segunda-feira, 6 de outubro de 2008

CAIU O DOMINÓ

A BMW confirmou Nick Heidfeld e Robert Kubica como a dupla da equipe para 2009. É o sinal mais contundente de que Fernando Alonso vai permanecer pelo menos mais um ano na Renault. Mas a notícia não influi em nada na situação de Nelsinho Piquet, Lucas di Grassi, Rubens Barrichello e Bruno Senna. Quatro brasileiros na briga e poucas vagas no mercado. Quem será que vai ficar de fora?

6 comentários:

Carlos Colangelo disse...

O Rubens fica de titular na Honda e o di Grassi na Renault... Seninha vai ser test driver em algum time, e Piquetzinho só deus sabe, talvez test driver na Renault...

Ron Groo disse...

No caso da BMW achei coerente.
Bem ou mal Kubica ganhou um GP e Nick frequentou o podio. Sem contar que a BMW em si não é de trocar pilotos com frequencia. Haja visto o tempão que esta dupla está junta.

Luiz G disse...

Tô começando a achar que nada vai mudar pro ano que vem e todo mundo fica onde está.

EdisPJ disse...

...ainda tem o fator Petrobrás, para baunçar o coreto.
O Fabio Seixas ainda disse que não é só o Alonso que interessa a Honda, mas também Nelsinho e Di Grassi...vamos ver o desenrolar da coisa...

Ajzas disse...

Parece que a tendência é deixar tudo como está nas equipes que têm obtido desenvolvimento promissor. Afinal, não se mexe em time que está ganhando (ao menos alguma coisa).

Silvia disse...

bonita foto!

Justa a permanência do Heidfeld, foi o piloto que mais chegou em segundo na temporada e o que mais completou voltas. É discreto mas é consistente.