha mais ação de marketing do que de pista).

Sobre o desenrolar do campeonato em si, eu não diminuo o valor do Vettel de jeito nenhum - basta olhar as quatro últimas provas do ano para ver o qto ele mereceu o título. E discordo do pensamento de q "com esse carro, Alonso ou Hamilton seriam campeões com antecedência". Pelos erros q cometeram (assim como Webber e Vettel), eles jogaram fora a chance de ganhar com antecedência com seus próprios carros.

Abs!

jujubinha disse...

Vettel não sabe ultrapassar??

No GP da Inglaterra (2010) Vettel passou Massa, Buemi, Petrov, Hulkenberg e Schumacher com relativa facilidade. Já Sutil foi osso duro de roer. Seb precisou realizar uma “ultrapassagem a la espanhola” - com um toque pelo meio – para conseguir superar o piloto da Force India, o que lhe garantiu o 7º lugar.

Go Seb!!!!!!

O BI é nosso!!!!!!!!

Anselmo Coyote disse...

"Pelos erros q cometeram (assim como Webber e Vettel), eles (Hamilton e Alonso) jogaram fora a chance de ganhar com antecedência com seus próprios carros.".

Concordo. Hamilton, Alonso e Vettel erraram. O Vettel errou mais e ainda assim foi campeão. Nenhuma mágica. Foi o carro.

Abs.

Adalberto disse...

Quanto a ultrapassar, acho que faltou mais oportunidades do que propriamente vontade por parte do alemao. As provas que ele venceu mostrou isso, ele largou e foi embora.
Ele fez o que todo campeao fez, teve um time ao seu redor, e um carro capaz de leva-lo ao titulo.
Nao desperdicou, fez o dever de casa e foi campeao, ajudado pelos erros dos adversarios tambem. Ninguem eh campeao com carro ruim.
Mas mostrou que tambem erra, e bastante. Mas eh um comportamento a ser lapidado.
Acho que ainda veremos muitos titulos por parte dele.
Mas o titulo de 2010, vai para Newey, 99%. Webber provou isso.