quarta-feira, 2 de julho de 2008

FOTO DO DIA – GLOVER TROPHY 1962

Três corridas de Fórmula 1 no mesmo dia? Sim, isto era possível numa época em que quase não se testava, mas, em compensação, havia um punhado de corridas extra-campeonato. No dia 23 de abril de 1962, houve uma prova no circuito urbano francês de Pau, vencida por Maurice Trintignant. E duas na pista de Goodwood. A primeira, batizada de “Lavant Cup”, era restrita a carros com motores de quatro cilindros e teve Bruce McLaren como vencedor com uma Cooper T55.

Mas a principal prova do dia foi o Glover Trophy, com um grid mais extenso e o dobro de duração. A foto acima mostra um dos últimos momentos da carreira de Stirling Moss, com um Lotus 18. Pouco depois, ele sofreria um acidente pavoroso, chegando até a entrar em estado de coma. Moss nunca mais correu profissionalmente, mas tinha feito a pole-position (com dois segundos de vantagem!) e registrado a melhor volta da corrida, antes de bater. Era um baita piloto.

2 comentários:

Max disse...

nos extras do DVD de Grand Prix, ele dá um depoimento dizendo que nunca usou cinto de segurança na vida, por medo de ficar preso no carro...

Anônimo disse...

O acidente de Moss criou um buraco na F1,digo ,desapareceu o parametro entre os pilotos quanto a velocidade .

Jonny'O