sábado, 11 de outubro de 2008

ON AIR

Algumas das F1 Girls puderam visitar os estúdios da Rádio Bandeirantes na corrida passada, matando uma curiosidade que eu ainda tenho: como trabalham meus colegas de transmissão do outro lado da linha. Neste meu primeiro ano na rádio, conheço a minha rotina de repórter in loco. Minha conexão é feita através do aparelho da foto acima, que funciona basicamente como um telefone, mas utiliza uma linha especial. Isto garante a excelente qualidade do áudio, não importa onde seja a prova.


Depois de feita a conexão com um modem também especial, no estúdio em São Paulo, posso ouvir a transmissão e fico com os microfones abertos, ou eventualmente fechados enquanto converso alguma coisa com a turma que cuida da parte técnica, uma zaga sólida que garante toda a retaguarda do que você escuta no seu dial. São eles que colocam no ar as sonoras pré-selecionadas e enviadas por mim para os minutos que antecedem a largada, onde o objetivo é deixar o ouvinte a par de tudo o que for relevante para acompanhar a corrida.


Dada a largada, é hora de se multiplicar: é preciso ficar atento ao monitor de imagens, ao de tempos de volta, à movimentação das equipes no pitlane (quando a sala de imprensa está colocada de forma a permitir isso, como aqui em Fuji), ao meu computador para trocar mensagens com os colegas de transmissão, às minhas anotações e, principalmente, ligado no que está sendo falado no estúdio, que tem o Odinei Édson comandando a transmissão com agilidade e sempre acionando alguém do grupo, formado ainda pela ordem alfabética de Alessandra Alves, Cacá Bueno, Fábio Seixas e Jan Balder. É preciso estar pronto quando for a minha vez, para trazer um lance da corrida que muitas vezes pode estar passando desapercebido pelo ouvinte que nos escuta ao mesmo tempo em que acompanha as imagens na tevê (o que, presumo, deve ser o caso na maior parte da nossa audiência). É tanta coisa junta que, às vezes, sai erro mesmo, não tem jeito. Mas é uma adrenalina gostosa de fazer ao vivo. A impressão que eu tinha dos narradores quando via a prova no aconchego do sofá da sala mudou completamente. Não é mole.


Um amigo meu que ouve a nossa transmissão diz que parece uma banda, onde cada um tem a sua hora para solar. E diz ele que o conjunto está entrosadíssimo. Se você nunca ouviu, não perca a chance de fazê-lo nas provas que restam, começando na de hoje, a partir de uma da manhã. É ligar colocar o dial na rádio Bandeirantes ou na Band News FM. Ou escute direto pela Internet, no site de uma ou de outra. E conte depois aqui o que você achou!

13 comentários:

Alan B. Nogueira disse...

Eu acompanho a prova via dobradinha TV (sem audio) e rádio há dois anos. O Trabalho de vocês é incrível. Bom humor e seriedade, por mais paradoxal que isso possa ser, e Ico, você foi uma reforço e tanto ao time, espero ouvir você de novo na próxima temporada. Ainda mais que você é rocker e no seu blog ainda vejo Iron, Sabbath e cia.

Anônimo disse...

Parabéns Luis Fernando pelo seu trabalho que venho acompanhando há algum tempo, tanto na Rádio Bandeirantes como aqui no blog (que acesso diariamente). Tudo muito bom: comentários, notícias, fotos e vídeos. Sem contar a transmissão no dia da corrida e as inserções durante a programação diária. Excelente !
Um abraço.

Rony Magalhães
Santos/SP
rony@iron.com.br

Ricardo Rios disse...

Desde 2007, eu sempre ouço a transmissão pela BandNews de Porto Alegre e, sinceramente, é a mehor transmissão de F1 do Brasil.

KlauSS disse...

Ico, você já cantou a bola esses tempos relembrando do campeonato do Raikonnen no ano passado tirando 17 pontos nas últimas duas corridas... Se der Kubica esse ano serás a nova Mãe Dinah! he he he...

Abraços!

Ajzas disse...

Além de parabenizar, quero agradecer pela transmissão que vocês fazem com o verdadeiro espírito da F1. É muito bom poder acompanhar essa competição com gente que entende realmente do assunto. Podemos ver pela TV e ouví-los través do rádio ou Internet, fica perfeito.

Ajzas disse...

Digo, através.

Anônimo disse...

Ico,

voces da bandeirantes estão de parabéns, esse ano eu desligo o som da tv e ouço pelo rádio, com voces redescobri o prazer de ouvir uma narração sensata, sobria, sem estrelismo, mas importante com denso conteudo, espero que ano que vem voces continuem esse maravilhoso trabalho e na deci~soa em interlagos irei ao autodromo com rádio para continuar ouvindo ao vivo, será minha primeira vez no autodromo pudendo acompanhar, nas vezes passadas que fui contei apenas com meu parco conhecimento dos carros para saber como andava a corrida,
abs
Mário

jackson js disse...

OLÁ ICO!!! LI A POSTAGEM E FIZ COMO VC SUGERIU, E GOSTEI MUITO, ACOMPANHANDO JUNTO COM A TV TIVE OPORTUNIDADE DE VER VARIAS OPINIÕES SOBRE CADA LANCE, MUITO BOM!
VOU REPETIR TODA VEZ AGORA...
PARABENS A VOCÊ E TODA EQUIPE!

João Garays disse...

já tem uns 3 anos que acompanho a F1 pela rádio bandeirantes. Eu ligo a TV sem audio e fico escutando as informações e as brincadeiras que vocês fazem na rádio. Acho que essa é uma das boas diferenças da transmissão da bandeirantes para as outras. O clima lá é sempre mais descontraido. Mas, sem deixar de passar as informações necessarias. Muito bacana o trampo de vocês. Grande abraço.

Marcelo disse...

Grande Ico,

Segui seu conselho e, realmente, gostei. Obvio que ficamos "viciados" na narração da TV, mas gostei do entrosamento da equipe principalmente em saber que Alessandra Alves está lá. Eu, que acompanho faz tempos o site GP TOTAL fiquei realmente satisfeito.

Enfim.... Pretendo repetir a dose na China. Obrigado pela dica.

E outra coisa: "Viva ARONSOOOOO !!!!!"...rsrs

nelson disse...

Vixe.. faz tempo que eu ouço a trasmissão da RB, deve fazer uns quareeeenta anos (tá, nem tanto), sempre muito bem feita, com bom humor e infomação em doses bem equilibradas. A sua presença como repórter só fez melhorar as transmissões nest ano.
Em toda corrida é aquela rotina, ligo o rádio 40min antes do início na RB e quando começa a transmissão da tv, deixo o Galvão sem palavras.

Alfredo, Fl, USA disse...

Grande, obrigado pela dica, tenho que assistir as corridas aqui nos USA pela SPEED CHANNEL, que interrompe metade da corrida para passar comerciais, além de que o narrador é britânico, ainda assim as imagens deles chegam algo como 1 minuto na frente da ITV no computador, mas assistir a corrida na TV e poder ouvir pela band news no PC foi ótimo, parabéns pela cobertura de todo o time.

lynwilliams disse...

Estou com a Band há 2 anos. Não gosto de ouvir o narrador oficial da tv. Nem o filho, é verdade, mas entre um e outro eu aturo o filho.