terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

FOTO DO DIA – GP DE SAN MARINO DE 2005

A Ferrari, que dominara a temporada de 2004 como quis, naufragou completamente no ano seguinte. Foi quando as equipes que usavam os pneus Michelin (a maioria absoluta) dominaram a ação. Era uma chance de ouro para a BAR-Honda confirmar a fase ascendente, mas 2005 foi um ano de fracasso e controvérsia para a equipe. Na corrida de Imola, o time marcou seus primeiros pontos no ano com seus pilotos na 3° e 4° colocações, mas acabou desclassificada com os carros abaixo do peso mínimo. Dez dias depois da corrida, a FIA considerou ilegal o tanque de combustível do BAR 007 porusar combustível como lastro”, o que feria o regulamento.


O prejuízo foi grande, com o time suspenso por duas corridas (incluindo a maior vitrine da temporada, o GP de Mônaco). Depois, a equipe ainda demorou para achar o pé. Mas até que demonstrou capacidade de reação, com Jenson Button pontuando em todas as corridas a partir do GP da França, incluindo dois pódios. Takuma Sato (na foto), porém, foi muito mal e somou um ponto o ano todo. No final de 2005, a Honda comprou a totalidade da equipe e chamou Rubens Barrichello para o lugar do piloto japonês.

2 comentários:

Ylan Marcel disse...

É... bons tempos em que a Honda, pelo menos, pontuava. Mas o melhor carro da BAR foi, sem dúvida, o de 2004.

Anônimo disse...

Ico,

só uma correção: no primeiro resultado da corrida foi Alonso, Schumacher, Button, Wurz, Sato, Villeneuve, Trulli e Heidfeld.
Após a desclassificação da BAR, Weber e Liuzzi ascenderam aos pontos.

Obs: Foi o primeiro ponto da historia da Toro Rosso, naquela época ninguém imaginou que ela chegaria a fazer uma pole e a vencer um GP.

Abraço,

Sidinei Gadelha